Projeto Pedagógico do Curso

A proposta curricular, as metodologias de ensino utilizadas e a infraestrutura são adequadas para formar bacharéis em Gestão Ambiental, com formação multi e interdisciplinar, habilitados ao imediato exercício da profissão, cumpridas as exigências legais. Assim, o egresso do Curso de Bacharelado em Gestão Ambiental será um profissional com:

 Formação integrada e interdisciplinar, em especial com as especificidades da região Oeste do Pará e da Amazônia, a partir de sólidos conhecimentos científicos em Ciências Naturais, Sociais e Humanas, dominar novas tecnologias (Computação, Geoprocessamento) e as modernas técnicas de interação e gestão urbana, esgotos, drenagem, saúde pública e gestão de bacias hidrográficas, além de análises e controle da poluição dos recursos naturais (solo, água e ar) e o necessário conhecimento sobre a legislação ambiental;

 Visão integrada da dinâmica, estrutura e funcionamento dos ecossistemas e suas relações com as atividades humanas, que seja capaz de interferir em processos de produção e ocupação do solo não sustentáveis, considerando as diferentes escalas espaciais e temporais dos processos naturais e dos efeitos das atividades humanas sobre os ecossistemas naturais e antropizados;

 Capacidade para atuar no diagnóstico e na gestão dos problemas ambientais, considerando os diferentes aspectos envolvidos, entre eles o social, o econômico, a legislação ambiental, o técnico-científico e o biológico;  Capacidade de trabalhar em equipes multidisciplinares para desenvolver projetos de maior complexidade, além de gerenciar processos participativos de organizações públicas e privadas;

 Capacidade de desenvolver e implementar sistemas integrados de gestão e monitoramento ambiental;

 Capacidade para atuar profissionalmente na busca do desenvolvimento sustentável, da conservação dos ecossistemas e da biodiversidade e da qualidade de vida;

 Capacidade para aprender de forma autônoma e crítica para exercitar suas atividades profissionais, contribuindo para o desenvolvimento científico e tecnológico; 24 Instituto de Ciências e Tecnologia das Águas Instituto de Ciências e Tecnologia das Instituto de Ciências e Tecnologia das Águas;

 Comprometimento com os resultados de sua atuação, pautando sua conduta profissional por critérios humanísticos, compromisso com a cidadania e rigor científico, bem como por referenciais éticos e legais.

As Diretrizes Curriculares Nacionais recomendam para a Educação no Brasil, independente dos níveis de ensino, que o processo de ensino/aprendizagem deve ser centrado no desenvolvimento de habilidades e competências por parte do aluno, demonstrando claramente um conjunto das atividades previstas de tal forma que assegure o perfil desejado de seu formando e o desenvolvimento das competências e habilidades esperadas. O perfil profissional almejado para o Bacharel em Gestão Ambiental da UFOPa/ICTA será focado nas seguintes competências e habilidades:

• reconhecer e definir, por meio de metodologias participativas, os problemas socioambientais existentes nos processos produtivos, nos conflitos pelo acesso e uso dos recursos ambientais e nas demais questões que implicam em relações com o ambiente;

• compreender as inter-relações entre as múltiplas dimensões do conhecimento e da realidade que afetam a realidade ambiental dos processos produtivos, que geram conflitos pelo acesso e uso dos recursos ambientais e as demais questões que implicam em relações com o ambiente ao se buscar estruturas sociais sustentáveis;

• atuar em grupos interdisciplinares, proporcionando um aprendizado contínuo, compartilhado e abrangente por toda a organização ou projeto;

• compreender de maneira aprofundada as questões ambientais dentro das organizações, buscando inovações nos modelos de gestão ambiental a serem implementados;

• contribuir para a formulação, execução, acompanhamento, análise e avaliação de planos, programas, projetos e atividades na área de gestão ambiental como, por exemplo: programas de gerenciamento de resíduos, de saneamento, de recursos hídricos, de áreas naturais protegidas, políticas públicas e difusão de tecnologias; 25 Instituto de Ciências e Tecnologia das Águas Instituto de Ciências e Tecnologia das Instituto de Ciências e Tecnologia das Águas

• conceber, desenvolver, implementar e documentar estudos de impacto ambiental (EIA) e relatórios de impacto ambiental (RIMA);

• conceber, desenvolver, implementar, documentar, certificar e auditar sistemas de qualidade tipo série 14000, Certificação Florestal FSC, entre outros;

• conhecer e monitorar na organização de vínculo a aplicação das leis e regulamentos, que regem as relações da sociedade com o ambiente;

• promover processos de educação ambiental formal, informal e não formal em organizações e comunidades; • conduzir pesquisa, estudo, análise, interpretação, planejamento, implantação, coordenação e controle de trabalhos nos campos das ciências ambientais;

• adequar as tecnologias existentes e criar tecnologias ambientais para a região Oeste do Pará e para as comunidades existentes nesta região;

• assessorar e administrar entidades voltadas para a defesa de interesses socioambientais,

• exercer atividades de docência e pesquisa na área de Gestão Ambiental, em particular, e na área ambiental, em geral.

Nenhum conteúdo disponível até o momento Nenhum conteúdo disponível até o momento Baixar Arquivo
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - srvapp2.ufopa.edu.br.srv2sigaa