UFOPA › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas Santarém, 17 de Novembro de 2017

CIÊNCIAS ATMOSFÉRICAS (IEG) - Santarém(Santarém)

 

curso  Nível  Graduação

INSTITUTO DE ENGENHARIA E GEOCIÊNCIAS - IEG


Últimas Notícias

  Aviso da PROPPIT
  Apresentação do IGEO
  Reunião com os discentes do IEG
  Início das aulas de IMMO 1
  Mudança da Coordenação do Curso de Ciências Atmosféricas


Apresentação

O cenário futuro da Região Oeste do Pará sugere uma crescente urbanização e a implantação de projetos de desenvolvimento econômico e social ocasionando impacto ambiental. Esta situação demanda e gera os desafios da formação de recursos humanos especializados para tratar estas questões. Na região localizam-se grandes empreendimentos, já instalados ou em fase de instalação como: a conclusão da pavimentação da BR-163, portos graneleiro as margens dos Rios Amazonas e Tapajós, Fabrica de Cimento, os projetos de mineração da ALCOA e da MRN, a construção das Hidrelétricas na Bacia do Rio Tapajós, o avanço da fronteira agrícola e a exploração madeireira na Floresta Nacional do Tapajós e a ampliação do aeroporto de Santarém. Adicionalmente, em um cenário de incentivo e intensificação das pesquisas na Amazônia sobre as mudanças climáticas, sobre o papel da Amazônia no tempo e no clima em todas as escalas, nos ciclos biogeoquímicos, sobre os cenários climáticos da substituição da floresta por outras formas de uso e ocupação, entre outros temas socioambientais com foco na Amazônia, faz-se necessário que a UFOPA, por seu contexto de existência e princípios norteadores, tenha a competência instalada capaz de captar tais recursos, de liderar as pesquisas nestes temas e sobre tudo formar recursos humanos na área de Ciências Atmosféricas. A profissão de Meteorologista é regulamentada pela Lei nº 6.835, de 14 de outubro de 1980, orientada e fiscalizada pelo Sistema CONFEA/CREA. A região oeste do Estado do Pará apresenta características altamente favoráveis à atuação de profissionais das Geociências. Com uma população aproximada de um milhão de habitantes, a região oeste paraense não conta com nenhum curso de Ciências Atmosféricas ou mesmo de Meteorologia apto a formar o profissional Meteorologista. PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO Competências e Habilidades A formação do Bacharel em Ciências Atmosféricas da UFOPA tem por finalidade dotar o profissional com competência para atuar em grandes centros urbanos, médias, e pequenas cidades, bem como no meio rural, além do setor industrial. O ambiente universitário e as oportunidades extracurriculares propiciam ao futuro profissional exercer plenamente sua cidadania estando comprometido com as realidades regionais através dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades gerais. Compete ao Bacharel em Ciências Atmosféricas aplicar os conhecimentos meteorológicos, visando: • Desenvolver métodos e elaborar previsões do tempo; • Elaborar diagnósticos e projeções climáticas; • Elaborar estudos e relatórios de impacto ambiental; • Diagnosticar a poluição do ar e prever a dispersão dos poluentes atmosféricos; • Desenvolver e empregar técnicas de sensoriamento remoto para gerar informações de interesses meteorológicos; • Gerar e interpretar informações meteorológicas e climatológicas para finalidade agrícola, turismo e lazer; • Instalar e aferir instrumentos meteorológicos, gerenciar redes observacionais e bancos de dados meteorológicos; • Interpretar e modelar o acoplamento entre os ramos atmosférico e terrestre do ciclo hidrológico e biogeoquímico; • Interpretar e modelar as interações entre oceano/atmosfera e biosfera/atmosfera nas diversas escalas de espaço e tempo; • Contribuir no planejamento, execução e apoio das atividades de transporte aéreo, marítimo e terrestre, objetivando a sua segurança e economia; • Apoiar as atividades da Defesa Civil, principalmente as de caráter preventivo; • Estimar índices de conforto ambiental; • Exercer atividades de ensino e pesquisa em Meteorologia e suas aplicações ao Meio Ambiente; • Produzir e divulgar as informações meteorológicas nos meios de comunicações; • Prestar consultoria, assessoria e emitir laudos técnicos em assuntos pertinentes à Meteorologia. A caracterização do Campo de atuação profissional do Bacharel em Ciências Atmosféricas da Universidade Federal do Oeste do Pará embasa-se nas seguintes Resoluções: • Na Lei n. 6.835, de 14 de outubro de 1980, que trata da atuação e atribuições profissionais do meteorologista. • Na Resolução n. 1.010/2005, CONFEA, que dispõe sobre a regulamentação da atribuição dos campos de atuação do profissional meteorologista.

Título do Profissional: Nenhum conteúdo disponível até o momento Área de Conhecimento CNPQ: Ciências Exatas e da Terra
Coordenação do Curso : GABRIEL BRITO COSTA
Telefone/Ramal: Nenhum conteúdo disponível até o momento
E-mail: gabrielbritocosta@gmail.com
Área de Conhecimento CNPQ:
Ciências Exatas e da Terra
Modalidade de Curso:
Presencial

<< Voltar

SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (93) 2101-4925 | © UFOPA | vmctic1jboss01.srv1inst1 v3.7.129 17/11/2017 17:55