Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFOPA

2022
Dissertações
1
  • ADEILSON LIMA DA SILVA
  • A VARIAÇÃO LINGUÍSTICA NA ESCRITA ESCOLAR: O USO DO OBJETO DIRETO ANAFÓRICO EM TEXTOS COM DIFERENTES GRAUS DE MONITORAÇÃO.


  • Orientador : ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • MARIA DA CONCEIÇÃO DA COSTA GOLOBOVANTE
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 01/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho investigamos o uso do objeto direto anafórico de 3º pessoa como fenômeno variável na escrita escolar e apresentamos uma proposta didática para se trabalhar as variantes pronome reto, pronome clítico, objeto nulo e sintagma nominal anafórico como possibilidades de uso de objeto direto anafórico que os alunos podem reconhecer na leitura e usar na produção de textos com diferentes graus de monitoração. A proposta didática se baseia na teoria defendida por Vieira (2018) que diz que para um trabalho eficiente no ensino de gramática há de se fazer a conjugação de três eixos de aplicação, integrando, sempre que possível, a reflexão linguística ao plano textual e a complexidade da variação linguística. Este estudo está alicerçado também em teóricos como Bagno (2007); Franchi (2006); Zilles e Faraco (2015); Martins, Vieira e Tavares (2016); Vieira (2018),Vieira e Brandão (2019) e outros que contribuem para o entendimento da língua como fenômeno variável e para um ensino reflexivo de gramática. Esta pesquisa visa mostrar que a língua é variável e que a variação linguística deve ser valorizada nas aulas de língua portuguesa. Dentro dessa visão, buscou-se, em uma pesquisa diagnóstica, investigar o uso do objeto direto anafórico na escrita formal e informal dos alunos 9º ano do ensino fundamental II de uma escola pública do município de Parintins-Am. Como corpus, utilizamos 46 textos produzidos pelos alunos, sendo 23 do gênero relato pessoal, considerado o texto mais informal e menos monitorado, e 23 textos do gênero notícia, considerado o texto mais formal e mais monitorado. O resultado da pesquisa diagnóstica mostrou que a maioria dos alunos da turma investigada usa mais o pronome reto como variante de objeto direto anafórico, independente do grau de formalidade do texto. Poucos alunos conhecem e usam a variante pronome clítico, considerada a variante padrão pela tradição gramatical e usada em textos mais monitorados. Além disso, constatou-se que os alunos não usam de forma consciente as variantes objeto nulo e o sintagma nominal anafórico como recursos de retomada anafórica de objeto direto de terceira pessoa. Tendo em vista esse resultado, elaborou-se uma proposta didática para se trabalhar essas variantes de objeto direto anafórico de forma a contribuir para o conhecimento dos alunos e a valorizar a variação linguística no ensino de gramática.


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to show how linguistic variation manifests itself in written texts with a high degree of monitoring, in order to provide a reflection on this theme that is still treated in a superficial and distorted way in Portuguese language classes. Aims to show that variation is inherent to the language, this work shows a grammatical phenomenon that manifests itself in different ways in the speech and writing of educated people. These are the forms of direct object resumption of the 3rd person in order to show which forms of resumption are most used in written texts in the school environment and to find out if students know and use the standard variant in texts with a high degree of stylistic monitoring. The research aimed, in addition to contributing to the student's linguistic knowledge, the enhancement of linguistic variation in Portuguese language classes and the fight against linguistic prejudice. The object of investigation is the journalistic news text genre, as it is a text that is fully monitored in its production and is used as a formal language reference or language standard. The methodology will be a diagnostic analysis of the production of two textual genres made by students in the classroom and from there, a didactic proposal was created for the Portuguese language classes, having as reference the result of the diagnosis made in the classroom .

2
  • VERÔNICA DA SILVA NOGUEIRA
  • Narrativas orais populares: uma proposta metodológica para inserção da oralidade no ensino de língua portuguesa

  • Orientador : ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CELIANE SOUSA COSTA
  • JUSCELINO FRANCISCO DO NASCIMENTO
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 29/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem por objetivo sugerir uma estratégia de ensino da modalidade oral, com a utilização das narrativas orais, para promover um ensino de Língua Portuguesa que favoreça o desenvolvimento das habilidades linguístico-discursivas dos estudantes do 7º ano do ensino fundamental II, de uma escola da rede estadual de ensino, do município de Parintins –Am. Essa proposta surgiu da necessidade de se buscar alternativas com práticas de ensino da língua que promovam a valorização da oralidade no contexto escolar, partindo da valorização do saber popular para o desenvolvimento das habilidades comunicativas dos estudantes. A partir de um estudo ancorado em concepções teóricas acerca da oralidade e das tradições orais no processo de ensino-aprendizagem, foram realizadas análises de um questionário diagnóstico aplicado às docentes participantes da pesquisa, que buscou investigar as estratégias de ensino de oralidade nas aulas de Língua Portuguesa, cujo resultado contribuiu para o desenvolvimento da proposta de intervenção. A metodologia adotada neste trabalho consiste na apresentação de uma sequência didática, como sugestão para trabalhar a modalidade oral em turmas de 7º ano do ensino fundamental. Os principais estudiosos utilizados para referenciar este estudo são: Marcuschi (2003 – 2010); Carvalho e Ferrarezi Jr. (2018), Castilho (2000), Leal, Brandão e Lima (2012), dentre outros.


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to suggest a teaching strategy for the oral modality, with the use of oral narratives, to promote Portuguese language teaching that favors the development of linguistic-discursive skills of students in the 7th year of elementary school II, in a school from the state education network, in the municipality of Parintins – Am. This proposal emerged from the need to seek alternatives with language teaching practices that promote the appreciation of orality in the school context, starting from the appreciation of popular knowledge for the development of students' communicative skills. Based on a study based on theoretical concepts about orality and oral traditions in the teaching-learning process, analyzes were carried out on a diagnostic questionnaire applied to the teachers participating in the research, which sought to investigate orality teaching strategies in language classes. Portuguese, whose result contributed to the development of the intervention proposal. The methodology adopted in this work consists of the presentation of a didactic sequence, as a suggestion to work the oral modality in 7th grade elementary school classes. The main scholars used to reference this study are: Marcuschi (2003 – 2010); Carvalho and Ferrarezi Jr. (2018), Castilho (2000), Leal, Brandão and Lima (2012), among others.

3
  • LUCIENE MARINHO DA SILVA
  • Estratégias de relativização no português brasileiro:

    diagnose de uma turma de 8º ano do Ensino Fundamental em Santarém-PA e proposta para o ensino de gramática.

  • Orientador : EDIENE PENA FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • ELIANE PEREIRA MACHADO SOARES
  • Data: 14/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho, tem por objetivo geral identificar estratégias de relativização utilizadas por alunos do 8º ano e propor atividades de língua em uso que auxiliem na reflexão e domínio da língua portuguesa, quanto ao uso das orações relativas. As estratégias de relativização – fenômeno variável em língua portuguesa – referem-se ao processo de estruturação das orações subordinadas adjetivas, sendo importante mecanismo de coesão textual. Para alcançar os objetivos de pesquisa, elaboramos uma proposta interventiva com atividades de língua em uso, considerando três aspectos distintos apoiados na pesquisa de Vieira (2017), que aborda três eixos para o ensino de gramática. Essa proposta poderá ser aplicada em turmas do 8º ano do ensino fundamental, com objetivos de: (i) propor atividades que contribuam para a reflexão de diferentes estratégias de relativização; (ii) promover a reflexão da variação linguística como fenômeno inerente a todo sistema linguístico; (iii) possibilitar aos alunos o conhecimento da língua em uso; (iv) evidenciar a heterogeneidade da linguagem por meio de diferentes estratégias de relativização; (v) demonstrar o caráter dinâmico da língua e suas transformações; (vii) desenvolver a consciência linguística do estudante/usuário da língua. Para referenciar este trabalho utilizamos como base, autores como, Neves (2000–2019), Cunha & Cintra (2013), Rocha Lima (2019), Bechara (2009), Castilho (2010), Perini (2003–2010), dentre outros. Considerando o resultado da proposta interventiva na qual os alunos utilizaram preferencialmente estruturas relativas com baixa complexidade estrutural, evidenciando o desconhecimento das possibilidades de uso das orações relativas, elaboramos uma proposta didática com atividades de língua em uso que possam auxiliar estudantes desse nível do ensino fundamental na reflexão e domínio da língua portuguesa, quanto ao uso das orações relativas.


  • Mostrar Abstract
  • The present work has the general objective to identify relativization strategies used by 8th grade students and to propose activities of language in use that help in the reflection and mastery of the Portuguese language, regarding the use of relative clauses. The relativization strategies – a variable phenomenon in Portuguese – refer to the process of structuring the adjective subordinate clauses, being an important mechanism of textual cohesion. To achieve the research objectives, we developed an interventional proposal with activities of language in use, considering three different aspects supported by the research by Vieira (2017), which addresses three axes for the teaching of grammar. This proposal can be applied in classes of the 8th year of elementary school, with the objective of: (i) proposing activities that contribute to the reflection of different strategies of relativization; (ii) promote the reflection of linguistic variation as a phenomenon inherent to any linguistic system; (iii) enable students to learn the language in use; (iv) highlighting the heterogeneity of language through different relativization strategies; (v) demonstrate the dynamic character of language and its transformations; (vii) develop the linguistic awareness of the language student/user. To reference this work, authors such as Neves (2000–2019), Cunha & Cintra (2013), Ro-cha Lima (2019), Bechara (2009), Castilho (2010), Perini (2003–2010), among others. Considering the result of the intervention proposal in which students preferentially used relative structures with low structural complexity, evidencing the lack of knowledge of the possibilities of using relative clauses, we developed a didactic proposal with language activities in use that can help students at this level of elementary school in the reflection and mastery of the Portuguese language, regarding the use of relative clauses.

     

     

4
  • JOSÉ RIBAMAR BATISTA DE MORAES
  • APROPRIAÇÃO DO SMARTPHONE NA PRÁTICA EDUCATIVA: UMA PROPOSTA DE ESTRATÉGIA DE LEITURA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS.

  • Orientador : ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • ELIANE CRISTINA FLEXA DUARTE
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • Data: 30/06/2022
    Ata de defesa assinada:

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação, apresentada ao Programa de Mestrado Profissional em Letras da Universidade Federal do Oste do Pará, está inserida na área de Linguagens e Letramentos, com linha de pesquisa em Leitura, Escrita e Ensino da Língua Portuguesa numa perspectiva construcionista com foco no ensino e na aprendizagem de estratégias de leitura mediadas por TDIC, tem como objetivo apresentar uma proposta de trabalho a ser executada com estudantes da 4ª etapa da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Ensino Fundamental a fim de que exercitem estratégias de leitura cognitiva e metacognitiva, mediadas pelo smartphone. Além de contas de e-mail para os estudantes, foi criada uma sala de aula digital no App Google Sala de Aula, didaticamente dividida em quatro módulos nos quais foram postadas atividades e material de apoio no formato texto, vídeo e hiperlink. O suporte teórico, no que tange às TDIC, vieram dos pressupostos defendidos por Papert (1994), Valente (1999), Castells (2002) e Almeida (2003). Já os que versam sobre a EJA foram de Freire (1988, 1989, 1996 e 2008), Costa & Bresolin (2019) e Haddad & Dipierro (2000) ; E aos que se referem às estratégias de leitura foram das ideias de Kato (1993), Solé (1998), Colomer & Camps (2008) e Kleiman (2011).


  • Mostrar Abstract
  • The project presented here is characterized as a qualitative bibliographic research, in which the postulates of action research defended by Thiollent (1986) will be used. The main objective is to work with 4th graders. stage of Youth and Adult Education (EJA) of the elementary school of the Municipal School Dom Anselmo Pietrulla of the municipal network of Santarém reading strategies in the socio-interactional cognitive perspective, mediated by the smartphone from short narrative genre texts such as short stories, parables and fables, together with other genres such as lyrics and videos. Theoretical support, with respect to communication information technologies, will come from the assumptions made by Castells (2002) and Almeida (2000, 2003). As for those referring to reading strategies, the contribution will come from the ideas of Solé (1998), Kleiman (2011) and Colomer & Camps (2008).

5
  • GLAIANY PINHEIRO MACIEL
  • ATIVIDADES DIDÁTICAS INTEGRADAS NO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA: RELAÇÕES DIALÓGICAS NO CAMPO JORNALÍSTICO-MIDIÁTICO

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • JUSCELINO FRANCISCO DO NASCIMENTO
  • Data: 31/10/2022
    Ata de defesa assinada:

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa tem por objetivo defender e comprovar a eficiência da teoria de Bakhtin e dos procedimentos teóricos-metodológicos das Atividades Didáticas Integradas (ADI’s) criadas por Moura (2017). Almeja contribuir com os estudos linguísticos, complementar a prática docente, a partir da investigação de atividades educativas que possibilitam a ampliação da capacidade linguístico-discursiva. Para tanto, organizamos o trabalho pedagógico, considerando o que prega os documentos oficiais, PCN (BRASIL,1998) e BNCC (2018) por meio dos eixos da oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística. O objetivo geral é discutir temáticas por meio do gênero reportagem numa perspectiva interacionista e dialógica da língua e no ensino dos gêneros discursivos do campo jornalístico-midiático, identificando estratégias metodológicas por meios das ADI’s, propondo atividades que auxiliem na reflexão e domínio da língua, quanto ao seu uso. As estratégias das ADI’s se referem ao processo de desenvolvimento das competências da disciplina Língua Portuguesa, por meio de uma prática educativa realizada em ciclos. Para alcançar os objetivos de pesquisa, elaborei uma proposta interventiva com atividades de língua em uso, considerando o dialogismo apoiado na pesquisa e nos pressupostos de Bakhtin (1997, 2006, 2010). Essa proposta poderá ser aplicada em turmas do 9o ano do Ensino Fundamental, com objetivos de: (i) propor atividades que contribuam para a reflexão linguística por meio do gêneros discursivos; (ii) promover a reflexão no processo de leitura e escrita como fenômeno inerente a todo sistema linguístico; (iii) possibilitar aos alunos o conhecimento da língua em uso e colaborar na formação de sujeitos responsivos; (iv) contribuir no processo educacional de forma ativa e eficiente nas relações dialógicas; (v) demonstrar o caráter dinâmico da língua em sua oralidade e sua função social. Para referenciar este trabalho utilizamos como base, autores como Marcuschi (2008, 2010), Kleiman (2002), Moura (2017, 2019), Antunes (2003) que fazem o estudo do ensino da língua por meio dos gêneros discursivos, levando em consideração a função interativa dela nas práticas sociais. A Pesquisa é de Intervenção Participante, pois permite ambos, o papel de professor pesquisador e de professor pesquisado.  Para a análise e descrição das atividades e coleta de dados na aplicação deste projeto de intervenção na turma de 9º ano do Ensino Fundamental serão utilizados diários de campo, gravações e registro no caderno dos alunos.


  • Mostrar Abstract
  • This work, still in progress, aims to contribute to linguistic studies, aiming to complement teaching practice, starting from the investigation of activities that enable the expansion of students' linguistic-discursive capacity based on the proposal of Integrated Didactic Activities (ADI's) created by Moura (2017) through the axes of orality, reading, writing and linguistic reflection. The general objective is to discuss themes through the genre of reporting in an interactionist and dialogical perspective of the language and in the teaching of discursive genres in the journalistic-media field, identifying methodological strategies through the means of ADI's, proposing activities that help in the reflection and mastery of the language, regarding to its use. ADI’s strategies refer to the process of developing the skills of the Portuguese language discipline, through an educational practice carried out in cycles. To achieve the research objectives, I developed an intervention proposal with language activities in use, considering the dialogism supported by the research and the assumptions of Bakhtin (1997, 2006, 2010). This proposal may be applied in classes of the 9th year of Elementary School, with the objectives of: (i) proposing activities that contribute to linguistic reflection through discourse genres; (ii) promoting reflection in the reading and writing process as a phenomenon inherent in the entire linguistic system; (iii) provide students with knowledge of the language in use and collaborate in the formation of responsive subjects; (iv) to contribute to the educational process actively and efficiently in dialogical relationships; (v) demonstrate the dynamic character of the language in its orality and its social function. To reference this work, we used as a basis authors such as Volóchinov (2017), Marcuschi (2008, 2010), kleiman (2007, 2008, 2016), Moura (2017, 2018), Antunes (2003) who study language teaching through discursive genres, taking into account her interactive role in social practices. The methodology is classified as qualitative participant, as it allows both the role of researcher professor and researched professor. For the analysis and description of activities and data collection in the application of this intervention project in the 9th grade of Elementary School, field diaries, recordings and records in the students' notebook will be used. In this way, the aim is to collaborate in the construction of knowledge and develop the skills involved, to contribute to the educational process in an active and efficient way in dialogical relationships, seeking to achieve a satisfactory quality standard and adding to the teaching already offered by the public network.

6
  • SUZANA DE JESUS VIEIRA BATISTA
  • Os conectivos e a relação de sentidos no texto: uma proposta para o ensino de língua por meio do uso corrente do coordenador “mas”.

  • Orientador : ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • JUSCELINO FRANCISCO DO NASCIMENTO
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 25/11/2022

  • Mostrar Resumo
  • A grande dificuldade que os alunos dos anos finais do ensino fundamental apresentam em reconhecer problemas de coerência textual e organização de parágrafos nas produções escritas, é um fato recorrente no sistema de ensino. Dentre as causas dessas dificuldades há os relacionados ao uso dos conectivos, pois, nem sempre sabem estabelecer os sentidos que esses mecanismos da língua podem atribuir ao texto. Em busca de encontrar alternativas que contribuam para uma prática de ensino de língua que amplie o conhecimento línguistico do aluno, de forma a instrumentalizá-lo para melhor desenvolver as produções escritas, surgiu a sequinte questão problematizadora: Como desenvolver nos alunos do 9º ano do ensino fundamental II de uma escola da rede estadual de ensino, do munícipio de Parintins-Am a capacidade de identificar problemas de coesão e coerência em seus próprios textos? Buscando resolver essa questão, estabelecemos como objetivo geral desta pesquisa investigar como as atividades com o uso do conectivo “mas” podem habilitar o aluno a reconhecer problemas de coesão e coerência no próprio texto. A base teórica dessa pesquisa referencia-se em Franchi (2006), Cunha e Cintra (2017), Neves (2011,2017,2018, 2021), Koch (2018) Vieira (2017, 2019) dentre outros. A metodologia utilizada desenvolveu-se a partir da análise diagnóstica dos dados que foram coletados por meio de uma produção de um texto dissertativo-argumentativo, do qual se verificou como os alunos utilizam os conectivos textuais coordenadores e, especificamente, se analisou os sentidos que o coordenador “mas” apresenta nos textos dos docentes, com base na polissemia desse conectivo apresentada por Cunha e Cintra (2017), Neves (2011). Considera-se, nesse estudo, que a análise diagnóstica é parte fundamental do trabalho com o ensino de gramática, pois, é a partir dos usos que o professor verificará como um elemento linguístico se comporta na esfera comunicativa do aluno. Para isso, elaborou-se uma sequência didática embasada na proposta de Vieira (2017) como uma sugestão para o ensino de língua com base nos estudos linguísticos e, dessa forma, contribuir com os docentes de língua portuguesa para o desenvolvimento do estudo reflexivo da gramática.


  • Mostrar Abstract
  • The approach to connectives and the relationship of meanings in the text intends to develop a study related to the great difficulty that students in the final years of elementary school have in recognizing problems of textual coherence and paragraph organization in their textual productions. It is based on linguistic functionalism studies that consider the analysis of the language in use in social interaction processes as a starting point for language teaching. We established as a general objective to investigate how activities with the current use of the connective “but” can enable the student to recognize problems of cohesion and coherence in the text itself. The theoretical basis of this work is referenced in Franchi (2006), Cunha and Cintra (2017), Bechara (2015), Lima (2020) Neves (2017-2018), Castilho (2019), Perini (2020) Marcuschi (2012- 2018) Koch (2018) Vieira (2019) among others. Some of these authors conceive grammar in a traditional way, others in a descriptivist way, or approaching the conception of text in the process of communicative interaction. The methodology used was developed from the diagnostic analysis of the data that were collected through a textual production of a dissertation-argumentative text, in which it was verified how students use the coordinating textual connectives and specifically analyzed which meanings the coordinator “but” presents in the texts of the teachers. It is considered in this study that the diagnostic analysis is a fundamental part of the work with the teaching of grammar, as it is from the uses that the teacher will be able to verify how he will approach the content for the student. The results revealed that the meanings proposed by research on this connective were confirmed, based on this information, a didactic sequence was developed based on the proposal for the teaching of grammar in three axes, aiming at a reframing of language teaching in order to expand knowledge student's language skills and, in this way, contribute with Portuguese language teachers to the development of the reflective study of grammar.

7
  • JORGE LUIZ DA SILVA GRANJEIRO
  • A TETRALIZAÇÃO DO TEXTO NAS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

  • Orientador : ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • RAINERIO DOS SANTOS LIMA
  • ITAMAR RODRIGUES PAULINO
  • Data: 30/12/2022

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação, que propõe uma didática de ensino da língua, consiste no estudo da teatralização dos textos do livro didático da disciplina de língua portuguesa como recurso ao ensino-aprendizado de estudantes do 6.° ao 9.° ano do ensino fundamental brasileiro, a partir dos jogos teatrais de Spolin (2014) e das técnicas teatrais de Boal (1991). O objetivo central da proposta é potencializar a criatividade e a criticidade dos estudantes no processo de ensino-aprendizagem mediante a teatralização do texto literário do livro didático. A proposta se divide em teoria teatral, (re)conhecimento linguístico-didático e fundamentação da ação prática linguística-teatral. Na etapa teoria teatral, explana-se o conceito e a história do teatro para que se possa conhecer a ampla definição e compreender o processo histórico pelo qual passou o teatro mundial e brasileiro. Na etapa do (re)conhecimento linguístico-didático, a abordagem se faz diante às metodologias aplicadas por professores no processo de ensino e aprendizagem da língua portuguesa e do teatro nas salas de aulas. Na etapa de fundamentação da ação prática linguística-teatral, é apresentada a formatação da proposta de leitura, interpretação e produção textual através de jogos e técnicas teatrais. Sendo assim, esta proposta é uma intervenção em leitura, interpretação e produção de texto a partir da teatralização de textos presentes no livro didático de língua portuguesa. Como o texto dramático não é priorizado na maioria dos livros didáticos do ensino fundamental faz-se necessário uma abordagem teatral com os textos que estão ao alcance dos estudantes e com o jogo dramático associado à aprendizagem da linguagem. Dessa forma, a teatralização é entendida como parte de um processo de ensino de grande importância para a compreensão e entendimento do texto, objetivando a formação do gosto pela leitura, facilitando a relação do estudante com o texto. Acrescenta-se o teatro para o desenvolvimento do gosto pela leitura, na tentativa de formar leitores críticos reflexivos. Para isso, utiliza-se como base jogos e técnicas teatrais, objetivando a interação entre essas duas áreas do conhecimento.


  • Mostrar Abstract
  • The research project exposed focuses in the study of the theatricalization of textbooks texts as a resource for teaching-and-learning of students from the 6th to the 9th grade of Brazilian Elementary School, based on Spolin's theater games (2014) and Boal's theatrical techniques (1991). From the public presentations of Greek tragedies to the philosophical dialogues of the Old Age, the dramatization of poetry was directed on both moralization, aestheticization, health and the production of knowledge of the Human Being. Interpreting in a rhymed and musical way provided viewers with the catharsis process described by Aristotle (1990). In the Scholastics of the Middle Ages, the textbook was created in order to form the clergy, under the limitation of Trivium and Quadrivium. Only in Modernity, mainly, with Rousseau (1979) and Schiller (1995), esthetic education reaches a degree of importance previously found only in pagan culture. In a way, Spolin demonstrates how much the game, with all the mobilizing and materializing strength of human energies, can have an extraordinary pedagogical function, translating this potential of playfulness into a powerful learning tool, while Boal resumes the theatrical tradition that is brought as an activity into the school space. The theatrologist examines at the art of theater, challenging and dialogue with participants in the different movements and practices adopted. With these inferences, the theatricalization of textbooks texts as a methodological resource is intensified, becoming favorable to the intended educational intervention.


2021
Dissertações
1
  • CRISLUANE CRUZ RODRIGUES
  • APROVEITANDO O LIVRO DIDÁTICO: ANÁLISE DE ATIVIDADES SOBRE O VERBO NO LD DO 6º ANO

  • Orientador : EDIENE PENA FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • ELIANE PEREIRA MACHADO SOARES
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 28/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • O ensino de língua portuguesa e a utilização do livro didático destacam-se como objeto de estudo em inúmeras pesquisas na área da linguística, com o intuito de averiguar o trabalho com esse elemento na aula de língua, sobretudo, nas questões relacionadas ao estudo da classe de palavras verbo e a partir de então, apresentar sugestões que venham a aproximar a linguística da prática cotidiana em sala de aula, a presente pesquisa objetiva analisar exercícios sobre verbo no livro didático, procurando observar os encaminhamentos propostos para a compreensão de gramática. Para tanto elegemos a teoria funcionalista da corrente norte-americana como base teórica para estabelecer nossas reflexões e possíveis sugestões, enfatizando as proposições de Neves (2018), Furtado da Cunha (2015), Castilho (2010) etc, bem como autores que direcionam seus estudos para a prática do ensino de Português, para a chamada gramática, dentre eles, podemos citar: Neves (2002, 2006, 2012 e 2018). O material utilizado para a pesquisa foi o livro didático (LD)para o 6º ano do Ensino Fundamental da coleção Português linguagens. A análise foi iniciada com a seleção de questões que trabalham o conceito, o modo e tempo dos verbos, apresentadas no capítulo do livro destinado ao estudo desta classe de palavras. Feita a seleção, encaminhamos o estudo analisando o trabalho proposto para o elemento gramatical, verificando qual o conceito de língua e de gramática imbrincada em cada comando de questão, refletindo se de fato os exercícios do livro colaboram para o desenvolvimento da competência linguística e crítica dos alunos. Além disso, tentamos reelaborar a questão considerando as orientações da teoria funcionalista, aliando o que há no LD com a teoria funcionalista. Dentre os resultados verificamos que as atividades do LD privilegiam os postulados da gramática normativa, descontextualizada, que reafirma a ideia de uma língua homogênea e inalterada. Diante dessa constatação apresentamos sugestões pontuais para o estudo do verbo, acrescentando outras questões ou apenas apontando uma outra abordagem que o professor pode fazer, nos próprios exercícios do LD, sempre com o intuito de estimular a reflexão linguística dos alunos, à luz do funcionalismo, em cada questão abordada.


  • Mostrar Abstract
  • The teaching of Portuguese and the use of textbooks stand out as an object of study in numerous researches in the field of linguistics, in order to investigate the work with this element in the language class, especially in questions related to the study of the class of verb words and from then on, to present suggestions that will bring linguistics closer to everyday practice in the classroom, this research aims to analyze exercises on verbs in textbooks, seeking to observe the proposed directions for the understanding of grammar. Therefore, we chose the functionalist theory of the North American current as the theoretical basis to establish our reflections and possible suggestions, emphasizing the propositions of Neves (2018), Furtado da Cunha (2015), Castilho (2010) etc, as well as authors who direct their studies for the practice of teaching Portuguese, for the so-called grammar, among them, we can mention: Neves (2002, 2006, 2012 and 2018). The material used for the research was the textbook (DL) for the 6th year of Elementary School from the Portuguese linguagens collection. The analysis began with the selection of questions that work on the concept, mode and tense of verbs, presented in the chapter of the book dedicated to the study of this class of words. Once the selection was made, we forwarded the study analyzing the proposed work to the grammatical element, verifying the concept of language and grammar involved in each question command, reflecting whether in fact the exercises in the book contribute to the development of linguistic and critical competence of the students. Furthermore, we tried to re-elaborate the issue considering the orientations of the functionalist theory, combining what is in the DL with the functionalist theory. Among the results, we verified that the activities of the textbook favor the postulates of normative, decontextualized grammar, which reaffirms the idea of a homogeneous and unaltered language. Given this finding, we present specific suggestions for the study of the verb, adding other questions or just pointing out another approach that the teacher can take, in the DL exercises themselves, always with the aim of stimulating the students' linguistic reflection, in the light of functionalism, in each question addressed. 

2
  • MARLISSON SOUSA DE ANDRADE
  • Livro didático de Língua Portuguesa e a Lei 10.639/2003: (ex)inclusão da temática negra no material do 6º ano do Ensino Fundamental

  • Orientador : LUIZ FERNANDO DE FRANCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CELIANE SOUSA COSTA
  • JACQUELINE DA SILVA COSTA
  • LUIZ FERNANDO DE FRANCA
  • Data: 13/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa intitulada “Livro didático de Língua Portuguesa e a Lei 10.639/2003: (ex)inclusão da temática negra no material do 6º ano do Ensino Fundamental” – tem por objetivo de investigar a implementação da Lei 10.639/2003 em dois livros didáticos de Língua Portuguesa para o 6º ano do Ensino Fundamental distribuídos pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD): Para viver juntos – português, de Ana Elisa de Arruda Penteado (2015) e Tecendo Linguagens, de Tania Amaral Oliveira e Lucy Aparecida Melo Araújo (2018). Com base em autores(as) que discutem a temática racial na educação brasileira, tais como Gomes (2005), Silva (2005; 2011), Munanga (2005), Amador de Deus (2008), Ribeiro (2013), dentre outros, bem como na legislação educacional antirracista, trata-se de uma pesquisa bibliográfica que está centrada em verificar se, passados dezessete anos da instituição da Lei, o livro didático tem incluído ou silenciado a temática negra na escola. Por se tratar de um material de grande circulação dentro e fora do espaço escolar, os livros têm um protagonismo na formação do indivíduo e podem servir como instrumentos políticos de difusão e/ou de desconstrução de estereótipos e de discursos racistas. Nesse sentido, para avaliar a presença ou a ausência negra nos materiais, nossa análise está direcionada para dois aspectos principais que estruturam o livro didático de língua portuguesa: os textos, atividades propostas e os (as) autores (as). Além do trabalho de análise do material escolhido, busca-se também apresentar como proposta de intervenção pedagógica, a partir dos próprios livros analisados, um conjunto de estratégias didáticas que privilegie um ensino de língua portuguesa com foco na promoção da igualdade racial em sala de aula e avance no processo de inclusão crítica da temática negra na escola.


  • Mostrar Abstract
  • This research, entitled “Portuguese Language Textbook and Law 10.639/2003: (ex) inclusion of the black theme in the material of the 6th year of Elementary School” – aims to investigate the implementation of Law 10.639/2003 in two textbooks of Portuguese Language for the 6th year of Elementary School distributed by the National Textbook Program (PNLD): To live together – Portuguese, by Ana Elisa de Arruda Penteado (2015) and Tecendo Linguagens, by Tania Amaral Oliveira and Lucy Aparecida Melo Araújo (2018 ). Based on authors who discuss racial issues in Brazilian education, such as Gomes (2005), Silva (2005; 2011), Munanga (2005), Amador de Deus (2008), Ribeiro (2013), among others, as well as in the anti-racist educational legislation, this is a bibliographical research that is centered on verifying whether, seventeen years after the institution of the law, the textbook has included or silenced the black theme in school. As this material is widely circulated both inside and outside the school space, books play a leading role in the formation of the individual and can serve as political instruments for the dissemination and/or deconstruction of stereotypes and racist discourses. In this sense, to assess the presence or absence of blacks in the materials, our analysis is directed towards two main aspects that structure the Portuguese language textbook: the texts, proposed activities and the authors. In addition to the work of analyzing the chosen material, it is also intended to present as a proposal for pedagogical intervention, from the books analyzed, a set of didactic strategies that favor Portuguese language teaching with a focus on promoting racial equality in the classroom and advance in the process of critical inclusion of the black theme in school.

3
  • MARIA DE FÁTIMA LOPES TRINDADE COELHO
  • O GÊNERO DISCURSIVO RELATO DE EXPERIÊNCIAS A PARTIR DAS
    ATIVIDADES DIDÁTICAS INTEGRADAS: UMA PROPOSTA DE AÇÃO DIDÁTICA
    PARA A 4ª ETAPA DA EJA
  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • RAIMUNDO NONATO VIEIRA COSTA
  • JUSCELINO FRANCISCO DO NASCIMENTO
  • Data: 14/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem por objetivo apresentar uma proposta de ação didática para se trabalhar o ensino de gênero discursivo baseada das Atividades Didáticas Integradas (ADIs) de Moura (2017), e pretende contribuir com o processo de ensino e aprendizagem da língua de alunos de 4ª etapa da Educação de Jovens e Adultos. Para fundamentar teoricamente esse trabalho, utilizou-se estudos de alguns autores que entendem a linguagem como um constante processo de interação mediado pelo diálogo, entre eles: Bakhtin (1981, 2003, 3006, 2010 a, 2011[1979] 2016), Bazerman (2007, 2011), Kleiman (2002, 2007), Koch ( 2006 ), Koch e Elias ( 2013 ), Marcuschi ( 2002, 2008 ), Moura (2017a, 2017b, 2017c, 2019).  A partir do tema Superação será sugerida uma sequência de atividades a serem desenvolvidas envolvendo gêneros da ordem do relatar, além do gênero principal que o relato de experiências. Por priorizar a interação e o diálogo, devem possibilitar o aprimoramento da capacidade discursiva do aprendiz capacitando-o a inferir com autonomia nas várias situações sociais. É o que se pretende ao sugerir uma proposta de ensino desenvolvida a partir de uma perspectiva dialógica da linguagem: que seja considerada a formação crítica o sujeito da EJA, de modo que desenvolvam a postura responsiva e sejam capazes de entender a língua, refletir sobre ela e saber usá-la em suas diversas atuações sociais.


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to present a didactic action proposal to work on the teaching of textual genre that can take new directions and contribute significantly and effectively to the process of teaching and learning the language in the teaching of EJA / Fundamental. These are Integrated Teaching Activities (reading, writing, speaking, linguistic reflection), a proposal thought by Moura (2017), which has been researched and applied, presenting satisfactory and very effective results in terms of the optimization of pedagogical practice and the improvement of learner's discursive ability. To theoretically base this work, studies by some authors were used that understand language as a constant process of interaction mediated by dialogue, among them: Bakhtin (1981, 1992, 2003, 2010 a, 2011 [1993], 2014, 2015) , Bazerman (2011), Kleiman (2002, 2003, 2007), Koch (2006), Koch and Elias (2013), Marcuschi (2008), and Moura (2016, 2017, 2018, 2019). Working on the teaching of genres through a methodology such as Integrated Teaching Activities that prioritizes interaction and dialogue promotes the development of the subject not only intellectual, but will certainly cause the adoption of the responsive posture, enabling him to understand the language and achieve agree, disagree and infer with autonomy and independence in various social situations. The activities to be developed involve genres such as diary, reportage, autobiography, lyrics, news in addition to the main genre that the report of lived experience. This is what is intended when suggesting a teaching proposal for EJA / Fundamental developed from a dialogical perspective of language and that is considered the critical formation of students, that they are able to understand the language, reflect on it and know use it autonomously and naturally.

4
  • ALCILENE PINHEIRO DO AMARAL ARAGÃO
  • LEITURA LITERÁRIA A PARTIR DOS CONTOS DE EXPRESSÃO AMAZÔNICA: UMA PROPOSTA DE ENSINO COM ALUNOS DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

     

  • Orientador : LAURO ROBERTO DO CARMO FIGUEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LAURO ROBERTO DO CARMO FIGUEIRA
  • LUIZ FERNANDO DE FRANCA
  • MARIA DE FÁTIMA DO NASCIMENTO
  • Data: 04/11/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho justifica-se pela sua contribuição à educação literária, no Ensino Fundamental. Tem por objetivo investigar de que forma os contos da Literatura Brasileira de Expressão Amazônica podem contribuir para a formação de leitores a partir da valorização da sua identidade cultural. Objetiva, ainda, preencher as lacunas que os livros didáticos apresentam quanto à ausência de textos ficcionais produzidos na região amazônica. A pesquisa demonstra, por fim, que os contos LBEA transcendem a singularidade (o pitoresco, o local) do mesmo modo que o cânone nacional. Essa expressão literária representa esteticamente temas universais, pejada de motivo regional, sob uma prática metalinguística (particularidade) de modo a atingir a universalidade (LUKÁCS, 1968). As bases teóricas que respaldam este trabalho estão fundamentadas em pressupostos de Cândido (2004-2009); Queirós (2009); Roxel (2013); Solé (1998); Cosson (2014); Silva (2009), (2011); Lajolo (1999). Estes autores veem a literatura como espaço de reflexão humanística. O corpus em análise apresenta textos orais e escritos de duas turmas do 8º ano do Ensino Fundamental, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Maria Uchôa Martins. As atividades desenvolvidas têm como temática “a leitura literária a partir dos contos de expressão amazônica: uma proposta de ensino com alunos do 8º ano do ensino fundamental”. Por meio da proposta de letramento literário, analisaram-se três contos de autores amazônicos: “Temporal do Amazonas” (Thiago de Mello); “A Vingança de Jão Taviano” (Rodrigues dos Santos) e “O Baile do Judeu” (Inglês de Sousa). Estes contos geraram a produção de exposições orais, debates, histórias em quadrinhos, teatro e resenha, colocando em prática a proposta de leitura interacionista e reflexiva com intuito de ampliar a capacidade discursiva – reflexiva dos alunos, além de torná-los autônomos nas escolhas e percepções das suas leituras. Posteriormente, os resultados desta pesquisa evidenciaram que por meio do letramento literário é possível introduzir o gosto pela leitura literária, possibilitando que os discentes venham a ser cidadãos críticos-reflexivos de uma sociedade em construção, além de conhecedores de uma literatura regional cuja manifestação contribui para o acervo da Literatura Universal.


  • Mostrar Abstract
  • This work is justified by its contribution to literary education, in Elementary School. It aims to investigate how the stories of Brazilian Literature of Amazonian Expression can contribute to the formation of readers based on the valorization of their cultural identity. It also aims to fill in the gaps that textbooks present regarding the absence of fictional texts produced in the Amazon region. The research finally shows that the LBEA tales transcend the singularity (the picturesque, the local) in the same way as the national canon. This literary expression aesthetically represents universal themes, full of regional motif, under a metalinguistic practice (particularity) in order to achieve universality (LUKÁCS, 1968). The theoretical bases that support this work are based on assumptions by Cândido (2004-2009); Queirós (2009); Roxel (2013); Solé (1998); Cosson (2014); Silva (2009), (2011); Lajolo (1999). These authors see literature as a space for humanistic reflection. The corpus under analysis presents oral and written texts from two classes from the 8th year of Elementary School, from the State School of Elementary and High School Maria Uchôa Martins. The activities developed have as their theme "Literary formation from the tales of Amazonian expression: a teaching proposal". Through the literary literacy proposal, three stories by Amazonian authors were analyzed: “Temporal do Amazonas” (Thiago de Mello); "The Revenge of Jão Taviano" (Rodrigues dos Santos) and "O Baile do Judeu" (Inglês de Sousa). These tales generated the production of oral exhibitions, debates, comics, theater and reviews, putting into practice the proposal of interactionist and reflective reading in order to expand the discursive - reflective capacity of students, in addition to making them autonomous in their choices and perceptions of your readings. Subsequently, the results of this research showed that through literary literacy it is possible to introduce a taste for literary reading, enabling students to become critical-reflective citizens of a society under construction, in addition to being experts in regional literature whose expression contributes to the collection of Universal Literature.

5
  • PAULA ANDRÉA GRANDAL DE ALMEIDA
  • ATIVIDADES DIDÁTICAS INTEGRADAS: PROPOSIÇÃO DE APRENDIZAGENS COM GÊNEROS DISCURSIVOS EM TEMPOS DE PANDEMIA

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • JUSCELINO FRANCISCO DO NASCIMENTO
  • Data: 10/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho nasceu das reflexões fomentadas nas aulas do Programa de Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS, e das experiências cotidianas com o ensino de língua materna. Seu objetivo é propor uma prática pedagógica aos alunos do Ensino Fundamental, pautada em atividades que integrem oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística, com base no estudo de gêneros discursivos, em favor do desenvolvimento da capacidade de leitura, de produção e, por conseguinte, da ampliação das possiblidades de participação dos indivíduos, nos diferentes campos sociais em que atuam. O gênero discursivo é um instrumento semiótico complexo, que possibilita, concomitantemente, a produção e compreensão de textos (orais e escritos), os quais possibilitam a comunicação humana. Sejam pelos contextos comunicativos, sejam pelas características, os textos se diferenciam uns dos outros e alocam-se em gêneros. O estudo desses gêneros, na sala de aula, possibilita o desenvolvimento de distintas capacidades de linguagem. Esta proposta pedagógica foi pensada, em virtude de o modelo de ensino atual ainda priorizar, nas aulas de Português, os conteúdos da gramática normativa, usando o texto apenas como âncora para o estudo dos conteúdos formais, negando o protagonismo dos contextos sociais e as situações reais de comunicação presentes nos gêneros discursivos.  Como base teórica deste trabalho destacam-se os estudiosos da linguagem Bakhtin, Kleiman, Rojo, Antunes, Marcuschi e Moura, que, seguindo a linha de pesquisa de Bakhtin, desenvolveu o estudo das ADIs (Atividades Didáticas Integradas) de Oralidade, Leitura, Escrita e Reflexão Linguística). A pesquisa a que nos propomos considerou também um elemento novo, no cenário atual da educação brasileira, a pandemia da COVID-19, que se constitui um desafio para o ensino-aprendizagem ao demandar comportamentos e ferramentas educacionais diferentes das, comumente, adotadas pelas escolas. A aplicabilidade do projeto mostrou-se profícua ao ensino-aprendizagem de língua materna, por meio de gêneros discursivos, na medida em que contribuiu para a construção de saberes pautados na relação entre a oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística, nas situações comunicativas de usos reais da língua.


  • Mostrar Abstract
  • This work was born from the reflections fostered in the classes of the Professional Master's Degree Program in Letters – PROFLETRAS, and from everyday experiences with the teaching of the mother tongue. Its objective is to propose a pedagogical practice to students of the 7th year of elementary school, based on activities that integrate orality, reading, writing and linguistic reflection, based on the study of discursive genres, in favor of the development of the ability to read, production and, consequently, the expansion of the possibilities of participation of individuals, in the different social fields in which they operate. The discursive genre is a complex semiotic instrument, which enables, simultaneously, the production and understanding of texts (oral and written), which enable human communication. Whether through communicative contexts or characteristics, texts differ from each other and are divided into genres. The study of these genres, in the classroom, allows the development of different language skills. This pedagogical proposal was thought, due to the fact that the current teaching model still prioritizes, in Portuguese classes, the contents of the normative grammar, using the text only as an anchor for the study of formal contents, denying the protagonism of social contexts and situations of communication present in the discursive genres. The theoretical basis of this work is highlighted by Bakhtin, Kleiman, Rojo, Antunes, Marcuschi and Moura, who, following Bakhtin's line of research, developed the study of ADIs (Integrated Didactic Activities of Orality, Reading, Writing and Linguistic Reflection). The research that we propose also considered a new element, in the current scenario of Brazilian education, the pandemic of COVID-19, which constitutes a challenge for teaching-learning by demanding behaviors and educational tools that are different from those commonly adopted by schools. The applicability of the project proved to be fruitful for the teaching-learning of the mother tongue, through discursive genres, as it contributed to the construction of knowledge based on the relationship between orality, reading, writing and linguistic reflection in real communicative situations. uses of language.

6
  • HAMILTON JOSÉ FERNANDES DA SILVA
  • NARRATIVAS ORAIS DA AMAZÔNIA: HISTÓRIAS CONTADAS, HISTÓRIAS CRIADAS EM TURMA DE 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • TEREZINHA DE JESUS DIAS PACHECO
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • Data: 23/12/2021
    Ata de defesa assinada:

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação apresenta a proposta de intervenção Histórias Contadas, Histórias Criadas, que trabalha a leitura e escrita de Narrativas Orais da Amazônia (NOAs) em turma de 7º ano do ensino fundamental. Parte de dois princípios, a saber: 1) o crescente desestímulo dos alunos à leitura e, concomitantemente, à escrita; e, 2) a presença de narrativas orais de caráter regional no imaginário local, interligadas à vivência e à história do povo. A dissertação procura, então, esclarecer se o trabalho com as NOAs em sala de aula tem impacto positivo no aprimoramento da leitura e produção textual dos alunos, e de que forma isso é desenvolvido. Para tanto, busca os fundamentos em BAYARD (1955) e ELIADE (1972) para entendimento do que seja mito e lenda; LOUREIRO (1995), que nos apresenta as encantarias e o imaginário amazônico, amparado por TODOROV (1975) e CHIAMPI (2008), com suas noções do fantástico e do maravilhoso na literatura; ZUMTHOR (2010) e seus conceitos de performance e carga dramática nas narrativas orais; RYAN (2013), apresentando as noções de transficcionalidade e crossover de personagens e universos narrativos; THIOLLENT (1986) e BRANDÃO & BORGES (2007), embasando a metodologia de pesquisa participante utilizada no projeto de intervenção. A partir disso, apresentamos as NOAs sob diversas mídias, captando a atenção do aluno e fazendo-o se identificar com a história contada, valorizando sua própria vivência. Isso também serviu de estímulo para se fazer uma releitura, em texto escrito, das narrativas apresentadas. Ao final, notamos que o trabalho com as NOAs em sala de aula incentiva a criatividade na produção textual, mostrando a importância de se valorizar tais narrativas, principalmente por possibilitar ao aluno reconhecer-se protagonista de sua cultura e se sentir valorizado pelo conhecimento que carrega consigo.


  • Mostrar Abstract
  • In our experience as an elementary school teacher, we noticed the almost total lack of encouragement for literary reading and, by extension, writing by students. Reading is almost always about a grammatical subject to be studied, or some text related to it. The student is then faced with compulsory reading, about which he has to answer questions or take lessons. Such a mandatory character takes away the pleasure of reading, and the student only performs it in the classroom, with the order of the teacher, thus losing the opportunity to read in his spare time and in a different place from the school environment. Without stimulus for spontaneous reading, the student also loses the ability to recognize himself in the text read and, mainly, the ability to project himself into a text of his own. On the other hand, we have the presence of oral narratives that, for a long time, populate the imagination of the inhabitants of the region bordered by rivers and Amazonian forests. Stories told at dusk, of supernatural entities, fantastic creatures that would inhabit the waters and forests, and would interfere in the experiences of men. These are stories that captivate listeners, and that are already part of the repertoire of local residents. Boto, Boiuna, Iara, Curupira are stories that have been heard. From this reality, some questions arose: Would bringing these narratives to the classroom have any influence on the student's reading and writing work, in the sense of improving this work? Would such oral narratives have a positive impact on textual production in the classroom? How would oral narratives from the Amazon contribute to the student's textual production? These and other questions guided this research, which has the general objective of making available to the student the Amazon oral narratives in the written form, leading him to create the habit of textual production. In addition to this, we also aim to achieve other objectives: to show the student the importance of valuing Amazon oral narratives, stimulating oral and written practice, dialoguing with these narratives, encouraging their creativity in the production of new narratives. It is believed that by enabling the student to recognize these narratives in his school and community practice, one can contribute to him becoming the protagonist of his own culture.
    To this end, this research was developed in two phases: the first, of bibliographic character and the second, with the application of an intervention project as a methodological proposal to work on reading and the textual production of students in a class of 7th grade of teaching fundamental.
2020
Dissertações
1
  • NAIRA AUGUSTA PEDROSO DE SOUSA OLIVEIRA
  • Que bicho é esse? A oralidade na BNCC.

  • Orientador : LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • CELIANE SOUSA COSTA
  • Data: 15/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa busca responder ao seguinte questionamento: de que forma a oralidade é compreendida na Base Nacional Comum Curricular – BNCC e quais as implicações dessa concepção para a organização do ensino atual de Língua Portuguesa no Ensino Fundamental? O trabalho contém quatro capítulos. O primeiro refere-se à oralidade como objeto escolar no ensino de língua portuguesa, com destaque ao contexto geral do ensino de Língua Portuguesa, ao estudo da oralidade, abordando pontos relacionados à fala e à escrita, à variação linguística, ao ensino da oralidade na escola; além disso, apresento um panorama sobre pesquisas desenvolvidas no Profletras que tratam do ensino da oralidade, observando a produção dessa temática no Mestrado Profissional de que faço parte; o segundo capítulo diz respeito ao que propõe a BNCC em relação ao trabalho com oralidade na escola. Nessa parte, abordo o modo de organização estrutural do documento, com destaque ao componente curricular Língua Portuguesa, eixo oralidade, no Ensino Fundamental, enfatizando os anos finais dessa etapa. No terceiro capítulo, faço a análise dos descritores referentes à oralidade, no Ensino Fundamental, anos finais. No quarto e último capítulo, conto minha prática de ensino em diálogo com o que propõe a BNCC para o ensino da oralidade, com foco no 9º ano do ensino fundamental, por ser a série em que desenvolvo minha ação docente.


  • Mostrar Abstract
  • This text presented to the qualification seeks to answer the following question: how orality is understood in the Common National Curriculum Base - BNCC and what are the implications of this conception for the organization of the current teaching of Portuguese in elementary school? The methodology adopted is documentary analysis - Common National Curricular Base (2017). The work contains three chapters under construction. The first refers to the teaching of Portuguese language, with emphasis on oral work in school. I draw on research from Castilho, Marcuschi, Geraldi, Britto, Antunes, Ramos; The second concerns what the BNCC proposes in relation to oral work at school. In this chapter, I approach the document's structural organization mode, highlighting the Portuguese language curriculum component, orality axis, in the elementary school stage. In the third chapter, I tell my teaching practice in dialogue with what the BNCC proposes for the teaching of orality, focusing on the 9th year of elementary school, because it is the series in which I develop my teaching action.

2
  • ELIANA PATRÍCIA SANTOS SARDINHA
  • Atividades didáticas integradas em ensino de gêneros: uma perspectiva dialógica da linguagem no ensino fundamental

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • LUCIANE DE PAULA
  • Data: 18/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem por objetivo investigar de que forma as Atividades Didáticas Integradas (leitura, escrita, oralidade, reflexão linguística) podem redimensionar a prática de ensino de gêneros na língua portuguesa, no ensino fundamental, levando em consideração que estas ações didáticas podem contribuir para dinamizar a capacidade discursiva dos alunos, extrapolar o contexto da sala de aula e ganhar uma dimensão social na perspectiva do letramento. As bases teóricas que respaldam esse trabalho estão fundamentadas nos pressupostos de Marcuschi (2005, 2008), Koch (2003, 2004, 2006, 2008), Koch e Elias (2009a, 2009 b), Bakhtin (2006, 2010 a 2010b, 2016a, 2016b, 2017) e Moura (2016, 2017, 2018). Para os autores, a linguagem é um constante processo de interação mediado pelo diálogo e não apenas como sistema autônomo. As Atividades Didáticas Integradas, da forma que efetivam suas metodologias, contribuem para a autonomia do aluno em relação à produção e compreensão dos gêneros e a sua formação, enquanto sujeito responsivo. O corpus em análise, consta de textos orais e escritos de uma turma de trinta alunos do 6º ano do ensino fundamental, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio São Raimundo Nonato, escola pública/conveniada, localizada no bairro da Aldeia, em Santarém-Pará, bem como textos utilizados pela professora da turma. As atividades desenvolvidas, foram descritas e analisadas, considerando os gêneros reportagem, entrevista, calendário agrícola, relatos, comentários e bilhete, colocando em prática dessa forma a proposta com a perspectiva dialógica da linguagem no ensino fundamental. Os resultados desta pesquisa, evidenciam que os gêneros estudados colaboram efetivamente para que os alunos estudem com mais propriedade e autonomia a língua e com possíveis ações sociais que modificarão suas realidades. Essas atividades visam a formação de sujeitos responsivos, isto significa que o ouvinte recebe e compreende a significação linguística do discurso em questão e adota, para com esse discurso, uma atitude responsiva ativa concordando ou discordando do que está posto ou ainda complementando, adaptando e reescrevendo o que se disse. A atitude responsiva torna o ouvinte um sujeito em constante elaboração durante o processo de audição e de compreensão do discurso. É importante a formação crítica dos alunos, enquanto cidadãos atuantes na sociedade, capazes de entender a língua, questioná-la, criá-la e recriá-la.


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to investigate how Integrated Teaching Activities (reading, writing, speaking, linguistic reflection) can resize the practice of teaching gender in Portuguese language, in elementary school, taking in account that these didactic actions can contribute to dynamize the student’s discursive capacity, go beyond the classroom context and gain a social dimension from the perspective of literacy. The theoretical bases that support this work are based on the theoretical assumptions of Marcuschi (2005, 2008), Koch (2003, 2004, 2006, 2008), Koch and Elias (2009a, 2009b), Bakhtin (2006, 2010 to 2010b, 2016a, 2016b, 2017) and Moura (2016, 2017, 2018). For the authors, language is a constant process of interaction mediated by dialogue and not just as an autonomous system. The Integrated Teaching Activities, in the way that they implement their methodologies, contribute to the students’ autonomy in relation to production and understanding of genders and their training, as a responsive citizen. The corpus in analysis consists of oral and written texts by a group of thirty students from 6th grade from São Raimundo Nonato Elementary and Secondary School, a public/ affiliated (philanthropic) school located in Aldeia neighborhood, in Santarém- Pará, with texts used by the class teacher. The activities developed were described and analyzed, considering the genres reportage, interview, agricultural calendar, reports, comments, and ticket, putting into practice the proposal with the dialogical perspective of language in elementary level. The results of this research show that the studied genres collaborate effectively to the students study with more properly and autonomy the language and with possible social actions that will change their realities. These activities aim at the formation of responsive citizen, it means that the listener receives and understands the linguistic significance of the discourse in question and adopts, for this discourse, an active responsive attitude agreeing or disagreeing with what is set or still complementing, adapting and rewriting what was said. The responsive attitude makes the listener a citizen in constant development during the process of listening and understanding the discourse. Critical training of students is important, as active citizens in society, able to understand the language, question, create and recreate it.

3
  • ANDREA NINA MONTEIRO
  • "O LUGAR ONDE VIVO” EM DOCUMENTÁRIOS: OS MULTILETRAMENTOS NO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA

     

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • LUCIANE DE PAULA
  • Data: 14/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho teve por objetivo avaliar como a proposta de produção de documentários, com base na Olimpíada de Língua Portuguesa, desenvolvida por meio de uma intervenção com alunos de uma escola pública de Alenquer - Pará, se realiza como instrumento de formação intelectual a partir das aulas de Língua Portuguesa na perspectiva do Multiletramento. Tomo para embasamento teórico Freire (2015) em sua Pedagogia da Autonomia; a perspectiva dialógica da língua de Bakhtin (2011, 2013, 2016); Moura (2016,2017) - que seguindo a linha bakhtiniana desenvolveu o estudo de atividades didáticas integradas (ADIs) - assim como também, utilizei as contribuições de autores como: Marcuschi (2011, 2008) sobre gêneros textuais discursivos; de  Rojo (2011, 2012, 2019 ),  Dionísio(2011) e Kleiman (1995) sobre Letramento e Multiletramentos. A pesquisa é participante de cunho qualitativo, em que a professora /pesquisadora colheu e analisou dados obtidos através da observação das suas aulas, fazendo uso diário de registros escritos, gravações de voz e vídeo, além da aplicação de questionário para a avaliação dos alunos. Os resultados apontam para uma escola ainda em construção de uma filosofia de ensino que visa a integração dos saberes. Também mostra a importância da aproximação de novas tecnologias de comunicação nessa integração para que a formação intelectual também possa se dar de maneira mais integralizada. Contudo, a pesquisa mostra ainda uma dificuldade em se utilizar dessas novas tecnologias, seja em termos técnicos, seja por falta de acesso ou mesmo por uma visão conservadora de que essas são apenas distrações nesse meio.

     

  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate as a proposal for the production of documents, based on the Portuguese Language Olympiad, developed through an intervention with students from a public school in Alenquer - Pará, and to perform as a tool for intellectual training from the Portuguese language classes in the perspective of Multiliteracy. It was taken for theoretical basis Freire (2015) in his Pedagogy of Autonomy; a dialogical perspective of language - Bakhtin (2011, 2013, 2016); Moura (2016,2017) - which follows a Bakhtinian line of studies of integrated didactic activities (ADIs) - as well as used as contributions by authors such as: Marcuschi (2011, 2008) on discursive textual genres; de Rojo (2011, 2012, 2019), Dionísio (2011) and Kleiman (1995) on Literacy and Multi-tools. A survey is a participant of the qualitative nature, in which the teacher / researcher collects and analyzes the data obtained through the observation of her classes, making daily use of written records, voice and video recordings, in addition to the application of the questionnaire for student evaluation. The results point to a school still under construction of a teaching philosophy that aims to integrate knowledge. It also shows the importance of approaching new communication technologies in this integration so that intellectual training can also provide a more integral way. However, research still shows a difficulty in using these new technologies, either in technical terms, either due to lack of access or even due to a conservative view that these are just distractions in this environment.

     
4
  • RIZIOMAR PINHEIRO DE OLIVEIRA
  • LEITURA LITERÁRIA E O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA NO ENSINO FUNDAMENTAL – 6º AO 9º ANO: MARGENS OPOSTAS OU TRAVESSIA?

  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • CELIANE SOUSA COSTA
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • Data: 02/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta Dissertação intitulada A leitura literária e o ensino de Língua Portuguesa no Ensino Fundamental – 6º ao 9º ano: margens opostas ou travessia? surge de uma necessidade pedagógica - a educação literária - por isso investigou onde se encontra a Literatura nas aulas de Língua Portuguesa. Para o levantamento dos dados, comparações, análise de resultados, intervenção e discussão, foi aplicado questionário semiestruturado, com perguntas fechadas e abertas a oito (08) professores de Língua Portuguesa e a duzentos e cinco alunos (205). A pesquisa foi realizada em (05) cinco escolas da Rede Pública Estadual, no município de Santarém- PA. Como parte importante da investigação, houve a verificação e a enumeração da ocorrência de textos literários nos livros didáticos de Língua Portuguesa, utilizados por alunos e por professores das referidas escolas, com o fito de verificar se esse instrumento pedagógico promove a educação literária por meio de seus textos. Os dados obtidos com a aplicação do questionário foram importantes para a realização da proposta de intervenção, pois foram socializados com os professores participantes da pesquisa, em um encontro programado onde foram feitos diversos questionamentos, dentre os quais a ausência de metodologias, de planejamento coletivo e de cursos de formação de Língua Portuguesa para o ensino de Literatura no Ensino Fundamental, além de discussões voltadas para a elaboração de estratégias, capazes de dar ao texto literário o potencial que ele tem. Os embasamentos utilizados foram Cândido (2004), Cosson (2012), Silva (1991, 2004, 2009), Zilberman (2009), Geraldi (2012), além de artigos e de dissertações que dialogam com esse tema. A análise dos resultados obtidos revela que, embora o texto literário esteja vinculado ao ensino de Língua Portuguesa, ele tem sido apenas o pretexto para o ensino de gramática normativa, para resoluções de questões de compreensão e de interpretação de textos, além de modelo para escrita de textos do mesmo gênero, não promovendo, desse modo, a educação literária. Assim, foi elaborado um E-book, intitulado “Convite à travessia”, como sugestão a professores de Língua Portuguesa do Ensino fundamental – 6° a 9° ano - a fim de tornar não apenas  presente, mas contínuo e provocador, o ensino de Literatura nas aulas de Língua Portuguesa, sendo capaz de prender a atenção do aluno e, desse modo, promover a educação literária, tornando-se uma prática menos didatizada e mais humanizadora.


  • Mostrar Abstract
  • This Dissertation entitled Literary reading and the teaching of Portuguese in Elementary School - 6th to 9th grade: opposite margins or crossing? arises from a pedagogical need - literary education - so he investigated where Literature is in Portuguese Language classes. For data collection, comparisons, analysis of results, intervention and discussion, a semi-structured questionnaire was applied, with closed and opened questions to eight (08) Portuguese language teachers and two hundred and five students (205). The research was carried out in (05) five schools of the State Public Network, in the municipality of Santarém-PA. As an important part of the investigation, there was the verification and enumeration of the occurrence of literary texts in Portuguese language textbooks, used by students and teachers from those schools, in order to verify whether this pedagogical instrument promotes literary education through your texts. The data obtained with the application of the questionnaire were important for the realization of the intervention proposal, as they were socialized with the teachers participating in the research, in a scheduled meeting where several questions were asked, among which the absence of methodologies, collective planning and of Portuguese Language training courses for teaching Literature in Elementary Education, in addition to discussions aimed at developing strategies, capable of giving the literary text the potential it has. The bases used were Cândido (2004), Cosson (2012), Silva (1991,2004, 2009), Zilberman (2009), Geraldi (2012), in addition to articles and dissertations that dialogue with this theme. The analysis of the results obtained reveals that, although the literary text is linked to the teaching of the Portuguese language, it has only been the pretext for the teaching of normative grammar, for solving questions of comprehension and interpretation of texts, as well as a model for writing of texts of the same genre, thus not promoting literary education. Thus, an E-book was created, entitled “Invitation to crossing”, as a suggestion to Portuguese teachers of elementary school - 6th to 9th grade - in order to make not only present, but continuous and provocative the teaching of Literature in Portuguese language classes, being able to hold the student's attention and, thus, promote literary education, becoming a less didactic and more humanizing practice.

5
  • FRANCILEIDE COSTA RODRIGUES
  • LEITURA DE CONTOS DA LITERATURA BRASILEIRA DE EXPRESSÃO AMAZÔNICA: FRUIÇÃO E (RE)CONHECIMENTO  DE PRÁTICAS CULTURAIS

  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • ITAMAR RODRIGUES PAULINO
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • Data: 06/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação intitulada Leitura de contos da Literatura de Expressão Amazônica: fruição e (re)conhecimento de práticas culturais nasceu da inquietação da professora-pesquisadora ao constatar a ausência de atividades de leitura com textos de literatura de Expressão Amazônica no fundamental maior (6º ao 9º ano) e como esses textos seriam trabalhados a fim de que os alunos lessem mais, percebessem a leitura como um meio de aquisição de conhecimentos e valorizassem as práticas culturais. Como afirma Candido, a literatura é fator de humanização e direito humano, portanto, deve estar ao alcance de todos. Com essas atividades, o aluno, além de ter contato com textos pouco acessíveis, tem a oportunidade de vivenciar experiências e aprendizados que só o texto literário proporciona. Como atividade de intervenção na sala de aula, foi desenvolvido um projeto de leitura denominado Contos para acordar e encantar composto de oito oficinas, focado na leitura de contos de literatura de Expressão Amazônica, aplicado em uma turma de 9º ano, na cidade de Monte Alegre. A proposta de intervenção foi transformada em um caderno de atividades que servirá de apoio a outros professores que sintam a necessidade de trabalhar com esse tipo de leitura e será mais uma contribuição para o acesso a textos desses autores que não são encontrados em livros didáticos. Assim, esta pesquisa qualitativa participante tem por objetivo estimular a leitura em alunos do ensino fundamental, usando para isso textos literários de três escritores paraenses, que são: José veríssimo, Inglês de Sousa e Benedicto Monteiro, os quais ressaltam os elementos da cultura amazônica, promovendo, dessa forma, maior identidade dos alunos com os textos lidos. A pesquisa se baseou nos estudos de autores que versam sobre leitura literária , principalmente Bértolo( 2014), Britto (2012/2015), Candido (2011), Colomer(2007), Kleiman (1989/1995), Lajolo (1997/2001) e Solé (1999) e em algumas pesquisas já realizadas no âmbito do Profletras-Ufopa/UFPA sobre o tema. A experiência revelou que as aulas de Língua Portuguesa devem ser o momento e o lugar em que a leitura de textos literários, inclusive o de Expressão Amazônica, deve ter a primazia e servir como ponto de partida para as demais atividades como oralidade, análise linguística e produção textual e que o professor deve mediar essas atividades em todas as etapas.


  • Mostrar Abstract
  • The present dissertation entitled Reading of stories from the Literature of Amazonian Expression: fruition and (re) knowledge of cultural practices was born out of the teacher-researcher 's anxiety when realizing the absence of reading activities with texts from Amazonian literature in the fundamental major (6th to 9th grade) and how these texts would be worked on so that students read more, perceived reading as a means of acquiring knowledge and valued cultural practices. As Cândido states, literature is a factor of humanization and human right, therefore, it must be available to everyone. With these activities, the student, in addition to having contact with inaccessible texts, has the opportunity to experience experiences and learnings that only the literary text provides. As an intervention activity in the classroom, a reading project called Tales to Wake Up and Enchant was developed, consisting of eight workshops, focused on reading stories of Amazonian Expression literature, applied to a 9th grade class in the city of Monte Alegre . The intervention proposal was transformed into an activity booklet that will support other teachers who feel the need to work with this type of reading and will be another contribution to the access to texts by these authors that are not found in books. Thus, this participative qualitative research aims to stimulate reading in elementary school students, using literary texts from three paraense writers, José Veríssimo, Inglês de Sousa and Benedicto Monteiro, who highlight the elements of Amazonian culture, promoting, thus, greater identity of the students with the texts read. The research was based on the studies of authors dealing with literary reading, mainly Bértolo (2014), Britto (2012/2015), Cândido (2011), Colomer (2007), Kleiman (1989/1995), Lajolo (1997/2001) and Solé (1999) and in some research already carried out within the scope of Profletras-Ufopa / UFPA on the subject. Experience has shown that Portuguese language classes should be the time and place where reading literary texts, including that of Amazonian Expression, should take precedence and serve as a starting point for other activities such as orality, linguistic analysis and textual production and that the teacher should mediate these activities at all stages.

     

6
  • DETIMAR PEREIRA DE LIMA
  •  A literatura no ensino fundamental e a base nacional comum curricular

  • Orientador : LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • ODENILDO QUEIROZ DE SOUSA
  • Data: 10/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • A dissertação A literatura no ensino fundamental e a Base Nacional Comum Curricular, vinculada ao Programa de Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS), tem como objetivo geral verificar de que forma o ensino de literatura contribui para o ensino de Língua Portuguesa e formação integral do educando na concepção contemporânea de ensino de literatura no Ensino Fundamental na educação brasileira. Pretende também identificar e analisar a forma como a literatura se propõe na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e examinar as suas implicações na prática docente no ensino fundamental. Tem como metodologia o estudo bibliográfico e documental, analisando, especificamente, a abordagem da literatura voltada para crianças e jovens, considerando o processo de ensino-aprendizagem da leitura literária. Dessa forma, reflete sobre as concepções de literatura nos anos finais do ensino fundamental na BNCC, documento oficial de suma importância para a Educação Básica. Analisando sua concepção de ensino de literatura voltada para os Anos Finais do Ensino Fundamental e considerando os estudos recentes sobre o ensino de literatura e a formação literária do leitor, verifica-se que a literatura nesse documento não é contemplada como objeto estético digno de ser apreciado com maior profundidade de análise, de reflexão e de interpretação, mas apenas como gênero textual sem relevância suficiente no ensino da Língua Portuguesa.


  • Mostrar Abstract
  • Master's Dissertation Literature in elementary school and the Common National Curriculum Base is linked to the Language, Grammar, Variation and Teaching project of the Group of Linguistic Studies of the Federal University of Western Pará (GELOPA), to the Study, Research and Intervention Group in Reading, Writing and Literature at School (LELIT) and the Professional Master's Program in Letters (PROFLETRAS). The general objective is to verify how the teaching of literature contributes to the teaching of Portuguese language and integral formation of the student in the contemporary conception of teaching literature in elementary school in Brazilian education. It also aims to identify and analyze the way literature proposes in the National Common Curriculum Base (BNCC) and examine its implications for teaching practice in elementary school. It is a qualitative research and its methodology was the bibliographic and documentary study, specifically analyzing the literature approach aimed at children and young people, considering the teaching-learning process of literary reading. Thus, this ongoing research for a Master's degree aims to reflect on the conceptions of literature in the final years of elementary school in the third version of the BNCC that became definitive in 2017 when sanctioned by the president of the republic. The BNCC is an official document of paramount importance for Basic Education. In its analysis of its conception of teaching literature aimed at the Final Years of Elementary School and considering recent studies on the teaching of literature and the literary formation of the reader, It is up to the moment of the research that the literature is not contemplated as an aesthetic object worthy of being appreciated with greater depth of analysis, reflection and interpretation, but only as a textual genre without much relevance to the teaching of the Portuguese language.

7
  • LOURIVANIA DA SILVA EVARISTO
  •  

     

    O ENSINO DA CRÔNICA NA LÍNGUA PORTUGUESA NA PERSPECTIVA DA OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA

  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • ODENILDO QUEIROZ DE SOUSA
  • Data: 31/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa, participante e qualitativa, está vinculada ao Grupo de estudo, pesquisa e intervenção em leitura, escrita e literatura na escola – Lelit, da Universidade Federal do Oeste do Pará – Ufopa. Tem por objetivo propor um ensino reflexivo de Língua Portuguesa no sentido de desenvolver conhecimentos e capacidades intelectivas de leitura e escrita dos alunos com o gênero crônica. Nesse propósito, considerando a importância da Olimpíada de Língua Portuguesa - OLP, por ser um programa de âmbito nacional, referência no trabalho com ensino de gêneros e, neste caso, tendo a crônica como elemento articulador do ensino de língua, organizamos um plano de intervenção com as Sequências Didáticas -SDs propostas pela OLP, do programa Escrevendo o futuro, no caderno do professor: A ocasião faz o escritor.  A intervenção foi desenvolvida em uma turma de 8º ano do ensino fundamental, de uma escola pública de Belterra-PA, no período de abril a agosto de 2019.  A pesquisa consta do relato de todo o percurso realizado no trabalho interventivo, enfatizando a oficina de apresentação do programa, dos trabalhos com leitura e escrita até a escolha do texto para representação da escola no certame, visando compreender, dentre outras coisas, o que se aprende, quando e em que condição escolar se aprende a produzir textos como a crônica. Os resultados demonstraram que o trabalho com a crônica no 8º do ensino fundamental, por meio das oficinas propostas pela OLP, foi bem aceito pelos alunos, motivando-os a ler e produzir textos. A experiência revelou que as aulas de Língua Portuguesa devem ser o momento e o lugar em que a leitura e a produção textual devem ter a primazia e servir como ponto de partida para as demais atividades e que o professor deve mediar essas atividades em todas as etapas. Portanto, neste estudo foi pensado o ensino na perspectiva interativa, sendo o aluno o protagonista da história e de si e, para isso, vinculado à estrutura de um grande projeto que é a Olimpíada de Língua Portuguesa – OLP.


  • Mostrar Abstract
  •  

     

    This participative and qualitative research is linked to the study, research and intervention Group in reading, writing and literature at school - Lelit, from the Federal University of Western Pará - Ufopa. It aims to propose a reflective teaching of the Portuguese language in order to develop knowledge and intellectual skills of reading and writing of students with the chronic genre. In this regard, considering the importance of the Portuguese Language Olympiad - OLP, as it is a nationwide program, a reference in the work with gender teaching and, in this case, having the chronicle as an articulating element of language teaching, we organized an intervention plan with the Didactic Sequences - SDs proposed by the OLP, from the program Writing the future, in the teacher's notebook: The occasion makes the writer. The intervention was developed in a class of 8th grade of elementary school, from a public school in Belterra-PA, from april to august 2019. The research consists of an account of the entire path taken in the interventional work, emphasizing the workshop of presentation of the program, of works with reading and writing until the choice of text to represent the school at the event, aiming to understand, among other things, what is learned, when and in what school condition one learns to produce texts such as the chronicle. The results showed that the work with the chronicle in the 8th of elementary school, through the workshops proposed by the OLP, was well accepted by the students, motivating them to read and produce texts. Experience has shown that Portuguese language classes should be the time and place where reading and textual production should take precedence and serve as a starting point for other activities and that the teacher should mediate these activities at all stages. Therefore, in this study teaching was thought from an interactive perspective, with the student being the protagonist of history and of himself and, for this, linked to the structure of a major project that is the Portuguese Language Olympics - OLP.

2019
Dissertações
1
  • MARIA IVANILCE SILVA DA MOTA
  • POEMAS AMAZÔNICOS EM SALA DE AULA: UM INCENTIVO À VALORIZAÇÃO DA CULTURA, LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS NO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ODENILDO QUEIROZ DE SOUSA
  • Data: 14/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como título principal Poemas Amazônicos em sala de aula: um incentivo à valorização da cultura, leitura e produção de textos no ensino fundamental, e traz como título da proposta de intervenção Amazônia em versos: Leitura de poemas em sala de aula, como um incentivo à valorização da produção literária de poetas amazônicos. A proposta metodológica resultou em um material pedagógico como sugestão para ser utilizado pelos professores do ensino fundamental. No entanto, a título de testagem, a referida proposta foi aplicada em uma turma de 6º ano da Escola municipal de Ensino Fundamental São Francisco, município de Óbidos-Pá. Para alcançar os resultados pretendidos, esta dissertação utilizou-se da pesquisa bibliográfica, qualitativa e participante. Nesse sentido, teve como objetivo geral fazer um estudo de poemas de autores de expressão amazônica, identificando os possíveis entraves da ausência desses textos no ensino básico e, com esse estudo, usando metodologias voltadas para a e leitura, produção oral e escrita, criar possibilidades para o exercício dessas leituras na vida cotidiana do aluno do ensino fundamental. Com o intuito de alcançar esse objetivo, este trabalho discute, em quatro capítulos, temas que contribuirão para o desenvolvimento da leitura, produção oral e escrita dos alunos no ensino fundamental, assim como as atividades que irão favorecer o despertar da valorização das produções literárias da região amazônica. Os principais teóricos que embasaram esta dissertação foram: Candido, Britto, Moisés.


  • Mostrar Abstract
  • The present work has as main title Amazon Poems in the classroom: an incentive to the valorization of the culture, reading and production of texts in the elementary school, and brings as title of the Amazon intervention proposal in verses: Reading of poems in class, as an incentive to the valorization of the literary production of Amazonian poets. The methodological proposal resulted in a pedagogical material as a suggestion to be used by elementary school teachers. However, as a test, this proposal was applied in a 6th grade class of the Municipal School of Basic Education of São Francisco, municipality of Obidos-Pá. In order to achieve the desired results, this dissertation was based on bibliographical research, qualitative and participant. In this sense, the main objective of this study was to study the poems of Amazonian authors, identifying the possible obstacles to the absence of these texts in primary education and, using this method, using methodologies for reading and writing and oral production. the exercise of these readings in the daily life of the elementary school student. In order to reach this objective, this work discusses, in four chapters, themes that will contribute to the development of reading, oral and written production of students in elementary school, as well as activities that will favor the awakening of the valorization of literary productions Amazon region. The main theorists who supported this dissertation were: Candido, Britto, Moisés.

2
  • LUIZ CARLOS MORAIS JÚNIOR
  • LETRAMENTO DIGITAL: ESTRATÉGIAS DE LEITURA APLICADAS AO HIPERTEXTO

  • Orientador : ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • CRISTINA VAZ DUARTE DA CRUZ
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • DORIEDSON ALVES DE ALMEIDA
  • Data: 15/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Em tempos de pós-modernidade, com o surgimento das Tics, cada vez mais evoluídas, o homem, enquanto ser operador de tais tecnologias, precisa estar em constante evolução no que tange ao conhecimento de tais tecnologias, que são primordiais para inserção dos indivíduos na era da cibercultura, momento este desenvolvido em meio ao ciberespaço. Todo esse contexto, que envolve o advento da tecnologia digital, direciona a sociedade a se adequar. A escola, como instituição que visa letrar o seu aluno para o mundo de acordo com suas transformações, tem a obrigação de estabelecer condições ao seu público, práticas sociais que estimulem a leitura e a escrita, não só no ambiente convencional, o dos textos impresso nos livros, mas também, nos novos suportes, que surgiram com o advento da tecnologia e possibilitam novas configurações de leitura e escrita, a tela do computador, do celular, do tablet e outras tecnologias. É baseado nessas práticas sociais que este projeto direciona a temática leitura em ambientes digitais na questão letramento digital e estratégias de leitura.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation, requested by Profletras (Professional Master's Program in Literature), is inserted in the research line Reading, Writing and Teaching of Portuguese Language, from a socio-interactionist perspective, focusing on reading strategies in the digital context. Firstly, a bibliographic research was carried out to support the design of the intervention project, carried out with students from the EJA (Youth and Adult Education Program) of the school called Vai Quem Quer, located in the rural area of Monte Alegre, in the state of Pará The general objective of the project that resulted in this dissertation was, based on the analysis of an intervention project focused on links as constituent elements of reading strategies, the feasibility of inserting the hypertext as a didactic reading support in the scope of Portuguese Language teaching . The genre selected for the strategic reading process was the lyrics, in which links were developed with the objective of providing readers with information that added to the previous knowledge they already had about the proposed theme, so that the reader could reach an understanding more meaningful in your process as a reader. In addition to the hypertexts, conventional texts were provided, the printed ones, that dialogued with the hypertexts in a way that complemented for the expansion of information. For this development, the research was anchored in Koch (2011,2012), Solé (1998), Colomé & Camps (2002) with regard to reading strategies, Bakhtin (1997), on language theory; Xavier (2009) and Marcuschi (2004) in studies directed to hypertext; Gomes (2011) in the didatização of the links and Lévy (1999) in what refers to the collective intelligence, among others. As a result, the research proved to be positive in the sense of linkage for specific purposes, in the informative case. 
3
  • JOSIANE SOUSA CARDOSO
  • ARTÍFICES DO DIZER, CAMINHOS QUE LEVAM A LER: A CULTURA DA CONTAÇÃO DE NARRATIVAS ORAIS AMAZÔNICAS.

  • Orientador : EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • FRANCISCO EDSON SOUSA DE OLIVEIRA
  • Data: 15/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Há, na Amazônia, a tradição de socialmente contar histórias. Provindas do cotidiano e do imaginário amazônico, essas narrativas compartilham experiências e educam. Diante disso, reconhecê-las foi fundamental para tornar significativa a realização desse estudo, que visou analisar a eficiência da contação de narrativas orais amazônicas como proposta metodológica na promoção da leitura literária. Sua ação pedagógica foi desenvolvida com alunos do sétimo ano do ensino fundamental II, de escola pública municipal, na cidade de Óbidos/ PA. A partir de uma metodologia direcionada ao ensino, envolveu a participação de alunos e professora numa prática que oportunizou a reflexão sobre a ação pedagógica de sala de aula, o que possibilitou à professora ser também uma pesquisadora. Assim, permitiu-se abrir caminhos para a arte literária, além de outras aprendizagens com a oralidade. O resultado mostra uma proposta que é eficiente porque leva o discente a ler e aprimorar suas habilidades orais, além de levá-lo a escrever. Razões significativas para ser desenvolvida em todas as séries/anos do ensino fundamental II. Sua efetivação contou com as sugestões pedagógicas de BUSATTO (2003) e SOLÉ (1998). E autores como ZUMTHOR (2010,2014) LOUREIRO (1995; 2000), LARAIA (2001) BENJAMIN (1987), MOREIRA (1960), SIMÕES (2000; 2003); BRITTO (2015) MACHADO (2002) entre outros, ajudaram-nos a fazer o percurso teórico sobre cultura amazônica, tradição oral da contação de narrativas e leitura. Portanto, um estudo que se dispõe a ser também fonte de inspiração para outras propostas com as narrativas orais da cultura amazônica.


  • Mostrar Abstract
  • There is, in the Amazon, the tradition of socially telling stories. Out of the everyday and the Amazonian imaginary, these narratives share experiences and educate. Given this, to recognize them was fundamental to make significant the accomplishment of this study, that aimed to analyze the efficiency of the oral narrative counting Amazonian as a methodological proposal in the promotion of the literary reading. Its pedagogical action was developed with seventh grade students of elementary school II, of municipal public school, in the city of Óbidos / PA. Based on a methodology directed to teaching, it involved the participation of students and teacher in a practice that facilitated reflection on the pedagogical action of the classroom, which enabled the teacher to be also a researcher. Thus, it was possible to open paths to literary art, in addition to other learning with orality. The result shows a proposal that is effective because it leads the student to read and improve their oral skills, in addition to getting him to write. Significant reasons to be developed in all grades / years of elementary education II. Its effectiveness counted on the pedagogical suggestions of BUSATTO (2003) and SOLÉ (1998). The authors of this paper are ZUMTHOR (2010,2014), LOUREIRO (1995; 2000), LARAIA (2001) BENJAMIN (1987), MOREIRA (1960), SIMÕES (2000; BRITTO (2015) MACHADO (2002), among others, helped us to make the theoretical course on Amazonian culture, oral tradition of narrative and reading. Therefore, a study that is prepared to be also source of inspiration for other proposals with the oral narratives of the Amazonian culture.

4
  • EDRIANA LÚCIA FONSECA DE MORAIS
  • DO LITERÁRIO PARA A LITERARIEDADE DAS NARRATIVAS DA AMAZÔNIA: UMA PROPOSTA DE ENSINO DE LEITURA

  • Orientador : EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • FRANCISCO EDSON SOUSA DE OLIVEIRA
  • Data: 15/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • O texto artístico literário é um dos mais expressivos instrumentos de colaboração na formação de leitores, pois carrega em si uma alta qualidade e faz uso especial da linguagem, tem a grande capacidade de dá significado ao mundo. É necessário que a preciosa missão de formar leitores, atribuída genuinamente à escola, seja realizada também por meio desses textos, já que são constituídos de saberes sobre o mundo e a humanidade, capazes de promover experiências intensas ao leitor. Considerando a relevância da leitura de textos artísticos literários, no contexto escolar, procurou-se com o presente trabalho, elaborar, aplicar e avaliar uma prática de leitura de contos de Literatura Brasileira de Expressão Amazônica. O objetivo dos passos metodológicos aqui realizados é verificar de que forma a Literatura Brasileira de Expressão Amazônica pode contribuir para a formação do leitor. Temos como público alvo alunos do 8º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, vistos aqui como leitores literários iniciantes, aptos para se envolver em práticas de letramento literário dentro de uma perspectiva crítica e emancipatória. A escolha dessa expressão literária se dá em vista a sua relevância de caracterização deste espaço, visto que as narrativas se aproximam e refletem de alguma forma a realidade social do público alvo desta intervenção. O estudo realizado permitiu consolidar o conhecimento do processo de constituição da Literatura Brasileira de Expressão Amazônica, bem como seus componentes, influenciadores e os pioneiros que permitiram a sedimentação de uma literatura única, capaz de significar a vida dos educandos deste espaço. Para esta reflexão apoiou-se nas ideias TUPIASSU (2016), LOUREIRO (1995), SOUSA (2010), FARES (2014), JUNIOR (1969) BENCHIMOL (2014). A proposta de ensino situa-se no saber pedagógico proposto por SOUSA e GIRROTO (2014), COSSON (2012) e SOLÉ (1998) as reflexões aqui expostas lançam um olhar reflexivo sob a forma como se dá a leitura artístico literária na escola e como ela pode ser realizada de maneira contextualizada próximo à realidade social do aluno.


  • Mostrar Abstract
  • The literary artistic text is one of the most expressive instruments of collaboration in the formation of readers, because it carries a high quality and makes special use of the language, it has the great capacity of gives meaning to the world. It is necessary that the precious mission to train readers, genuinely attributed to school, should be carried out also through these texts, since they are constituted of knowledge about the world and man, capable of promoting intense experiences to the reader. Considering the relevance of the reading of literary artistic texts, in the school context, we tried to elaborate, apply and evaluate a reading practice of short stories about Brazilian Literature of Amazonian Expression. The objective of the methodological steps carried out here is to verify how Brazilian Literature of Amazonian Expression can contribute to the reader’s formation. Our target audience is the 8th grade elementary school students of the Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Municipal School, observed here as beginning literary readers, capable of engaging in literary literacy practices within a critical and emancipatory perspective. The choice of this literary expression is due to its relevance to the characterization of this space, since the narratives approach and reflect in some way the social reality of the target audience of this intervention. This study made it possible to consolidate the knowledge of the process of constitution of the Brazilian Literature of Amazonian Expression, as well as its components, influencers and pioneers that allowed the sedimentation of a unique literature, capable of meaning the life of the students of this space. This reflection was based on the ideas TUPIASSU (2016), LOUREIRO (1995), SOUSA (2010), FARES (2014), JUNIOR (1969) BENCHIMOL (2014). The teaching proposal is based on the pedagogical knowledge proposed by SOUSA and GIRROTO (2014), COSSON (2012) and SOLÉ (1998). The reflections presented here throw a reflexive look at how the literary artistic reading in the school and how it can be done in a contextualized way close to the social reality of the student.

5
  • UDIRLEI ANDRADE DA SILVA
  • O GÊNERO REPORTAGEM NA SALA DE AULA

    Uma proposta de ensino para desenvolver a leitura, a escrita e a oralidade

     

  • Orientador : ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • DENNISON CELIO DE OLIVEIRA CARVALHO
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 17/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • Considerada uma atividade fundamental no desenvolvimento intelectual do aluno, a
    leitura na sala de aula tem sido objeto de estudo cuja a finalidade é mostrar que
    essa prática pode contribuir com a formação de um leitor crítico e participativo,
    contribuindo no desenvolvimento da escrita e da oralidade. Na teoria é tudo tão
    bonito, mas na prática, percebemos uma realidade triste, onde o aluno mostra-se
    desmotivado, professores que ainda insistem em priorizar o ensino da gramatica
    tradicional, desconsiderando a importância do ensino da leitura e da escrita no
    desenvolvimento da competência comunicativa do aluno. Diante disso, elaboramos
    uma proposta de ensino utilizando o gênero textual reportagem, aplicada no decorrer
    do ano letivo de 2018, com os alunos da 3ª e da 4ª etapa da Educação de Jovens e
    Adultos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Elza Albuquerque de Lima
    (Juruti-Pará). Desenvolvemos uma pesquisa participante, com “a interação entre
    pesquisadores e membros das situações investigadas" (GIL, 1991) com alunos da 3ª
    e da 4ª etapa da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no decorrer do ano letivo de
    2018, com o professor exercendo o papel de pesquisador. No nosso referencial
    teórico pesquisamos autores consagrados em cada um dos eixos abordados nesta
    dissertação: 1- Leitura: Silva (2010), Bamberger (1987), Castrillón (2011) e Petit
    (2008); 2 - Tipos e Gêneros Textuais: Bakhtin (1992) e Marcuschi (2008); e 3 -
    Reportagem na Sala de Aula: Farias (2006), Lopes-Rossi (2005), Cunha (2003) e
    Lage (2009). Por meio desta pesquisa foi possível concluir que o gênero textual
    reportagem na sala de aula é uma ferramenta que torna possível a formação de
    leitores e produtores de textos segundo a perspectiva discursiva, mas para isso, o
    professor – considerado a peça principal neste processo de ensino-aprendizagem da
    leitura e da escrita, deve possuir habilidades e conhecimentos suficientes para
    despertar nos seus alunos o gosto pela leitura, e consequentemente, os argumentos
    e os subsídios necessários no seu desenvolvimento com leitor, contribuindo também
    com avanços na sua oralidade.


  • Mostrar Abstract
  • Abstract

    Considered a fundamental activity in the student's intellectual development, reading
    in the classroom has been object of study whose purpose is to show that this practice
    can contribute to the formation of a critical and participatory reader, contributing in
    the development of writing and orality. In theory everything is so beautiful, but in
    practice, we perceive a sad reality where the student is demotivated, teachers who
    still insist on prioritizing the teaching of traditional grammar, disregarding the
    importance of teaching reading and writing in the development of competence
    communication. Therefore, we elaborated a proposal of teaching using the textual
    genre report, applied during the academic year of 2018, with the students of the 3rd
    and 4th stage of Youth and Adult Education of the Municipal School of Elementary
    Education Elza Albuquerque de Lima (Juruti-Pa). We developed a participatory
    research with "interaction between researchers and members of the situations
    investigated" (GIL, 1991) with students from the 3rd and 4th stage of Youth and Adult
    Education (EJA) during the academic year 2018, with the teacher (2010), Bamberger
    (1987), Castrillón (2011) and Petit (2008), 2 - Types and evaluations, In this paper,
    we present the results of the study of the literature of the literature on the subject:
    Bakhtin (1992) and Marcuschi (2008), and 3 - Report in the Classroom: Farias
    (2006), Lopes-Rossi (2005), Cunha (2003) and Lage to conclude that the textual
    genre in the classroom is a tool that makes possible the formation of readers and
    producers of texts according to the discursive perspective, but for this, the teacher -
    considered the main piece in this teaching-learning process of reading and must
    have r enough skills and knowledge to awaken in their students the taste for reading,
    and consequently, the arguments and the necessary subsidies in their development
    with the reader, also contributing with advances in their orality

6
  • ROSILENE DE ARAÚJO FARIAS
  • O PROTAGONISMO DA BIBLIOTECA ESCOLAR: ratificando (ou não) a importância do espaço para a promoção da cultura letrada. 

  • Orientador : ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ITAMAR RODRIGUES PAULINO
  • FABIOLA RIBEIRO FARIAS
  • Data: 30/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • O ambiente escolar possui um espaço que deveria ser privilegiado para a formação do leitor. Infelizmente, não é o que se percebe no cotidiano das instituições brasileiras de ensino. Tem-se o espaço, mas não se tem os livros; ou têm-se o espaço e os livros, mas não se têm propostas didáticas que aproximem os alunos dos livros e despertem neles o interesse pela leitura.  Diante deste problema, esta pesquisa pressupõe que uma biblioteca bem estruturada, com acervo atualizado e propostas didáticas bem definidas de incentivo à leitura pode colaborar significativamente com a formação de leitores nas escolas. Assim, a pesquisa tem como finalidade revitalizar a biblioteca da escola de ensino fundamental A Mão Cooperadora, localizada no município de Itaituba-PA, com o objetivo de verificar se houve ampliação na formação de alunos leitores e quais os benefícios resultantes desse contato com a leitura através da biblioteca. Este estudo é de natureza interpretativa e interventiva e constitui-se de três fases fundamentais: exploratória, trabalho de campo e análise do material, e se sustenta principalmente nos estudos de Britto (2012; 2015), Candido (2011), Silva (1984; 1993), Santos (2016), Bértolo (2014), Milanesi (2013) e Todorov (2014). A produção e análise dos dados valeram-se dos procedimentos da pesquisa qualitativa, por meio dos seguintes instrumentos: caderno de notas, registros de imagens, questionários e entrevistas. A pesquisa está vinculada ao Programa de Mestrado Profissional em Letras – Profletras, da Universidade Federal do Oeste do Pará – Ufopa e teve como produto final a Biblioteca Willian Gabriel com um acervo de três mil livros, em sua maioria literário. Os resultados da pesquisa revelaram significativa ampliação da frequência da comunidade e dos alunos do ensino fundamental, menor e maior, na biblioteca, desenvolvimento das habilidades de leitura e compreensão de textos, bem como melhora na interação e humanização dos estudantes.


  • Mostrar Abstract
  • School environment has got a space that is supposed to be of privilege to the formation of readers. Unfortunately, it is not what can be seen every day in Brazilian education institutes. Either there is space, but there are not books; or there is both space and books, but there is not pedagogical proposals that bring students closer to the books, raising their interest for reading. In the view of this problem, this research assumes that a well-structured library, with up-to-date collections and didactical proposals well defined for motivating reading, can collaborate significantly to the formation of readers at schools. Thus, this research has the aim of revitalizing the public library of the elementary school A Mão Cooperadora, located in the town of Itaituba-Pará, in order to check whether there has been an increase in the formation of reader and what resulting benefits of that contact through the library were. This study is of interpretive and intervention nature, and is made up of three fundamental phases: exploratory, filed research and analysis of material and is supported mainly by the studies of Britto (2012; 2015); Candido (2011); Silva (1984; 1993); Santos (2016); Bértolo (2014); Milanesi (2013) and Todorov (2014). The production and analysis of data used the procedures of qualitative research, by using the following tools: journal, images log, questionnaires and interviews. The research is linked to Programa de Mestrado Profissional em Letras – Profletras, of Universidade Federal do Oeste do Pará – Ufopa, and has had The Library William Gabriel with an archive of three thousand books about world literature. Research results have revealed significant expansion in the library attendance by junior and senior elementary students in the library, developing reading and text comprehension skills, as well as an improvement in the interaction and humanization of students.

     

7
  • ADALZINDA PINTO ARAÚJO
  • GÊNEROS E ATIVIDADES DIDÁTICAS INTEGRADAS (ADIs): UMA PROPOSTA DE ENSINO NA CONCEPÇÃO DIALÓGICA DE LINGUAGEM PARA O ENSINO FUNDAMENTAL II

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELIANE PEREIRA MACHADO SOARES
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • Data: 09/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa surgiu de uma inquietação minha como professora-pesquisadora no ambiente de ensino – as dificuldades apresentadas pelos alunos para expressar de forma fundamentada, por meio dos gêneros discursivos escritos e/ou orais públicos. Com intuito de contribuir para o fortalecimento do ensino de língua portuguesa e a aprendizagem significativa dos alunos tem-se como objeto desse estudo, a proposta de ensino Atividades Didáticas Integradas (ADIs) elaborada por Moura (2017), que integra os espaços de linguagem oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística contidos nos gêneros discursivos. No aporte teórico apoio-me nos postulados de Bakhtin (2011, 2016, 2017); Volóchinov (2017); Vygotsky (2008, 2018) para a compreensão de linguagem, gênero discursivo, enunciado e dialogismo como elementos de interação entre sujeito-aluno, sujeito-professor e o objeto do conhecimento. Seguindo, considero os estudos de Moura (2016, 2017, 2018); Brait (2018); Faraco (2009); Rego (2012); Kleiman (1999,1995, 2008); Fiorin (2011); Marcuschi (1997, 2007, 2008) e Antunes (2016). O resultado desta pesquisa encontra-se compilado neste trabalho: no 1º capítulo, discuto a compreensão de linguagem, gênero discursivo e dialogismo entre sujeito-aluno, sujeito-professor e o objeto do conhecimento que gera aprendizagem com base no postulado dos referidos autores. No 2º capítulo, apresento uma reflexão sobre as ADIs, as suas características e perspectivas para a prática de ensino. No 3º capítulo, apresento a metodologia da pesquisa. Apoiada nos estudos de Thiollent (1986), a pesquisa-ação norteia a prática interventiva nas turmas de 6º ano de uma escola estadual, no interior do Amazonas. No 4º capítulo descrevo as atividades de intervenção pedagógica, assim como a análise e a interpretação dos resultados. Os dados analisados demonstram que ao integrar os espaços de linguagem aos temas que emergem dos gêneros discursivos, os alunos passam a interagir mais nas discussões. A reflexão linguística, a partir da produção escrita do aluno, reflete sobre o contexto de uso da língua. Nas considerações finais, apresento as principais situações detectadas no ambiente pesquisado e algumas proposições e indagações.


  • Mostrar Abstract
  • This research arose from a concern of mine as a research teacher in the teaching environment – the difficulties presented by students to expressing themselves in a reasoned way, through the public written and/or oral discursive genres. In order to contribute to the strengthening of Portuguese language teaching and the significant learning of students, the object of this study is the proposal of teaching Integrated Didactic Activities (IDAs) elaborated by Moura (2017), which integrates the spaces of oral language, reading, writing and linguistic reflection contained in discursive genres. In the theorical aspect, I’ll find support on the contribution of Bakhtin's postulates (2011, 2016, 2017); Volóchinov (2017); Vygotsky (2008, 2018) for the understanding of language, discursive gender, utterance and dialogism as elements of interaction between subject-student, subject-teacher and the object of knowledge that generates learning. Following, I consider Moura's studies (2016, 2017, 2018); Brait's (2018); Faraco (2009); Rego (2012); Kleiman (1999,1995, 2008); Fiorin (2011); Marcuschi (1997, 2007, 2008) and Antunes (2016. The result of this research is compiled in this study: in the 1st chapter, I discuss the understanding of language, discursive gender and dialogism between subject-student, subject-teacher and the object of the knowledge. In the 2nd chapter, I present a reflection on the teaching proposal IDAs, its characteristics and perspectives for teaching practice. In the 3rd chapter, I present the research methodology. Supported by the studies of Thiollent (1986) the action-research guide the interventional practice in the 6th grade classes in the state school, in the interior of the Amazon. In the 4th chapter, I describe the pedagogical intervention activities, as well as the analysis and interpretation of the results. The analyzed data showed that by integrating the spaces of language on the themes that emerge from oral and written discursive genres, students begin to interact more in the discussions. The Linguistic reflection demonstrates, from the written production of the student, reflecting on the context of language in use. In the final considerations, I present the main situations detected in the researched environment and some propositions and inquiries.

8
  • EUCINEI JANETE COSTA COELHO DOS SANTOS
  • ATIVIDADES INTEGRADAS DE ORALIDADE, LEITURA, ESCRITA E REFLEXÃO LINGUÍSTICA: UMA PERSPECTIVA SÓCIOINTERACIONISTA E TEXTUAL DISCURSIVA

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • JUSCELINO FRANCISCO DO NASCIMENTO
  • Data: 09/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Diante da realidade de um ensino aprendizagem de língua portuguesa, muitas vezes, reduzido aos conteúdos da gramática normativa, voltado a uma abordagem textual presa ao estudo de tipologias e a prática com gêneros discursivos priorizando, principalmente, a forma e, assim, desprezando os reais objetivos sociais da comunicação. Esta pesquisa objetiva investigar como uma prática pedagógica desenvolvida em aulas de língua portuguesa, por meio de atividades que integram oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística, considerando a dinâmica existente entre os gêneros discursivos, contribui para ampliar a capacidade linguístico-discursiva dos estudantes. A fim de alcançar o objetivo proposto foi desenvolvida uma proposta de intervenção com uma turma de 8 º ano, nas aulas da Disciplina Língua Portuguesa da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Rio Tapajós, na cidade de Santarém- Pará. Esta proposta, baseada nas ADIs (Atividades Didáticas Integradas de Oralidade, Leitura, Escrita e Reflexão Linguística) postuladas por Moura (2017), visa um ensino aprendizagem integrado dessas práticas linguísticas, por meio de atividades, planejadas pelos docentes, que oportunizam aos estudantes exercer seu protagonismo e agência em um intenso contato com diferentes gêneros discursivos, inseridos nas práticas sociais do cotidiano e em situações de comunicação mais formais. Nesse contexto, foi utilizada a pesquisa-ação, discutida por Thiollent (1986), que considera a intervenção consciente dos pesquisadores e a contribuição efetiva dos participantes. A construção desta pesquisa busca embasar-se no princípio do dialogismo e da responsividade de Bakhtin, no interacionismo de Vigotsky e nos estudos de Marcuschi, Moura, Freire, Kleiman, Koch e Elias, Colomer & Camps, Rojo, Antunes, Soares e Bazerman sobre linguagem. A análise dos dados aponta o entrelaçamento entre as práticas de oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística, propostas pelas ADIs, portanto, contribui, de maneira significativa, com a ampliação dos saberes já adquiridos pelos estudantes e agrega novos conhecimentos necessários para que consigam se comunicar efetivamente nos diferentes contextos sociais, além de dinamizar o ambiente escolar com o uso da língua em situações reais de comunicação.



  • Mostrar Abstract
  • Faced with the reality of teaching Portuguese language learning, often reduced to the contents of normative grammar, focused on a textual approach tied to the study of typologies and the practice with discursive genres, prioritizing mainly the form and thus disregarding the real ones. social goals of communication. This research aims to investigate how a pedagogical practice developed in Portuguese language classes, through activities that integrate orality, reading, writing and linguistic reflection, considering the existing dynamics between discursive genres, contributes to increase the students' linguistic-discursive capacity. In order to reach the proposed objective, an intervention proposal was developed with an 8th grade class, in the classes of the Portuguese Language Discipline of the Rio Tapajós State School of Elementary and High School, in the city of Santarém-Pará. ADIs (Integrated Teaching Activities of Orality, Reading, Writing and Linguistic Reflection) postulated by Moura (2017), aims at teaching integrated learning of these linguistic practices through activities planned by teachers, which enable students to exercise their role and agency in an intense contact with different discursive genres, inserted in everyday social practices and in more formal communication situations. In this context, action research was used, discussed by Thiollent (1986), which considers the conscious intervention of researchers and the effective contribution of participants. The construction of this research seeks to be based on Bakhtin's dialogism and responsiveness principle, Vigotsky's interactionism and Marcuschi, Moura, Freire, Kleiman, Koch and Elias studies, Colomer & Camps, Rojo, Antunes, Soares and Bazerman. language. The data analysis points out the intertwining between the oral, reading, writing and linguistic reflection practices proposed by the ADIs, therefore, contributes significantly to the expansion of the knowledge already acquired by the students and adds new knowledge necessary for them to be able to learn. communicate effectively in different social contexts, and streamline the school environment with the use of language in real communication situations.

9
  • ANA DIANE PEREIRA VINHOTE
  • ATIVIDADES DIDÁTICAS INTEGRADAS (ADIs): UMA PROPOSTA PARA A AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE LINGUÍSTICO-DISCURSIVA DOS ALUNOS NO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUCIANE DE PAULA
  • Data: 10/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho desenvolveu-se a partir da inquietação com o fato de manter-se ainda na escola um modelo de ensino que torna os alunos passivos, que não veem utilidade naquilo que está sendo ensinado. Tem por objetivo contribuir para os estudos e ao ensino de língua portuguesa, a partir da investigação de que maneira atividades organizadas por meio de gêneros discursivos orais e escritos contribuem para a ampliação da capacidade linguístico-discursiva dos alunos com base na proposta das Atividades Didáticas Integradas (ADIs) à oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística idealizada por Moura (2017) por meio de ações desenvolvidas com alunos do Ensino Fundamental, numa perspectiva interacionista e dialógica da língua. As bases teóricas que respaldam este trabalho são os pressupostos de Bakhtin (2011, 2013, 2016), Volóchinov (2017), Vygotsky (1998), e em estudos de pesquisadores como Marcuschi (2008, 2010a, 2010b), Kleiman (2007,2008, 2016), Moura (2017a, 2017b, 2018), Antunes (2003), entre outros, que fazem o estudo do ensino da língua levando em consideração a função interativa dela nas práticas sociais. A metodologia desenvolvida neste projeto é pesquisa qualitativa, caracterizada como pesquisa-ação, em que procura-se interpretar, compreender o objeto a ser estudado, uma forma de refletir sobre as atividades de ensino de língua portuguesa com base nas ADIs e como esse processo é recebido pelos alunos e professor. Assim, além de pesquisador, coloca-se também na perspectiva de professor. A descrição e análise dos dados ocorrem a partir da elaboração e desenvolvimento do projeto de intervenção realizado com alunos de 9º ano do Ensino Fundamental. Para isso, utiliza-se o diário de campo, gravações para registrar as ações, falas e situações ocorridas. A pesquisa aponta, a partir dos dados e resultados coletados, que a proposta das ADIs por meio dos gêneros discursivos proporciona o protagonismo do aluno em sala de aula, pois ele é incentivado a se pôr como sujeito do discurso, concordando ou discordando, na oralidade e na escrita, sendo que o professor assume o papel de agente de letramento, o que conduz à formação de sujeitos responsivos.


  • Mostrar Abstract
  • This work developed from the concern with the fact that a teaching model that still makes the students passive, who see no use in what is being taught, is still in school. It aims to contribute to the studies and teaching of the Portuguese language, by investigating how activities organized through oral and written discursive genres contribute to the expansion of students' linguistic-discursive capacity based on the proposal of Integrated Teaching Activities. (ADIs) to orality, reading, writing and linguistic reflection idealized by Moura (2017) through actions developed with elementary school students, in an interactionist and dialogical perspective of the language. The theoretical bases that support this work are the assumptions of Bakhtin (2011, 2013, 2016), Volóchinov (2017), Vygotsky (1998), and studies by researchers such as Marcuschi (2008, 2010a, 2010b), Kleiman (2007,2008 , 2016), Moura (2017a, 2017b, 2018), Antunes (2003), among others, who study the teaching of language taking into account its interactive role in social practices. The methodology developed in this project is qualitative research, characterized as action research, which seeks to interpret, understand the object to be studied, a way to reflect on Portuguese language teaching activities based on ADIs and how this process is received by students and teacher. Thus, besides being a researcher, he also puts himself in the perspective of teacher. Data description and analysis occur from the elaboration and development of the intervention project carried out with 9th grade students. For this, it was used the field diary, recordings to record the actions, speeches and situations that occurred. The research points, from the data and results collected, that the proposal of the ADIs through the discursive genres provides the protagonism of the student in the classroom, because he is encouraged to put himself as subject of the speech, agreeing or disagreeing, in orality and in writing, and the teacher assumes the role of literacy agent, which contributes to the formation of responsive subjects.
10
  • ANA PAULA SANTOS BARBOSA PAIVA
  • Atividades Didáticas Integradas(ADIs): dialogismo entre gêneros discursivos para a produção da carta argumentativa de reclamação na EJA

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUCIANE DE PAULA
  • Data: 10/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa tem por objetivo mostrar que a proposta metodológica das Atividades Didáticas Integradas (ADIs), que é a integração entre as práticas de leitura, escrita, oralidade e reflexão linguística, baseada na teoria de Bakhtin e no Letramento, pode contribuir de forma efetiva e significativa para o ensino de gêneros discursivos de forma integrada para alunos adolescentes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), desenvolvendo a capacidade linguístico-discursiva-responsiva deles. A pesquisa parte de duas questões norteadoras: 1 – Como ensinar gêneros discursivos de forma integrada para alunos adolescentes da EJA provenientes de contexto tradicional de ensino de língua portuguesa? 2 – As ADIs, por meio do dialogismo dos gêneros discursivos, podem ser uma possível metodologia de ensino de língua portuguesa para potencializar o ensino da oralidade, da leitura, da escrita e da reflexão linguística na EJA? Diante destes questionamentos que tanto me inquietam enquanto professora-pesquisadora, proponho um projeto de intervenção aos alunos da 4ª etapa da EJA, Ensino Fundamental, no qual desenvolvo as atividades de leitura, escrita, oralidade e reflexão linguística por meio das ADIs a fim de alcançar o objetivo proposto desta pesquisa. A modalidade escolhida justifica-se porque precisa de metodologias diferenciadas do ensino tradicional de língua portuguesa e que tenham compromisso político com o aprendizado dos alunos durante toda a vida, haja vista que o ensino de língua portuguesa vem falhando em suas propostas metodológicas no que tange à leitura, à escrita, à oralidade e à reflexão linguística no ensino básico, em especial na EJA. As bases teóricas que respaldam este trabalho são Volóchinov (2017), Bakhtin (2011) e Street (2014). Seguindo esta mesma perspectiva teórica, faço um estudo sobre as postulações teórico-metodológicos de Moura (2016, 2017, 2018, 2019), que é o criador das ADIs, Kleiman (2002, 2008, 2016), Marcuschi (2008) e Rojo (2002). O corpus analisado de modo qualitativo e subjetivo consta de textos orais e escritos de alunos da 4ª etapa, turma “A”, bem como da professora pesquisada da escola de Ensino Fundamental Padre José de Anchieta, no município de Itaituba, oeste do Pará. A metodologia desta pesquisa pauta-se nos estudos de Thiollent (1986) e sua pesquisa-ação, por meio do desenvolvimento da proposta de ensino das ADIs na qual faço a integração de diversos gêneros discursivos: roda de conversa, vídeos, artigo científico, seminário, debate, comentário escrito, cartaz, talão de energia elétrica (ou fatura de energia elétrica), entrevista, reportagem oral e escrita, Lei Municipal nº 3.136/2017 (a qual trata da Contribuição de Iluminação Pública – CIP de Itaituba-Pará), carta argumentativa de reclamação e abaixo-assinado. Os resultados obtidos apontam que as ADIs podem contribuir de forma efetiva e significativa para o ensino de gêneros discursivos de forma integrada desenvolvendo a capacidade linguístico-discursiva-responsiva dos alunos da EJA, ainda que esse desenvolvimento seja mínimo. A carta argumentativa de reclamação e o abaixo-assinado mostraram que o trabalho com a integração da leitura, oralidade, escrita e, em especial, a reflexão linguística melhora significativamente o desempenho linguístico-discursivo dos alunos. Além disso, as ADIs são uma possível metodologia de ensino de língua portuguesa que podem potencializar o ensino da oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística, sem cair no ensino tradicionalista da gramática normativa.

     



  • Mostrar Abstract
  • This research aims to show the methodological proposal of Integrated Teaching Activities (ADIs) which is an integration between reading, writing, speaking and linguistic reflection practices, based on Bakhtin’s Theory and Literacy, can contribute to the effective and important way to teaching of discursive genres in an integrated way for students of Youth and Adult Education (EJA), developing their linguistic-discursive-responsive capacity. The research starts from two guiding questions: 1 - How to teach discursive genres in an integrated way for adolescent EJA students from a traditional context of Portuguese language teaching? 2 - Can the ADIs through dialogue between discursive genres be a form of Portuguese language teaching to enhance the teaching of orality, reading, writing and linguistic reflection in EJA? Ahead of these questions that so much disturb me while teacher- researcher  I propose an intervention project to the students of the 4th stage of EJA, Elementary School, in which I develop the reading, writing, speaking activities and linguistic reflection through ADIs in order to achieve the objective proposed in this research. The chosen modality is justified because it needs different methodologies from traditional Portuguese language teaching and that have political commitment with students' learning during all life, because the Portuguese language teaching comes failing in her methodological proposals to reading, writing, orality and linguistic reflection in basic education, especially in EJA. The theoretical bases that respect this work are Volóchinov (2017), Bakhtin (2011) and Street (2014). Following this same theoretical perspective, I make a study on the Moura’s theoretical-methodological postulations (2016, 2017, 2018, 2019), who is the creator of the ADIs, Kleiman (2002, 2008, 2016), Marcuschi (2008) and Rojo (2002). The corpus analyzed in a qualitative and subjective manner consists of oral and written texts by students of the 4th stage, class "A", as well as by the researched teacher of the Padre José de Anchieta Elementary School, in the municipality of Itaituba, west of the Pará State. The methodology of this research is paused in the Thiollent’s studies (1986) and his action research, through the development of a teaching proposal of the ADIs that integrate several discursive genres: conversation wheel, videos, scientific article, seminar, debate, written comment, poster, electricity bill, interview, oral and written report, Municipal Law No. 3,136 / 2017 (which deals with the Contribution of Public Lighting - CIP of Itaituba-Pará), argumentative letter of complaint and undersigned. The results point that ADIs can contribute effectively and meaningfully to the teaching of discursive genres in an integrated manner developing the EJA students’ linguistic-discursive-responsive capacity, even though this development be minimum. The argumentative complaint letter showed that the work with the reading, orality, writing and, especially, the reflection linguistics integration improves significantly students' linguistic-discursive performance. Moreover, ADIs are a form of Portuguese language teaching that can enhance the teaching of orality, reading, writing and linguistic reflection, without falling into the traditionalist teaching of normative grammar


2018
Dissertações
1
  • JOSÉ ODILEY AZEVEDO DOS REIS
  • A cultura amazônica como conteúdo de ensino nas aulas de línguas portuguesa: uma proposta de ensino para o 8º do ensino fundamental.
  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • Data: 21/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho constitui uma proposta de ensino que consiste na utilização das narrativas amazônicas como conteúdo pedagógico para o trabalho nas salas de aulas do Ensino Fundamental II, no Município de juruti - pá, em atividades de leitura e produção de textos orais e/ou escritos e analise linguística. Aqui, entenderemos a língua como um fenômeno dialógico, ideológico e heterogêneo, resultante da interação social entre os indivíduos. O reconto dessas histórias, em sala de aula, pelos alunos traz à tona questões inerentes à formação do povo amazônida como: meio ambiente, preconceitos diversos e outros temas que são de relevante importância para o debate e a construção da cidadania de nossos alunos. Estas narrativas servem de movimento de resistência sociocultural de nossa Região na luta por mais espaço e emancipação. É sabido por todos aqueles que atuam no processo de ensino-aprendizagem da Região Amazônica que os valores e costumes priorizados no seio da escola são os dos grandes centros. As informações inerentes a nossa cultura e os hábitos do nosso povo não estão incorporados as práticas pedagógicas escolares, por isso, a escolha de trabalhar com as narrativas do imaginário amazônico, que serve de elo entre o contexto social dos alunos e as atividades escolares. As atividades desta intervenção estão elaboradas dentro do contexto dos mais diversos gêneros do discurso que fazem parte do dia a dia dos alunos. O referencial teórico que norteia essa pesquisa, possui autores que discutem a linguagem dentro de suas questões de uso e práticas, de forma dialógica e interacional, como: Antunes (2012), Vygotsky (1999); Dolz & Schneuwly (2004) e Marcuschi (2010) e outros autores que versam sobre a cultura e folclore brasileiro.

  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho constitui uma proposta de ensino que consiste na utilização das narrativas amazônicas como conteúdo pedagógico para o trabalho nas salas de aulas do Ensino Fundamental II, no Município de juruti - pá, em atividades de leitura e produção de textos orais e/ou escritos e analise linguística. Aqui, entenderemos a língua como um fenômeno dialógico, ideológico e heterogêneo, resultante da interação social entre os indivíduos. O reconto dessas histórias, em sala de aula, pelos alunos traz à tona questões inerentes à formação do povo amazônida como: meio ambiente, preconceitos diversos e outros temas que são de relevante importância para o debate e a construção da cidadania de nossos alunos. Estas narrativas servem de movimento de resistência sociocultural de nossa Região na luta por mais espaço e emancipação. É sabido por todos aqueles que atuam no processo de ensino-aprendizagem da Região Amazônica que os valores e costumes priorizados no seio da escola são os dos grandes centros. As informações inerentes a nossa cultura e os hábitos do nosso povo não estão incorporados as práticas pedagógicas escolares, por isso, a escolha de trabalhar com as narrativas do imaginário amazônico, que serve de elo entre o contexto social dos alunos e as atividades escolares. As atividades desta intervenção estão elaboradas dentro do contexto dos mais diversos gêneros do discurso que fazem parte do dia a dia dos alunos. O referencial teórico que norteia essa pesquisa, possui autores que discutem a linguagem dentro de suas questões de uso e práticas, de forma dialógica e interacional, como: Antunes (2012), Vygotsky (1999); Dolz & Schneuwly (2004) e Marcuschi (2010) e outros autores que versam sobre a cultura e folclore brasileiro.
2
  • AUXILIADOR JAIRO DE SOUSA
  • PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA MEDIADAS PELO HIPERTEXTO
  • Orientador : ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • Data: 21/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho é uma reflexão sobre leitura e escrita mediadas pelo hipertexto na web e seu uso como prática pedagógica educacional. Os caminhos metodológicos da pesquisa foram basicamente de análise da fortuna crítica sobre o tema, leitura de livros, artigos, reportagens e entrevistas em mídias digitais com pesquisadores da área, análise de documentos como Parâmetros Curriculares Nacionais – Língua Portuguesa – Ensino Fundamental, Matrizes Curriculares do município de Vitória do Xingu e Livros Didáticos, para a construção de uma proposta didático-metodológica que contribua para a formação de um leitor crítico na cibercultura. É objetivo deste trabalho contextualizar educação na Era Digital; discutir a relação professor – estudante – escola em tempos da cibercultura; reconhecer a importância da inserção dos gêneros emergentes nos ambientes virtuais como prática de ensino de leitura e escrita nas aulas de Língua Portuguesa; discutir o conceito de hipertexto, sua pluritextualidade ou multissemiose como peculiaridade e sua presença nas novas tecnologias digitais e; por fim, elaborar uma proposta didáticometodológica para trabalhar com o hipertexto no ensino de leitura e escrita por meio do gênero reportagem, nas mídias digitais. Proposta que pretende trabalhar com turmas de novo ano do ensino fundamental a leitura e a escrita na web, os estudantes serão desafiados a navegarem, a lerem e a escreverem de uma forma mais colaborativa e interativa. Explorando o mundo da leitura e da escrita como processos discursivos e interativos. Dada à importância da temática, a proposta didático-metodológica construída será produto de reflexões e desdobramentos futuros.

  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho é uma reflexão sobre leitura e escrita mediadas pelo hipertexto na web e seu uso como prática pedagógica educacional. Os caminhos metodológicos da pesquisa foram basicamente de análise da fortuna crítica sobre o tema, leitura de livros, artigos, reportagens e entrevistas em mídias digitais com pesquisadores da área, análise de documentos como Parâmetros Curriculares Nacionais – Língua Portuguesa – Ensino Fundamental, Matrizes Curriculares do município de Vitória do Xingu e Livros Didáticos, para a construção de uma proposta didático-metodológica que contribua para a formação de um leitor crítico na cibercultura. É objetivo deste trabalho contextualizar educação na Era Digital; discutir a relação professor – estudante – escola em tempos da cibercultura; reconhecer a importância da inserção dos gêneros emergentes nos ambientes virtuais como prática de ensino de leitura e escrita nas aulas de Língua Portuguesa; discutir o conceito de hipertexto, sua pluritextualidade ou multissemiose como peculiaridade e sua presença nas novas tecnologias digitais e; por fim, elaborar uma proposta didáticometodológica para trabalhar com o hipertexto no ensino de leitura e escrita por meio do gênero reportagem, nas mídias digitais. Proposta que pretende trabalhar com turmas de novo ano do ensino fundamental a leitura e a escrita na web, os estudantes serão desafiados a navegarem, a lerem e a escreverem de uma forma mais colaborativa e interativa. Explorando o mundo da leitura e da escrita como processos discursivos e interativos. Dada à importância da temática, a proposta didático-metodológica construída será produto de reflexões e desdobramentos futuros.
3
  • AELME MENEZES DE ARAÚJO
  • LEITURA DIGITAL: Perspectivas e possibilidades aplicadas em uma turma do 7º ano da EMEF Octacílio Lino através do WhatsApp
  • Orientador : ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • CRISTINA VAZ DUARTE DA CRUZ
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho propõe estudos sobre o letramento digital, aplicável a turmas do Ensino Fundamental, através do aplicativo WhatsApp, do ciberespaço e do hipertexto, onde, atualmente boa parte de nossas leituras se realizam, enfatizando-se a leitura na Internet, seus aspectos, suas modalidades e possibilidades como alternativa de letramento. Para tanto, apresentamos uma abordagem didático-metodológica, envolvendo o uso de sites de leitura on-line e redes sociais, buscando novos métodos para o trabalho do professor em seu dia a dia em sala de aula. O estudo busca conscientizar, tanto discentes quanto docentes, através de informações, artigos e uma experiência prática em uma turma do 7º ano, que a utilização de novas tecnologias que surgem da interação entre o homem e a máquina pode melhorar o rendimento escolar e possibilitar novas formas de aprendizagem. Para alcançar esses escopos, foram realizadas pesquisas de fundamentação teórica com autores como Kleiman (2013), Bakhtin (2011), Matencio (2006), Cosson (2009), Rojo (2012; 2013), Solé (1998). Os resultados indicam que o aplicativo WhatsApp pode ser uma excelente ferramenta para o incentivo da leitura e da produção de textos multimodais.

  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho propõe estudos sobre o letramento digital, aplicável a turmas do Ensino Fundamental, através do aplicativo WhatsApp, do ciberespaço e do hipertexto, onde, atualmente boa parte de nossas leituras se realizam, enfatizando-se a leitura na Internet, seus aspectos, suas modalidades e possibilidades como alternativa de letramento. Para tanto, apresentamos uma abordagem didático-metodológica, envolvendo o uso de sites de leitura on-line e redes sociais, buscando novos métodos para o trabalho do professor em seu dia a dia em sala de aula. O estudo busca conscientizar, tanto discentes quanto docentes, através de informações, artigos e uma experiência prática em uma turma do 7º ano, que a utilização de novas tecnologias que surgem da interação entre o homem e a máquina pode melhorar o rendimento escolar e possibilitar novas formas de aprendizagem. Para alcançar esses escopos, foram realizadas pesquisas de fundamentação teórica com autores como Kleiman (2013), Bakhtin (2011), Matencio (2006), Cosson (2009), Rojo (2012; 2013), Solé (1998). Os resultados indicam que o aplicativo WhatsApp pode ser uma excelente ferramenta para o incentivo da leitura e da produção de textos multimodais.
4
  • ALESSANDRA MARIA DE MESQUITA
  • Leitura e biblioteca escolar: uma proposta de levar a ler em "lugares distantes"

  • Orientador : ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • FABIOLA RIBEIRO FARIAS
  • Data: 04/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem como tema: Leitura e biblioteca escolar: uma proposta de levar a ler em “lugares distantes”. Está vinculado ao Programa de Mestrado Profissional em Letras –Profletras, ao Grupo de Estudos Leitura e Intervenção em Literatura Infantil e juvenil na Escola – Lelit, da Universidade Federal do Oeste do Pará – Ufopa – e segue a linha de pesquisa Literatura infantil, literatura e educação, formação de leitor. O objetivo deste é estudar as (im)possibilidades de formar leitores a partir da organização de uma biblioteca escolar. A metodologia adotada consiste em pesquisa de intervenção com a organização de uma biblioteca na Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Rosália Simões Barbosa, Monte Alegre-PA e o desenvolvimento de atividades de leitura. O estudo iniciou no primeiro semestre de 2017 e se estendeu até 2018, mas pretendo continuar observando se a escola dará continuidade às ações de levar a ler. A base teórica é: Britto (2012, 2015), Candido (2011), Silva (1984, 1993), Santos (2016), Bértolo (2014) e Saviani e Duarte (2010). Os resultados apontam que houve um entusiasmo da escola em utilizar a biblioteca escolar organizada e realizar atividades de leitura com os alunos. Contudo, não alcançou uma proposta mais sólida de todo o corpo docente. Algumas ações desenvolvidas foram contínuas, mas não coletivas.


  • Mostrar Abstract
  • This work has as its theme: Reading and school library: a proposal to take reading in "distant places". It is linked to the Professional Master's Program in Literature - Profile, the Study Group Reading and Intervention in Children and Youth Literature in school - Lelit, Federal University of West of Pará - Ufopa - and follows the research line Children's Literature, litera-ture and education, reader training. The purpose of this study is to investigate the conditions and possibilities of establishing a place to read at the RosáliaSimões Barbosa Municipal School of Elementary Education in Monte Alegre-PA. The adopted meth-odology consists of intervention research with the organization of a library in the school and the development of reading activities. The study began in the first semester of 2017 and lasted until 2018, but I intend to continue to observe whether the school will give continuity to the actions of reading. The theoretical basis is: Britto (2012, 2015), Candido (2011), Silva (1984, 1993), Santos (2016), Bértolo (2014) and Saviani and Duarte (2010). The results indicate that there was an enthusiasm of the school to use the organized school library and to carry out ac-tivities of reading with the students. However, it did not reach a more solid proposal of the entire faculty. Some actions were continuous, but not collective.

5
  • RAIMUNDO EDIVANDRO ALVES DE VASCONCELOS
  • Para além do espaço de leitura: criação e reflexão das possibilidades de ler (literatura) em uma escola rural do município de Monte Alegre.

  • Orientador : ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • PAULO JORGE MARTINS NUNES
  • Data: 04/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa “Para além do espaço de leitura: criação, e reflexão das possibilidades de ler literatura em uma escola rural do município de Monte Alegre” visa à investigação de possíveis transformações culturais advindas da criação de espaços e ações de levar a ler literatura em escola rural, refletindo sobre as condições e limites para formação do leitor. O estudo está sendo desenvolvido no âmbito do Programa de Mestrado Profissional em Letras- PROFLETRAS e é emergente de uma pesquisa anterior desenvolvida por Zair Santos (2016) em algumas escolas de municípios do interior da Amazônia. Busca-se entender, dentre outros aspectos, quais as possibilidades (condições e limites) de formação de leitor em escola rural, por meio da criação de espaços e ações de levar a ler literatura, numa atitude coletiva e participativa? Além do mais, interessa-se em saber por que uma escola com quase mil alunos e um corpo docente com boa formação acadêmica não dispõe de biblioteca e nem de programa regular de leitura literária? A metodologia investigativa adotada é a pesquisa-ação, de acordo com a concepção de David Tripp (2005), e pretende promover uma possível transformação da realidade escolar e social, fazendo com que os participantes tornem-se co-autores e sujeitos ativos na construção do conhecimento que será produzido concomitantemente ao momento da intervenção. Alguns instrumentos utilizados para constituição do corpus são: observação, entrevista, palestras, memórias, relatos orais, etc. Como suportes teóricos são utilizados: Silva (1991, 2004, 2009), Britto (2003, 2015), Lajolo (2004, 2009), Zilberman (2009), Santos (2016), além de artigos, dissertações e teses que dialogam com o tema.


  • Mostrar Abstract
  • The present research "Beyond the space of reading: creation and reflection of the possibilities of reading literature in a rural school of the municipality of Monte Alegre" aims at the investigation of possible cultural transformations arising from the creation of spaces and actions to lead to read literature in rural school, reflecting on the conditions and limits for promotion of reading. The study is being developed within the scope of the Professional Master's Program in Literature - Profletras and is emerging from an earlier research developed by Zair Henrique Santos (2016) in some schools of municipalities in the interior of the Amazon. It tries to understand among other aspects, what are the possibilities (conditions and limits) of the formation of reader in rural school through the creation of spaces and actions to lead to read literature, in a collective and participatory attitude? What is more, you are interested in why a school with almost a thousand students and a faculty with a good academic background does not have a library or a systematic program of literary reading? The research methodology adopted is action research, according to David Tripp's (2005) conception, and aims to promote a possible transformation of the school and social reality, making the participants become co-authors and active subjects in the construction knowledge that will be produced concurrently with the moment of intervention. Some instruments used to constitute the corpus are: observation, interview, lectures, memoirs, oral reports, etc. As basement are used: Silva (1991, 2004, 2009), Britto (2003, 2015), Candido (2004), Chartier (1999), Zilberman (2009), Freire (1976), Santos (2016), besides articles, dissertations and theses that dialogue with theme.

6
  • JAX MARA DE JESUS QUEIROZ
  • ENSINO DE LÍNGUA EM USO: DISCUTINDO VARIAÇÃO LINGUÍSTICA

  • Orientador : EDIENE PENA FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • IACI DE NAZARÉ SILVA ABDON
  • Data: 05/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação, que discute a língua em uso, faz parte de um trabalho realizado com alunos do 9ª ano, da escola Marechal Rondon, incluída na rede municipal de ensino do Município de Itaituba-PA. Como suporte da pesquisa aplicou-se projeto interventivo, elaborado pela pesquisadora Marinho (2017). O objetivo central da nossa pesquisa é verificar em que medida a aplicação de uma proposta interventiva que considere o aluno como agente de seu conhecimento e a variação como fenômeno natural nas línguas sem viés normatizador, contribui para o ensino mais produtivo de língua. Nossa pesquisa se organiza em duas etapas: teórica e prática. Na etapa teórica, os alunos, pesquisadores iniciantes, participaram de quatro encontros temáticos, a saber: De onde vem a língua que falamos?, Ser brasileiro é falar português?, A variação linguística, A linguagem paraense. Na etapa prática, os alunos pesquisadores foram a campo, sob minha mediação, realizaram visitas à feira, a um espaço destinado para atividades dos idosos, à Associação dos Garimpeiros, a Museu e à Câmara Municipal dos Vereadores de Itaituba. Os alunos pesquisadores realizaram entrevistas com os informantes, as quais foram gravadas para que se realizassem as transcrições. O resultado da pesquisa de campo foi discutido com os alunos no decorrer das rodas de conversas e registrado nos diários de bordo de cada aluno, assim como em nosso caderno de atividades (produto-didático). As observações, tanto dos alunos quanto minhas, deram suporte às análises presentes nesta dissertação. No momento final da nossa intervenção constatamos mudanças no “comportamento linguístico” dos alunos, consequência do que vivenciaram durante as etapas da pesquisa. Os registros, nos diários de bordo, diagnosticaram não somente o reconhecimento do fenômeno da variação como constituinte da língua, mas também respeito diante das formas linguísticas estigmatizadas pela classe privilegiada. Esse novo olhar dos alunos pesquisadores equivale a um passo relevante que ratifica a necessidade de mudança para que se tenha um ensino mais produtivo de língua.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation, which discusses the language in use, on the phenomenon of linguistic variation, is part of a study carried out with 9th grade students, from the Marechal Rondon school, included in the municipal teaching network of the Municipality of Itaituba-PA. As support of the research was applied an interventional project, prepared by the researcher Marinho (2017). The main objective of our research is to verify to what extent the application of an interventional proposal that considers the student as agent of his knowledge and the variation as a natural phenomenon in the languages without normatizing bias, contributes to the more productive teaching of language. Our research is organized in two stages, theoretical and practical. In the theoretical stage the students, beginning researchers, participated in four thematic meetings, namely: Where does the language we speak ?, Being Brazilian is speaking Portuguese ?, The linguistic variation, The language paraense. At the practical stage, the students of the students went to the field, under my mediation, made visits to the fair, a space destined for activities of the elderly, the Association of Garimpeiros, the Museum and the Municipal Council of the Councilors of Itaituba. The research students conducted interviews with the informants, who were recorded for the transcripts. The results of the field research were discussed with the students along the wheels of conversations and recorded in the logbooks of each student, as well as in our activity booklet (didactic product). The observations, both of the students and my students, supported the analyzes present in this dissertation. At the final moment of our intervention we noticed changes in the "linguistic behavior" of the students, a consequence of what they experienced during the research stages. The logs in the logbooks diagnosed not only recognition of the phenomenon of variation as a constituent of language, but also respect for linguistic forms stigmatized by the privileged class. This new look of student researchers is a relevant step that ratifies the need for change in order to have a more productive teaching of language.

7
  • ROBSON DAVID DE JESUS NERES
  • GÊNEROS TEXTUAIS E ENSINO: DIDATIZAÇÃO DE GÊNEROS DO ARGUMENTAR A PARTIR DAS ADI – ATIVIDADES DIDÁTICAS INTEGRADAS

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • LUCIANE DE PAULA
  • Data: 05/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho, além de trazer reflexões acerca do ensino de língua portuguesa na escola, traz estudos sobre os gêneros textuais e seu ensino a partir das Atividades Didáticas Integradas-ADIs. Assumindo a linguagem como interação, bem como sua natureza dialógica, busco demonstrar que as ADIs, propostas por MOURA (2017), constituem alternativa significativa para melhor didatização dos gêneros discursivos, através dos estudos que conceituam e caracterizam os gêneros; do conceito e estrutura organizacional das Atividades Didáticas Integradas e de análise de dados coletados de um projeto de intervenção, aplicado para uma turma de 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola localizada na zona urbana do Município de Parintins, interior do Estado do Amazonas. A fundamentação teórica desta pesquisa se vale de BAKHTIN (2014, 2016, 2017), importante teórico para o entendimento da língua(gem) e, consequentemente, da argumentação, leitura, escrita e reflexão linguística. Subsidiariamente, teço reflexões acerca dos estudos de autores que se pautam na teoria Bakhtiniana da linguagem e ajudam na melhor compreensão e conceituação das Atividades Didáticas Integradas. Dentre os quais, destaco: Moura (2016, 2017, 2018), Antunes (2003,2009), Kock (1987,1997), Geraldi (,1997, 2012), Wachowicz (2012) e Ribeiro (2009). Os dados coletados nesta pesquisa foram obtidos por meio das observações e gravações de áudios feitas por mim durante a aplicação do projeto de intervenção. Este projeto, admitido como método desta pesquisa-participante, me forneceu a possibilidade de interagir com o público-alvo e criticar minha atuação, enquanto docente, de modo a propiciar reflexões sobre as dificuldades, enfrentamentos, práticas bem-sucedidas e também aquelas não exitosas. A partir da análise dos dados coletados, pude concluir que a proposta das Atividades Didáticas Integradas é uma ferramenta didática capaz de auxiliar significativamente o ensino de língua portuguesa, no Ensino Fundamental, à medida que concebe o dialogismo dos gêneros discursivos e opera o ensino dos eixos: oralidade, leitura, escrita e análise linguística ciclicamente, propondo a ruptura do ensino sequenciado desses eixos, o que auxilia na formação de sujeitos responsivos-ativo.


  • Mostrar Abstract
  • This work, in addition to bringing reflections on the teaching of the English language in school, brings studies about the textual texts and their teaching from the Integrated Didactic Activities - ADIs. Assuming a language as interaction, as well as its dialogical nature, I seek as by ADIs, proposed by MOURA (2017), being important for a better discourse of the discourses, through the verification of the studies that conceptualize and characterize the genres; The teaching teams and organizational organization of the municipality of Parintins, in the interior of the State of Amazonas. The theoretical foundation of this research is worth Bakhtin (2010, 2016), an important theoretical for the understanding of the language and, consequently, of the argumentation, reading, writing and linguistic reflection. Subsidiarily, you reflect on the studies of authors who are based on the theory of a discipline and a better understanding and conceptualization of didactic activities. Among them, I highlight Moura (2017), Kock (1987, 1997), Geraldi (2012, 1997), Kleiman (2002), Antunes (2003) and Ribeiro (2009). The data found were made with the names of the observations and audio recordings made by me during an application of the intervention project. This project, given the opportunity to interact with the target audience and to criticize my role as a teacher, to reflect on the difficulties, the feelings, the successful practices and also those that do not successful. Based on the analysis of the collected data, we conclude that the integrated didactic activities are a didactic tool capable of assisting the teaching of the English language of origin, not Fundamental Teaching, as the concept of dialogism of the discursive genres and opera of the teaching of the axes: orality, reading, writing and revision of linguistics cyclically, proposing a rupture of teaching of short duration, which assists in the formation of responsive-active leaders.

8
  • DANILMA PAIVA DE SOUZA
  • A Sequência Didática como recurso metodológico no ensino de Língua materna a partir das proposições das Olimpíadas de Língua Portuguesa

  • Orientador : LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • FABIOLA RIBEIRO FARIAS
  • Data: 05/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • EEste trabalho está vinculado ao Grupo de Estudo Pesquisa e Intervenção em Leitura, Escrita e Literatura na escola – LELIT e ao Programa de Mestrado Profissional em Letras – Profletras. Objetiva analisar, a partir de Sequências Didáticas produzidas por professores de Língua Portuguesa no âmbito da OLP, que concepções de ensino de língua têm servido de base para o ensino de Português na escola; o que se entende por sequência didática e quais as implicações para seu ensino/aprendizagem. Para isso, constituímos um corpus de doze propostas de sequência didática produzidas por professores da educação básica, disponibilizadas na web em ambientes externos e internos ao Portal Escrevendo o Futuro, propostas que visam ao ensino de gêneros circunscritos à OLP, considerando que esta tem servido de significativo referencial para as aulas de Língua Portuguesa nas escolas públicas brasileiras. Encontramos nestas propostas a intenção de discutir uma nova visão para as práticas de ensino de LP; com isso, trazemos para compor este cenário de possibilidades, as propostas de ensino a partir do texto e as que tem o gênero como objeto de ensino. Estudamos ainda os conceitos defendidos pela equipe de Didática de Línguas da Escola de Genebra na proposição das Sequencias Didáticas, que tem em Joaquim Dolz e Bernard Schneuwly seus principais representantes, bem como trabalhos que resultam da adaptação do modelo de SD para a realidade educativa brasileira. Os resultados revelam divergências entre o modelo original das SDs e as propostas produzidas por muitos professores.


  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT: This work is linked to the Research Group and Intervention in Reading, Writing and Literature at the school - LELIT and the Professional Master Program in Literature - PROFLE-TRAS. It aims to analyze, from the Didactic Sequences produced by Portuguese Language teachers within the scope of the PLO, that conceptions of language teaching have served as the basis for teaching Portuguese in school; what is meant by didactic sequence and what are the implications for their teaching / learning. To that end, we created a corpus of 12 didactic sequence proposals produced by teachers of basic education, made available on the web in external environments and internal to the Writing the Future Portal, proposals that aim at the teaching of genres circumscribed to the PLO, considering that it has served as significant reference for Portuguese language classes in Brazilian public schools. We see in these proposals, the intention of discussing a new vision for the teaching practices of LP, with this, we bring to make up this scenario of new possibilities, the proposals of teaching from the text and those that have the gender as object of teaching. We also study the concepts defended by the Language Teaching team of the Geneva School in the proposition of the Didactic Sequences, which has in Joaquim Dolz and Bernard Schneuwly their main representatives, as well as works that result from the adaptation of the SD model in the Brazilian educational reality. The results reveal divergences between the original SD model and the proposals produced by many teachers.

9
  • ROSIANE MARIA DA SILVA COELHO
  • PROJETO COM ATIVIDADES DIDÁTICAS INTEGRADAS(ADIs): UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA COM GÊNEROS TEXTUAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • NILSA BRITO RIBEIRO
  • Data: 05/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • A necessidade de formar sujeitos que façam uso da língua portuguesa de forma reflexiva, criativa, crítica e consciente, seja na modalidade oral, seja na escrita não é apenas fundamental. É, sobretudo urgente. Precisamos ampliar os conhecimentos dos estudantes sobre a língua com a qual estabelecem comunicação com o outro, para, assim atuarem com criticidade, nas mais diversas situações interativas e em diferentes espaços sociais. Por isso, o ensino de L1 não deve limitar-se ao prescritivismos formal, em que, se utiliza o texto para única e, exclusivamente, realizar análise dos elementos linguísticos, porque atuando segundo essa concepção de ensino, estaremos anulando as possibilidades, acima de tudo, de formar sujeitos-cidadãos. Para além disso, a presente pesquisa tem como objetivo precípuo, já que consideramos importante o ensino de língua a partir dos gêneros textuais, apresentar, descrever, analisar e desenvolver um projeto didático com Atividades Didáticas Integradas (ADIs) de leitura, oralidade, escrita e análise linguística postuladas por Moura(2017), como uma alternativa para um ensino mais eficaz e significativo. O estudo foi desenvolvido com alunos de um projeto de aceleração paraense denominado MUNDIAR (Ensino Fundamental), em uma escola pública estadual, na cidade de Santarém. A metodologia utilizada foi a pesquisa - participativa, em que há a possibilidade de reflexão sobre a própria prática em sala de aula a fim de reconstruí-la. A pesquisa pauta-se nas postulações teóricas de BAKHTIN e em estudos de pesquisadores como MARCUSHI, KLEIMAN, ROJO, ANTUNES, GERALDI, MOURA entre outros que consideram a língua(gem) como atividade social, histórica e cognitiva. Verificou-se, a partir da análise dos dados, a importância do gênero textual como objeto de ensino, assim como, a da mediação pedagógica com um projeto composto por ADIs, pois a partir das atividades propostas, os estudantes construíram novos conhecimentos em relação à oralidade, à leitura, à produção escrita e à análise linguística, porque participaram de situações interativas de uso real da língua.


  • Mostrar Abstract
  • The need to train subjects who make use of the Portuguese language in a reflexive, creative, critical and conscious way, be it in the oral modality or in the writing is not only fundamental. It is, above all, urgent. We need to increase students' knowledge about the language with which they communicate with each other, so that they can act with criticality in the most diverse interactive situations and in different social spaces. Therefore, Portuguese language teaching should not be limited to formal prescriptivism, in which the text is used solely and exclusively to analyze linguistic elements, because by acting according to this conception of teaching, we will be canceling the possibilities, above of everything, to form subject-citizens. In addition, the present study has the main objective of analyzing the extent to which teaching from the use of discursive genres through an organized project with Integrated Didactic Activities (ADIs) of reading, orality, writing and linguistic reflection collaborate to extend the learners on the language (act). The study was developed with students of a project of acceleration paraense denominated MUNDIAR (Elementary School), in a state public school, in the city of Santarém. The methodology used was research - participatory, in which there is the possibility of reflection on the practice itself in the classroom in order to reconstruct it. The research is based on the theoretical postulates of BAKHTIN (2014, 2016,2017) and on studies of researchers such as MARCUSHI, KLEIMAN, ROJO, ANTUNES, GERALDI (1997, 2003, 2012), MOURA (2017) among others who consider language (act) as social, historical and cognitive activity. From the analysis of the data, the importance of the discursive genre as an object of teaching was verified, as well as the pedagogical mediation with a project organized with the use of Integrated Didactic Activities, because from the proposed activities, the students constructed new knowledge in orality, reading, written production and linguistic analysis, because they participated in interactive situations of real use of the language.

2017
Dissertações
1
  • OSÉIAS SOUSA DA SILVA
  • ESTRATÉGIAS DE LEITURA: ENSINANDO A FAZER INFERÊNCIAS
  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDILAN DE SANT ANA QUARESMA
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • Data: 16/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho foi elaborado com objetivo de estimular o desenvolvimento de habilidades de leitura, mais precisamente no que se refere aos aspectos relacionados ao potencial de realizar estratégias de inferências, por alunos do nono ano do ensino fundamental de uma escola pública de Santarém. E que não somente aprendam a inferir, mas que também passem a controlar e a dominar melhor, ou seja, a ter uma melhor percepção desse tipo de ação. Dados apresentados por órgãos nacionais, internacionais e, principalmente, aquelas atividades apresentadas pelo professor no cotidiano escolar comprovam a dificuldade dos alunos brasileiros, dentre os quais se situam os alunos da escola onde desenvolvemos o projeto, em compreender o texto escrito, mais precisamente quando a compreensão textual envolve as informações que estão implícitas nas quais é necessário recorrer a processos inferenciais. Pretendo, portanto, fazer com que por meio de um movimento sistemático e consciente por parte do leitor de, ao fazer a leitura, tomar consciência e valorizar o processo de inferência como uma forma de apropriação mais densa do texto de maneira consciente, em condições reais de aula, de maneira a promover o desenvolvimento de sua capacidade leitora pelo controle e uso das inferências em diferentes níveis. A classificação das inferências eleita para nortear a pesquisa foi a que propôs Gutiérrez-Calvo (1999), a saber, as inferências lógicas, as elaborativas e as avaliativas. O projeto de intervenção é essencialmente qualitativo e foi dividido em duas partes. Na primeira, tivemos o objetivo de ensinar aos alunos o que é inferência, partindo de exemplos do dia a dia, e para os exercícios utilizamos alguns gêneros textuais que por natureza pressupõem o uso de inferências para que seja compreendido, como por exemplo, a charge. Para o desenvolvimento da segunda parte da metodologia, desenvolvemos uma sequencia didática com intuito de fornecer subsídios para a produção de inferências na ultima etapa. Finalmente, foi escolhido um texto do gênero artigo de opinião de um livro didático em uso na escola, com um tema de interesse dos alunos de duas turmas do nono ano. Em seguida, as questões de compreensão textual, apresentadas no próprio livro, foram enquadradas nos três tipos de inferências acima descritos e para produzir uma inferência eficaz os alunos deveriam valer-se das pistas linguísticas apresentadas pelo texto, do seu conhecimento sobre o tema adquirido em etapas anteriores, da ação de operar conscientemente com o texto, além do auxílio do professor no desenvolvimento das estratégias de leitura. Dessa forma, a compreensão textual pode ser facilitada porque em consonância com o pensamento de Marcuschi (2008, p. 268) tal procedimento deixa de ser uma “atividade de garimpagem” e passa a ser “uma atividade reflexiva”.

  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho foi elaborado com objetivo de estimular o desenvolvimento de habilidades de leitura, mais precisamente no que se refere aos aspectos relacionados ao potencial de realizar estratégias de inferências, por alunos do nono ano do ensino fundamental de uma escola pública de Santarém. E que não somente aprendam a inferir, mas que também passem a controlar e a dominar melhor, ou seja, a ter uma melhor percepção desse tipo de ação. Dados apresentados por órgãos nacionais, internacionais e, principalmente, aquelas atividades apresentadas pelo professor no cotidiano escolar comprovam a dificuldade dos alunos brasileiros, dentre os quais se situam os alunos da escola onde desenvolvemos o projeto, em compreender o texto escrito, mais precisamente quando a compreensão textual envolve as informações que estão implícitas nas quais é necessário recorrer a processos inferenciais. Pretendo, portanto, fazer com que por meio de um movimento sistemático e consciente por parte do leitor de, ao fazer a leitura, tomar consciência e valorizar o processo de inferência como uma forma de apropriação mais densa do texto de maneira consciente, em condições reais de aula, de maneira a promover o desenvolvimento de sua capacidade leitora pelo controle e uso das inferências em diferentes níveis. A classificação das inferências eleita para nortear a pesquisa foi a que propôs Gutiérrez-Calvo (1999), a saber, as inferências lógicas, as elaborativas e as avaliativas. O projeto de intervenção é essencialmente qualitativo e foi dividido em duas partes. Na primeira, tivemos o objetivo de ensinar aos alunos o que é inferência, partindo de exemplos do dia a dia, e para os exercícios utilizamos alguns gêneros textuais que por natureza pressupõem o uso de inferências para que seja compreendido, como por exemplo, a charge. Para o desenvolvimento da segunda parte da metodologia, desenvolvemos uma sequencia didática com intuito de fornecer subsídios para a produção de inferências na ultima etapa. Finalmente, foi escolhido um texto do gênero artigo de opinião de um livro didático em uso na escola, com um tema de interesse dos alunos de duas turmas do nono ano. Em seguida, as questões de compreensão textual, apresentadas no próprio livro, foram enquadradas nos três tipos de inferências acima descritos e para produzir uma inferência eficaz os alunos deveriam valer-se das pistas linguísticas apresentadas pelo texto, do seu conhecimento sobre o tema adquirido em etapas anteriores, da ação de operar conscientemente com o texto, além do auxílio do professor no desenvolvimento das estratégias de leitura. Dessa forma, a compreensão textual pode ser facilitada porque em consonância com o pensamento de Marcuschi (2008, p. 268) tal procedimento deixa de ser uma “atividade de garimpagem” e passa a ser “uma atividade reflexiva”.
2
  • JOSÉ GUILHERME COUTO SARRAZIN
  • Leitura, literatura e quadrinho: proposta pedagógica para aulas de Português, usando histórias em quadrinhos de clássicos da Literatura Brasileira, na Escola São Francisco – Óbidos – PA.
  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • FRANCISCO EDSON SOUSA DE OLIVEIRA
  • Data: 19/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo está vinculado ao Programa de Mestrado Profissional em Letras, da Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA, na Linha de Pesquisa Leitura e Produção Textual: Diversidade Social e Prática Docente. Trata do tema Leitura de Histórias em Quadrinhos e traz como subtema Leitura, Literatura e Quadrinho: Proposta Pedagógica para Aulas de Português, usando Histórias em Quadrinhos Investiga o uso das Histórias em Quadrinhos como material pedagógico, em aulas de Língua Portuguesa, observando o trabalho da leitura no contexto escolar realizada pelos alunos, bem como a concepção conferida a esse gênero pelos docentes de Língua Portuguesa do ensino fundamental, para então propor possibilidades de intervenção pedagógica com a intenção de inovar o ensino de Língua Portuguesa, mediado pela leitura de quadrinhos. A pesquisa foi realizada sob o pressuposto teórico etnográfico escolar e pode ser considerada quanto ao seu objetivo como pesquisa exploratória, do tipo Estudo de Caso. A pesquisa foi realizada em uma escola pública de Ensino Fundamental, da esfera municipal de ensino, localizada no meio urbano, na cidade de Óbidos- PA. Os sujeitos participantes da pesquisa foram 01 professor de Língua Portuguesa e 32 alunos de uma turma do 9º Ano da manhã. Foram utilizados para a produção dos dados os seguintes instrumentos metodológicos: pesquisa bibliográfica e exploratória, observação participante e questionários semiestruturados. Durante a aplicação do projeto de intervenção, realizamos um estudo sobre quadrinhos e propomos a leitura da obra Dom Casmurro no formato original e em quadrinhos. Observamos que os alunos ficaram entusiasmados em participar deste trabalho. Após a análise dos dados e a aplicação do projeto de intervenção, a presente pesquisa revelou que as HQ podem ser consideradas como um valoroso material pedagógico, pois auxilia a conquista dos alunos no processo de leitura e no desenvolvimento de suas habilidades leitoras.

  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo está vinculado ao Programa de Mestrado Profissional em Letras, da Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA, na Linha de Pesquisa Leitura e Produção Textual: Diversidade Social e Prática Docente. Trata do tema Leitura de Histórias em Quadrinhos e traz como subtema Leitura, Literatura e Quadrinho: Proposta Pedagógica para Aulas de Português, usando Histórias em Quadrinhos Investiga o uso das Histórias em Quadrinhos como material pedagógico, em aulas de Língua Portuguesa, observando o trabalho da leitura no contexto escolar realizada pelos alunos, bem como a concepção conferida a esse gênero pelos docentes de Língua Portuguesa do ensino fundamental, para então propor possibilidades de intervenção pedagógica com a intenção de inovar o ensino de Língua Portuguesa, mediado pela leitura de quadrinhos. A pesquisa foi realizada sob o pressuposto teórico etnográfico escolar e pode ser considerada quanto ao seu objetivo como pesquisa exploratória, do tipo Estudo de Caso. A pesquisa foi realizada em uma escola pública de Ensino Fundamental, da esfera municipal de ensino, localizada no meio urbano, na cidade de Óbidos- PA. Os sujeitos participantes da pesquisa foram 01 professor de Língua Portuguesa e 32 alunos de uma turma do 9º Ano da manhã. Foram utilizados para a produção dos dados os seguintes instrumentos metodológicos: pesquisa bibliográfica e exploratória, observação participante e questionários semiestruturados. Durante a aplicação do projeto de intervenção, realizamos um estudo sobre quadrinhos e propomos a leitura da obra Dom Casmurro no formato original e em quadrinhos. Observamos que os alunos ficaram entusiasmados em participar deste trabalho. Após a análise dos dados e a aplicação do projeto de intervenção, a presente pesquisa revelou que as HQ podem ser consideradas como um valoroso material pedagógico, pois auxilia a conquista dos alunos no processo de leitura e no desenvolvimento de suas habilidades leitoras.
3
  • IOLETE DOS SANTOS FERREIRA BARBOSA
  • Refacção Textual como recurso metodológico no ensino fundamental II: reflexões dialógicas entre texto, aluno(escritor/leitor) e o outro (colega) via análise linguística.
  • Orientador : ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • Data: 31/08/2017

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho pretendeu refletir sobre o processo da produção textual, enfocando a refacção textual a partir da concepção de linguagem como interação entre sujeitos interlocutores com base em uma pesquisa de caráter qualitativo-interpretativo de cunho etnográfico. A intenção foi investigar por meio de uma pesquisa-ação na Escola Municipal de Ensino Fundamental Instituto Educacional Uruará-Pará sobre a visão do aluno acerca do processo da escrita (refacção), considerando a maneira como o outro (colega) vê o texto do escritor e como este reage às intervenções daquele. De que maneira o momento da interação em pares no momento da refacção textual pode contribuir a um aprofundamento do raciocínio do aluno e consolidar estratégias adequadas à avaliação do seu próprio texto tendo em vista o propósito comunicativo deste. Investigou-se isso fazendo análises guiadas por duas correntes teóricas básicas por considerar a escrita como um processo de construção de sentido entre sujeitos interlocutores: o sócio-interacionismo de Vygotsky e o dialogismo de Bakhtin. Para isso lancei mão de uma metodologia que valorizasse a opinião, o pensar do outro (colega) em um ambiente de interação-pares sendo possível proporcionar aos alunos escritores/leitores o conhecimento de uma nova maneira de produzir textos. No percurso da dissertação abordei o ensino de produção textual em sala de aula como um forte reflexo preponderante da reprodução, ideologia disfarçada, e de uma tímida construção de conhecimentos. E em contrapartida, uma novo posicionamento com reflexões de um ensino firmado na interação. Os resultados indicam que: a produção textual ainda é vista como individual, consistindo em uma única versão escrita; que a interação-pares contribui de forma significativa à ampliação do conhecimento e à reaprendizagem; que a interação aluno-aluno é relevante ao exercício do senso crítico.

  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho pretendeu refletir sobre o processo da produção textual, enfocando a refacção textual a partir da concepção de linguagem como interação entre sujeitos interlocutores com base em uma pesquisa de caráter qualitativo-interpretativo de cunho etnográfico. A intenção foi investigar por meio de uma pesquisa-ação na Escola Municipal de Ensino Fundamental Instituto Educacional Uruará-Pará sobre a visão do aluno acerca do processo da escrita (refacção), considerando a maneira como o outro (colega) vê o texto do escritor e como este reage às intervenções daquele. De que maneira o momento da interação em pares no momento da refacção textual pode contribuir a um aprofundamento do raciocínio do aluno e consolidar estratégias adequadas à avaliação do seu próprio texto tendo em vista o propósito comunicativo deste. Investigou-se isso fazendo análises guiadas por duas correntes teóricas básicas por considerar a escrita como um processo de construção de sentido entre sujeitos interlocutores: o sócio-interacionismo de Vygotsky e o dialogismo de Bakhtin. Para isso lancei mão de uma metodologia que valorizasse a opinião, o pensar do outro (colega) em um ambiente de interação-pares sendo possível proporcionar aos alunos escritores/leitores o conhecimento de uma nova maneira de produzir textos. No percurso da dissertação abordei o ensino de produção textual em sala de aula como um forte reflexo preponderante da reprodução, ideologia disfarçada, e de uma tímida construção de conhecimentos. E em contrapartida, uma novo posicionamento com reflexões de um ensino firmado na interação. Os resultados indicam que: a produção textual ainda é vista como individual, consistindo em uma única versão escrita; que a interação-pares contribui de forma significativa à ampliação do conhecimento e à reaprendizagem; que a interação aluno-aluno é relevante ao exercício do senso crítico.
4
  • NILCILÉIA ALMEIDA DE SOUSA
  • O QUE SÃO MEMÓRIAS LITERÁRIAS E COMO ELAS SE REALIZAM NA PROPOSTA DA OLÍMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA?
  • Orientador : LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • Data: 31/08/2017

  • Mostrar Resumo
  • O projeto, inserido no grupo de pesquisa e intervenção em Leitura, Escrita e Literatura na Escola – LELIT, da Universidade Federal do Oeste do Pará, desenvolve-se no âmbito do debate sobre o ensino de língua portuguesa e busca compreender, de forma analítica, o que é o gênero memórias literárias no âmbito da Olimpíada de Língua de Portuguesa Escrevendo o Futuro levado para a sala de aula como proposta de ensino? É um trabalho de investigação de caráter conceitual, que parte da análise de um conjunto de produções de alunos que chegaram à última etapa da OLP/2014 – textos finalistas, em que busco verificar que concepção de memórias literárias objetivamente se realiza nestes textos dentro das condições de produção em que foram desenvolvidos. Examino ainda um corpus de documentos teórico-metodológicos pertencentes à Coleção da Olimpíada, por meio de um processo aberto de in-querir esses textos, a fim de compreender o tratamento didático conferido ao gênero memórias literárias na proposta da OLP. Através desse processo, busco compreender o que a Olimpíada realiza objetivamente como memórias literárias e o que propõe como trabalhos nesse campo.

  • Mostrar Abstract
  • O projeto, inserido no grupo de pesquisa e intervenção em Leitura, Escrita e Literatura na Escola – LELIT, da Universidade Federal do Oeste do Pará, desenvolve-se no âmbito do debate sobre o ensino de língua portuguesa e busca compreender, de forma analítica, o que é o gênero memórias literárias no âmbito da Olimpíada de Língua de Portuguesa Escrevendo o Futuro levado para a sala de aula como proposta de ensino? É um trabalho de investigação de caráter conceitual, que parte da análise de um conjunto de produções de alunos que chegaram à última etapa da OLP/2014 – textos finalistas, em que busco verificar que concepção de memórias literárias objetivamente se realiza nestes textos dentro das condições de produção em que foram desenvolvidos. Examino ainda um corpus de documentos teórico-metodológicos pertencentes à Coleção da Olimpíada, por meio de um processo aberto de in-querir esses textos, a fim de compreender o tratamento didático conferido ao gênero memórias literárias na proposta da OLP. Através desse processo, busco compreender o que a Olimpíada realiza objetivamente como memórias literárias e o que propõe como trabalhos nesse campo.
5
  • CÉLIA MARIA NUNES DA SILVA
  • A escrita literária do ciberespaço na escola
  • Orientador : ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • CRISTINA VAZ DUARTE DA CRUZ
  • ZAIR HENRIQUE SANTOS
  • TEREZINHA DE JESUS DIAS PACHECO
  • Data: 31/08/2017

  • Mostrar Resumo
  • Essa pesquisa tem como foco o ensino de literatura no ensino fundamental. Seu objetivo principal é criar e aplicar uma proposta de integração do ensino de literatura com o ciberespaço. A realização dessa proposta constitui-se na aplicação de um questionário dirigido a turmas do 9º ano de uma escola pública, buscando avaliar, por meio de perguntas, a participação dos estudantes no ambiente virtual e qual a influência do ciberespaço na aprendizagem de literatura dos estudantes. Após a realização do questionário, os estudantes participaram de uma oficina de literatura, na oportunidade foi observado como eles compreendem, participam e produzem literatura no ciberespaço. A presente pesquisa tem base teórica nos autores Hans Robert Jauss, Paul de Man e Jonathan Culler, que discutem a relação entre autor, texto e leitor. E a partir desses conceitos buscamos aproximar literatura e tecnologia. Dentre suas importantes formulações e reflexões estão as Teorias da Recepção e a Teoria da Desconstrução. Ademais, foi igualmente utilizada como fundamentação teórica a relação entre sociedade, cultura e cibercultura tal como pensada por Santaella e Pierre Lévi.

  • Mostrar Abstract
  • Essa pesquisa tem como foco o ensino de literatura no ensino fundamental. Seu objetivo principal é criar e aplicar uma proposta de integração do ensino de literatura com o ciberespaço. A realização dessa proposta constitui-se na aplicação de um questionário dirigido a turmas do 9º ano de uma escola pública, buscando avaliar, por meio de perguntas, a participação dos estudantes no ambiente virtual e qual a influência do ciberespaço na aprendizagem de literatura dos estudantes. Após a realização do questionário, os estudantes participaram de uma oficina de literatura, na oportunidade foi observado como eles compreendem, participam e produzem literatura no ciberespaço. A presente pesquisa tem base teórica nos autores Hans Robert Jauss, Paul de Man e Jonathan Culler, que discutem a relação entre autor, texto e leitor. E a partir desses conceitos buscamos aproximar literatura e tecnologia. Dentre suas importantes formulações e reflexões estão as Teorias da Recepção e a Teoria da Desconstrução. Ademais, foi igualmente utilizada como fundamentação teórica a relação entre sociedade, cultura e cibercultura tal como pensada por Santaella e Pierre Lévi.
6
  • DJANE DE SOUSA BARROS
  • PRÁTICAS DE PRODUÇÃO TEXTUAL E IDENTIDADES EM PROCESSO NA PERSPECTIVA DE ATIVIDADES INTERDISCIPLINARES EM AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA NA EJA
  • Orientador : CRISTINA VAZ DUARTE DA CRUZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTINA VAZ DUARTE DA CRUZ
  • ILMA PASSOS ALENCASTRO VEIGA
  • LAURO ROBERTO DO CARMO FIGUEIRA
  • Data: 31/10/2017

  • Mostrar Resumo
  • O ensino de produção textual tem sido alvo de muitas pesquisas acadêmicas como forma de obter um processo de aprendizagem mais produtivo. Nesse quadro, contextualizo esta pesquisa qualitativa que é interpretar os resultados através da aquisição do conhecimento e habilidades no contexto de identificar o sujeito/identidade em processo; a compreensão e uso de distintos conhecimentos teóricos ou empíricos e de informações em textos; e, por fim, a produção de textos orais e escritos, ambos no âmbito da semiótica das instâncias. Para isso, sequências didáticas foram elaboradas e aplicadas junto aos alunos da Educação de Jovens e Adultos-EJA, 4ª etapa, de uma instituição de ensino público de Itaituba. Esta pesquisa parte do pressuposto que a elaboração de sequências didáticas na perspectiva interdisciplinar, pode se constituir em uma ferramenta importante para o domínio da produção de textos. Além disso, minha opção por esse foco do ensino é porque esta ciência (semiótica) pressupõe todas as abrangências de representação, objeto basilar para uma situação favorável à identificação da identidade em processo a partir da oralidade e/ou escrita na perspectiva da semiótica das instâncias. A base teórico-metodológica pela qual optei depreende-se das vertentes (PCN, 1998; Japiassu, 1976; Layton, 1991; Bakhtin, 2006; Marcuschi, 2001; Koch, 2001; dentre outros), que postulam desde a noção de leitura e escrita ao processo de produção de textos e discursos. Já na vertente semiótica (Coquet, 2013; Santaella, 1990; Cruz, 2013; dentre outros). Busco resultados, de base contextual e crítica, de forma a estruturar a linguagem verbal e por escrito de modo favorável, e, principalmente, proporcionando oportunidades de encontrar, pelo cultivo das atividades sequenciais, formas de aumentar/estimular o potencial intelectual dos alunos, construir assim, conhecimentos com base nas perspectivas interdisciplinares e semiótica das instâncias, de forma a caracterizar cada um e melhorar seu desempenho quanto à leitura e produção de textos.

  • Mostrar Abstract
  • O ensino de produção textual tem sido alvo de muitas pesquisas acadêmicas como forma de obter um processo de aprendizagem mais produtivo. Nesse quadro, contextualizo esta pesquisa qualitativa que é interpretar os resultados através da aquisição do conhecimento e habilidades no contexto de identificar o sujeito/identidade em processo; a compreensão e uso de distintos conhecimentos teóricos ou empíricos e de informações em textos; e, por fim, a produção de textos orais e escritos, ambos no âmbito da semiótica das instâncias. Para isso, sequências didáticas foram elaboradas e aplicadas junto aos alunos da Educação de Jovens e Adultos-EJA, 4ª etapa, de uma instituição de ensino público de Itaituba. Esta pesquisa parte do pressuposto que a elaboração de sequências didáticas na perspectiva interdisciplinar, pode se constituir em uma ferramenta importante para o domínio da produção de textos. Além disso, minha opção por esse foco do ensino é porque esta ciência (semiótica) pressupõe todas as abrangências de representação, objeto basilar para uma situação favorável à identificação da identidade em processo a partir da oralidade e/ou escrita na perspectiva da semiótica das instâncias. A base teórico-metodológica pela qual optei depreende-se das vertentes (PCN, 1998; Japiassu, 1976; Layton, 1991; Bakhtin, 2006; Marcuschi, 2001; Koch, 2001; dentre outros), que postulam desde a noção de leitura e escrita ao processo de produção de textos e discursos. Já na vertente semiótica (Coquet, 2013; Santaella, 1990; Cruz, 2013; dentre outros). Busco resultados, de base contextual e crítica, de forma a estruturar a linguagem verbal e por escrito de modo favorável, e, principalmente, proporcionando oportunidades de encontrar, pelo cultivo das atividades sequenciais, formas de aumentar/estimular o potencial intelectual dos alunos, construir assim, conhecimentos com base nas perspectivas interdisciplinares e semiótica das instâncias, de forma a caracterizar cada um e melhorar seu desempenho quanto à leitura e produção de textos.
7
  • CARLOS ALBERTO OLIVEIRA PAIVA
  • Compreensão leitora na perspectiva dos gêneros discursivos e da Prova Brasil: proposta didática de ensino de língua portuguesa para alunos do 9º ano do ensino fundamental
  • Orientador : ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MARILUCIA BARROS DE OLIVEIRA
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 05/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Diante do problema de compreensão leitora apresentado pelos alunos da Escola São Francisco das Chagas, escolhi como tipo de abordagem a pesquisaação, pois queria participar reflexiva e criticamente de todo o desenvolvimento do processo de aplicação da proposta, realizando as intervenções e adequações que fossem necessárias. Esse tipo de abordagem, de acordo com Vieira (2010), permite a interação entre pesquisador e atores-objeto, de modo que o primeiro participe do cotidiano do segundo “inseridos na mesma realidade, a fim de compreender e experimentar os mesmos problemas enfrentados pelos que se colocam como objeto de estudo”. Esta (con)vivência colabora para que ambos busquem ou encontrem a solução para os problemas enfrentados. Assim, fundamentando-me nessa abordagem qualitatitva, dei início a este estudo, que pode ser útil enquanto objeto prático para atividades de compreensão leitora no 9º ano do ensino fundamental da Escola São Francisco das Chagas (ou adaptado para os outros anos), útil enquanto objeto de reflexão deste tema tão presente em nossas escolas: o fracasso da leitura. A partir dessas reflexões iniciais, podem-se formular as hipóteses de que é provável que a realização de atividades sistemáticas de leitura e interpretação, com textos de variados gêneros e com foco nos descritores da Prova Brasil, pode melhorar a compreensão leitora dos alunos do 9º ano do ensino fundamental; melhorar o desempenho dos alunos nas avaliações internas (bimestrais) e externas – Prova Brasil, bem como desenvolver o senso crítico deles ampliando suas visões de mundo.

  • Mostrar Abstract
  • Diante do problema de compreensão leitora apresentado pelos alunos da Escola São Francisco das Chagas, escolhi como tipo de abordagem a pesquisaação, pois queria participar reflexiva e criticamente de todo o desenvolvimento do processo de aplicação da proposta, realizando as intervenções e adequações que fossem necessárias. Esse tipo de abordagem, de acordo com Vieira (2010), permite a interação entre pesquisador e atores-objeto, de modo que o primeiro participe do cotidiano do segundo “inseridos na mesma realidade, a fim de compreender e experimentar os mesmos problemas enfrentados pelos que se colocam como objeto de estudo”. Esta (con)vivência colabora para que ambos busquem ou encontrem a solução para os problemas enfrentados. Assim, fundamentando-me nessa abordagem qualitatitva, dei início a este estudo, que pode ser útil enquanto objeto prático para atividades de compreensão leitora no 9º ano do ensino fundamental da Escola São Francisco das Chagas (ou adaptado para os outros anos), útil enquanto objeto de reflexão deste tema tão presente em nossas escolas: o fracasso da leitura. A partir dessas reflexões iniciais, podem-se formular as hipóteses de que é provável que a realização de atividades sistemáticas de leitura e interpretação, com textos de variados gêneros e com foco nos descritores da Prova Brasil, pode melhorar a compreensão leitora dos alunos do 9º ano do ensino fundamental; melhorar o desempenho dos alunos nas avaliações internas (bimestrais) e externas – Prova Brasil, bem como desenvolver o senso crítico deles ampliando suas visões de mundo.
8
  • GICELE MONTEIRO DOS SANTOS
  • A CONTRIBUIÇÃO DOS MECANISMOS DE COESÃO E COERÊNCIA NO PROCESSAMENTO DO TEXTO PARA A FORMAÇÃO LEITORA
  • Orientador : ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • ALCIDES FERNANDES DE LIMA
  • Data: 05/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • A matriz não contempla todo o currículo escolar de Língua Portuguesa e Matemática dos anos finais do ensino fundamental, como 6º e 9º ano respectivamente. Na verdade é feito um recorte com base no que é possível avaliar nessas áreas do conhecimento, considerando o que é representativo dos currículos vigentes no Brasil. No âmbito da Língua Portuguesa, a Matriz de Referência está estruturada como foco na leitura, para avaliar as competências e as habilidades definidas nos descritores, que se constituem como uma associação entre conteúdos curriculares e operações men­tais desenvolvidas pelo aluno, por isso servem de referência para seleção dos itens que devem compor a avaliação. Para melhor entendimento sobre os tópicos e descritores exigidos na Prova Brasil, é importante a apresentação da Matriz de Referência.

  • Mostrar Abstract
  • A matriz não contempla todo o currículo escolar de Língua Portuguesa e Matemática dos anos finais do ensino fundamental, como 6º e 9º ano respectivamente. Na verdade é feito um recorte com base no que é possível avaliar nessas áreas do conhecimento, considerando o que é representativo dos currículos vigentes no Brasil. No âmbito da Língua Portuguesa, a Matriz de Referência está estruturada como foco na leitura, para avaliar as competências e as habilidades definidas nos descritores, que se constituem como uma associação entre conteúdos curriculares e operações men­tais desenvolvidas pelo aluno, por isso servem de referência para seleção dos itens que devem compor a avaliação. Para melhor entendimento sobre os tópicos e descritores exigidos na Prova Brasil, é importante a apresentação da Matriz de Referência.
9
  • ELAINE CRISTINA DE VASCONCELOS ALCÂNTARA
  • POESIA NA ESCOLA – SEU ENSINO NA PERSPECTIVA DE FORMAÇÃO HOLÍSTICA.
  • Orientador : LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUCIANE DE PAULA
  • Data: 05/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação está vinculada ao Grupo de Estudo, Pesquisa e Intervenção em Leitura, Escrita e Literatura na Escola (LELIT) e ao Programa de Mestrado Profissional em Letras- PROFLETRAS. O objetivo era verificar de que forma a experiência literária vivenciada no ensino da poesia, realizado de forma sistemática, contribuiria para o ensino de língua materna e formação integral do indivíduo. Para isso se dialogou com a OLP, no gênero Poema, visando potencializar o ensino de língua no 6º ano. A pesquisa de natureza empírica-interventiva, portanto, pesquisa participante, aconteceu em uma escola da rede municipal do município de Santarém / PA nos anos de 2016 e 2017. A intervenção foi feita através de uma sequência didática (Poesia todo dia) pensada e aplicada pela professora/ pesquisadora em seis turmas de 6º ano. Nesta intervenção abordei o ensino de poesia e, consequentemente, o ensino de língua, de forma mais reflexiva buscando proporcionar aos alunos contato com cânones da arte poética e com o valor estético que a poesia possui enquanto arte e elemento formador holístico do indivíduo. Para tal busquei inspiração, dentre outros, em Cândido (1972), (2011), Freire (1987), Zilberman (2014) e Britto (1997), (2015). O corpus desta pesquisa foram as aulas de LP, registradas pontualmente através de vídeo, áudio e registros de diário de bordo (tanto da docente quanto dos discentes). As etapas da pesquisa seguiram os pressupostos de Minayo (2009) e deu-se em três etapas: 1. fase exploratória; 2. trabalho de campo; 3. análise e tratamento de material empírico e documental. Os resultados desta pesquisa apontam para a manutenção de uma lacuna de que ensinar? E isto se reflete na flutuação de papéis entre professor/ aluno e na indefinição ou subutilização de objetos de ensino como a poesia. Apontam ainda para a importância da formação continuada do docente, necessidade de conhecimento mínimo suficiente sobre os objetos de ensino e a possibilidade viável e real da formação omnilateral.

  • Mostrar Abstract
  • Esta dissertação está vinculada ao Grupo de Estudo, Pesquisa e Intervenção em Leitura, Escrita e Literatura na Escola (LELIT) e ao Programa de Mestrado Profissional em Letras- PROFLETRAS. O objetivo era verificar de que forma a experiência literária vivenciada no ensino da poesia, realizado de forma sistemática, contribuiria para o ensino de língua materna e formação integral do indivíduo. Para isso se dialogou com a OLP, no gênero Poema, visando potencializar o ensino de língua no 6º ano. A pesquisa de natureza empírica-interventiva, portanto, pesquisa participante, aconteceu em uma escola da rede municipal do município de Santarém / PA nos anos de 2016 e 2017. A intervenção foi feita através de uma sequência didática (Poesia todo dia) pensada e aplicada pela professora/ pesquisadora em seis turmas de 6º ano. Nesta intervenção abordei o ensino de poesia e, consequentemente, o ensino de língua, de forma mais reflexiva buscando proporcionar aos alunos contato com cânones da arte poética e com o valor estético que a poesia possui enquanto arte e elemento formador holístico do indivíduo. Para tal busquei inspiração, dentre outros, em Cândido (1972), (2011), Freire (1987), Zilberman (2014) e Britto (1997), (2015). O corpus desta pesquisa foram as aulas de LP, registradas pontualmente através de vídeo, áudio e registros de diário de bordo (tanto da docente quanto dos discentes). As etapas da pesquisa seguiram os pressupostos de Minayo (2009) e deu-se em três etapas: 1. fase exploratória; 2. trabalho de campo; 3. análise e tratamento de material empírico e documental. Os resultados desta pesquisa apontam para a manutenção de uma lacuna de que ensinar? E isto se reflete na flutuação de papéis entre professor/ aluno e na indefinição ou subutilização de objetos de ensino como a poesia. Apontam ainda para a importância da formação continuada do docente, necessidade de conhecimento mínimo suficiente sobre os objetos de ensino e a possibilidade viável e real da formação omnilateral.
10
  • FRANCINEIDE LIMA ABREU
  • Uma experiência de ensino de Língua Portuguesa sob a perspectiva da Educação Linguística
  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • LUCIANE DE PAULA
  • Data: 05/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho de pesquisa discute o ensino de língua materna sob a perspectiva da Educação Linguística (EL), a partir de uma proposta de intervenção aplicada em duas turmas do 6º ano de uma escola pública do município de Santarém do Pará, durante os meses de fevereiro a junho de 2017. A pergunta investigativa que norteou a realização deste trabalho foi a seguinte: Uma proposta de ensino numa perspectiva da EL é realmente eficaz para o desenvolvimento da competência comunicativa dos alunos? Assim, a pesquisa realizada teve como objetivo investigar a eficácia ou não de uma proposta metodológica para o ensino de língua materna no 6º ano numa perspectiva da EL comparada ao ensino tradicional. Para isso, apliquei sequências didáticas, que contemplam os eixos de ensino oralidade, leitura, produção textual e análise linguística, visando promover um ensino na perspectiva da EL. As discussões sobre EL e ensino de LP que embasaram esta pesquisa estão centradas nas ideias de Antunes (2003, 2007 e 2009), Bakhtin (2003), Bagno (2002, 2005 e 2007), Cosson (2009), Geraldi (1996 e 2010), Leal e Suassuna (2014), Machado (2002), Marcuschi (2001), Palma Turazza (2014), Rojo (2000 e 2012), Travaglia (2003), dentre outros. Os resultados apontam para a ampliação do repertório linguístico dos alunos e para a sua maior autonomia na realização das tarefas, revelando que o ensino de LP, na perspectiva da EL, contribui significativamente para a aumento da competência discursiva dos educandos.

  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho de pesquisa discute o ensino de língua materna sob a perspectiva da Educação Linguística (EL), a partir de uma proposta de intervenção aplicada em duas turmas do 6º ano de uma escola pública do município de Santarém do Pará, durante os meses de fevereiro a junho de 2017. A pergunta investigativa que norteou a realização deste trabalho foi a seguinte: Uma proposta de ensino numa perspectiva da EL é realmente eficaz para o desenvolvimento da competência comunicativa dos alunos? Assim, a pesquisa realizada teve como objetivo investigar a eficácia ou não de uma proposta metodológica para o ensino de língua materna no 6º ano numa perspectiva da EL comparada ao ensino tradicional. Para isso, apliquei sequências didáticas, que contemplam os eixos de ensino oralidade, leitura, produção textual e análise linguística, visando promover um ensino na perspectiva da EL. As discussões sobre EL e ensino de LP que embasaram esta pesquisa estão centradas nas ideias de Antunes (2003, 2007 e 2009), Bakhtin (2003), Bagno (2002, 2005 e 2007), Cosson (2009), Geraldi (1996 e 2010), Leal e Suassuna (2014), Machado (2002), Marcuschi (2001), Palma Turazza (2014), Rojo (2000 e 2012), Travaglia (2003), dentre outros. Os resultados apontam para a ampliação do repertório linguístico dos alunos e para a sua maior autonomia na realização das tarefas, revelando que o ensino de LP, na perspectiva da EL, contribui significativamente para a aumento da competência discursiva dos educandos.
11
  • ESTER RIBEIRO MACAMBIRA
  • O ENSINO DO GÊNERO CRÔNICA NA CONCEPÇÃO DA OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA O 1º ANO DO ENSINO MÉDIO
  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MÁRCIA CRISTINA GRECO OHUSCHI
  • Data: 05/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho apresenta uma proposta de ensino, de caráter interventiva, realizada na Escola Estadual Profa Onésima Pereira de Barros. Essa proposta tem como base o Programa Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo O Futuro. Portanto, partindo do modelo indicado pela OLP, a proposta foi aplicada e desenvolvida entre março a agosto de 2016. Desta forma, busca responder a seguinte proposição: De que forma um modelo de ensino proposto pela OLP, contribui para a leitura e escrita do gênero crônica no primeiro ano do ensino médio? Sendo assim, nosso objetivo se volta a investigar de que forma esta proposta cumpre seus objetivos no que tange à leitura e produção textual dos alunos. Dentro desse contexto, analisamos todo o processo metodológico desde a elaboração do plano de ensino da professora até a escolha final do texto que representou a escola no certame. No decorrer das oficinas, detectamos pontos que achamos relevantes, os quais discutimos no presente trabalho, como por exemplo, a heterogeneidade dos gêneros, as fronteiras existentes entre a crônica e outros gêneros, a didatização dos gêneros e outros. Tais pontos são debatidos com a finalidade de alargar a discussão em torno de uma proposta, como esta – a Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) – que tem como objeto de ensino os gêneros textuais. Valemo-nos de um corpus vasto com 181 produções textuais, vídeos, depoimentos, debates, diário de bordo, tanto da professora, quanto dos alunos, além da observação em sala de aula, durante todo o período de aplicação da proposta. Trazemos também um panorama geral da crônica, suas especificidades e como é trabalhada na OLP, além de contemplarmos diversos cronistas. Apontamos questões sobre os gêneros textuais, principais pesquisadores desses estudos e outros do campo da leitura e da produção de textos. Sempre num tom questionador, conduzimos a análise dos dados obtidos, sem perder de vista a seriedade da proposta que dispusemos em aplicar, muito menos o Programa da OLP. No entanto, nossas inquietações servem de reflexões para nos perguntarmos: O que ensinamos? Para quem ensinamos? Para que ensinamos isso? Ou seja, nos questionamos e, ao mesmo tempo, questionamos a nossa prática. Ao fazermos isso, produzimos ciência e temos a possibilidade de desvelar novas práticas no ensino de língua materna. Então, durante a dissertação, teóricos como Geraldi, Marcuschi, Britto, Bakhtin, Candido, Dolz & Schneuwly e outros, serão recorrentes. Os resultados apontam como satisfatória a proposta e seus desdobramentos. Foi, sem dúvida, salutar as atividades realizadas durante o processo, tanto na leitura quanto na produção textual dos alunos, que superaram as expectativas. Mesmo assim, fica a reflexão de que toda proposta é passível de limitações. Não é única, nem tampouco fechada ou acabada, uma vez que o ensino pautado nos gêneros textuais, apesar de estar em evidência, suscita cautela, pois delimitá-los, vai de encontro à própria natureza da língua.

  • Mostrar Abstract
  • O presente trabalho apresenta uma proposta de ensino, de caráter interventiva, realizada na Escola Estadual Profa Onésima Pereira de Barros. Essa proposta tem como base o Programa Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo O Futuro. Portanto, partindo do modelo indicado pela OLP, a proposta foi aplicada e desenvolvida entre março a agosto de 2016. Desta forma, busca responder a seguinte proposição: De que forma um modelo de ensino proposto pela OLP, contribui para a leitura e escrita do gênero crônica no primeiro ano do ensino médio? Sendo assim, nosso objetivo se volta a investigar de que forma esta proposta cumpre seus objetivos no que tange à leitura e produção textual dos alunos. Dentro desse contexto, analisamos todo o processo metodológico desde a elaboração do plano de ensino da professora até a escolha final do texto que representou a escola no certame. No decorrer das oficinas, detectamos pontos que achamos relevantes, os quais discutimos no presente trabalho, como por exemplo, a heterogeneidade dos gêneros, as fronteiras existentes entre a crônica e outros gêneros, a didatização dos gêneros e outros. Tais pontos são debatidos com a finalidade de alargar a discussão em torno de uma proposta, como esta – a Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) – que tem como objeto de ensino os gêneros textuais. Valemo-nos de um corpus vasto com 181 produções textuais, vídeos, depoimentos, debates, diário de bordo, tanto da professora, quanto dos alunos, além da observação em sala de aula, durante todo o período de aplicação da proposta. Trazemos também um panorama geral da crônica, suas especificidades e como é trabalhada na OLP, além de contemplarmos diversos cronistas. Apontamos questões sobre os gêneros textuais, principais pesquisadores desses estudos e outros do campo da leitura e da produção de textos. Sempre num tom questionador, conduzimos a análise dos dados obtidos, sem perder de vista a seriedade da proposta que dispusemos em aplicar, muito menos o Programa da OLP. No entanto, nossas inquietações servem de reflexões para nos perguntarmos: O que ensinamos? Para quem ensinamos? Para que ensinamos isso? Ou seja, nos questionamos e, ao mesmo tempo, questionamos a nossa prática. Ao fazermos isso, produzimos ciência e temos a possibilidade de desvelar novas práticas no ensino de língua materna. Então, durante a dissertação, teóricos como Geraldi, Marcuschi, Britto, Bakhtin, Candido, Dolz & Schneuwly e outros, serão recorrentes. Os resultados apontam como satisfatória a proposta e seus desdobramentos. Foi, sem dúvida, salutar as atividades realizadas durante o processo, tanto na leitura quanto na produção textual dos alunos, que superaram as expectativas. Mesmo assim, fica a reflexão de que toda proposta é passível de limitações. Não é única, nem tampouco fechada ou acabada, uma vez que o ensino pautado nos gêneros textuais, apesar de estar em evidência, suscita cautela, pois delimitá-los, vai de encontro à própria natureza da língua.
12
  • MARCIA ALESSANDRA DE FREITAS LEMOS
  • ALÉM DA VITRINE: DE ESPECTADOR A LEITOR - UMA PROPOSTA DE LEITURA DE LITERATURA BRASILEIRA DE EXPRESSÃO AMAZÔNICA NO 9o ANO
  • Orientador : EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • FRANCISCO EDSON SOUSA DE OLIVEIRA
  • Data: 06/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho pretende discutir como a leitura literária acontece na escola e compreender que fatores têm contribuído para o seu fracasso e quais são importantes para que possa haver uma recondução do fazer pedagógico no que se refere tanto ao acesso quanto à forma de trabalhar a leitura em sala de aula. Após essas reflexões teóricas importantes, conduzidas, principalmente, por Britto (2012), Castrillón (2011), Cândido (2011), Colomer (2007), Cosson (2011), Geraldi (2006), Antunes (2003), Zilberman (2009), Lajolo (2005), Marcuschi (2008), Machado (2002) dentre outros, propõe-se um trabalho com leitura, oralidade e escrita buscando o diálogo entre o folclórico e a Literatura Brasileira de Expressão Amazônica. A pesquisa realizada é denominada pesquisa participante, onde professor e pesquisador são a mesma pessoa. A intervenção se justifica pelo fato de o lócus de pesquisa possuir evento de valorização cultural e portanto propício à proposta de ensino que vise o diálogo entre o saber popular e a literatura canônica. No decorrer do fazer pedagógico, busco entender de que forma uma proposta pedagógica que vise diálogo entre folclore e textos de Literatura Brasileira de Expressão Amazônica pode contribuir para as práticas de linguagem, nas aulas de língua portuguesa, no 9o ano do Ensino Fundamental. Os resultados da pesquisa apontam que os textos de expressão Amazônia foram bem aceitos pelos alunos, por fazerem parte do seu universo sociocultural, e que, a partir da leitura deles, os alunos obtiveram bom desempenho tanto em atividades de oralidade quanto de escrita. O texto avalia ainda, os limites e possibilidade da proposta aplicada, e as mudanças que as discursões teóricas provocam na professora pesquisadora.

  • Mostrar Abstract
  • O presente trabalho pretende discutir como a leitura literária acontece na escola e compreender que fatores têm contribuído para o seu fracasso e quais são importantes para que possa haver uma recondução do fazer pedagógico no que se refere tanto ao acesso quanto à forma de trabalhar a leitura em sala de aula. Após essas reflexões teóricas importantes, conduzidas, principalmente, por Britto (2012), Castrillón (2011), Cândido (2011), Colomer (2007), Cosson (2011), Geraldi (2006), Antunes (2003), Zilberman (2009), Lajolo (2005), Marcuschi (2008), Machado (2002) dentre outros, propõe-se um trabalho com leitura, oralidade e escrita buscando o diálogo entre o folclórico e a Literatura Brasileira de Expressão Amazônica. A pesquisa realizada é denominada pesquisa participante, onde professor e pesquisador são a mesma pessoa. A intervenção se justifica pelo fato de o lócus de pesquisa possuir evento de valorização cultural e portanto propício à proposta de ensino que vise o diálogo entre o saber popular e a literatura canônica. No decorrer do fazer pedagógico, busco entender de que forma uma proposta pedagógica que vise diálogo entre folclore e textos de Literatura Brasileira de Expressão Amazônica pode contribuir para as práticas de linguagem, nas aulas de língua portuguesa, no 9o ano do Ensino Fundamental. Os resultados da pesquisa apontam que os textos de expressão Amazônia foram bem aceitos pelos alunos, por fazerem parte do seu universo sociocultural, e que, a partir da leitura deles, os alunos obtiveram bom desempenho tanto em atividades de oralidade quanto de escrita. O texto avalia ainda, os limites e possibilidade da proposta aplicada, e as mudanças que as discursões teóricas provocam na professora pesquisadora.
13
  • WILDER MAX VIEIRA DOS SANTOS
  • NARRATIVAS AMAZÔNICAS: UMA PROPOSTA DE ENSINO COM A LITERATURA BRASILEIRA DE EXPRESSÃO AMAZÔNICA
  • Orientador : EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • FRANCISCO EDSON SOUSA DE OLIVEIRA
  • Data: 06/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Em face da importância da leitura literária nas aulas de língua portuguesa, esta dissertação teve como objetivo apresentar e desenvolver uma proposta de ensino constituída de uma sequência de atividades interventivas que auxiliem na formação de leitores nessa perspectiva da língua, a partir de um trabalho com as narrativas amazônicas, através de práticas de leitura, oralidade, produção textual escrita e análise literária em turmas do 9o ano do Ensino Fundamental. Do ponto de vista teórico, a importância dessa proposta está em conceber o trabalho com a literatura a partir de uma perspectiva regional, no sentido de se desconstruir paradigmas e preconceitos com a cultura local, expressos através das desigualdades sociais e educacionais, historicamente construídas. Do ponto de vista social e prático, esta dissertação permitiu verificar que o trabalho com a literatura brasileira de expressão amazônica pode atender às reais necessidades dos alunos do Ensino Fundamental, notadamente do 9o ano. Desta forma, o trabalho se orientou por uma metodologia que se materializou inicialmente na pesquisa bibliográfica, em busca de referencial teórico e de estudiosos da área que fundamentassem a pesquisa. Posteriormente, foi elaborada e aplicada a proposta de ensino, cujos resultados foram considerados satisfatórios, na medida em que os alunos demonstraram que adquiriram novos conhecimentos e se perceberam como parte do processo. Assim, tal proposta se constitui como um produto didático pedagógico que pode ser flexível, considerando a realidade de cada ambiente escolar. Dessa forma, esperamos contribuir para o sucesso dos alunos no Ensino Fundamental, favorecendo a eles não só a construção de sua formação leitora, mas sobretudo a gradual evolução de sua consciência literária.

  • Mostrar Abstract
  • Em face da importância da leitura literária nas aulas de língua portuguesa, esta dissertação teve como objetivo apresentar e desenvolver uma proposta de ensino constituída de uma sequência de atividades interventivas que auxiliem na formação de leitores nessa perspectiva da língua, a partir de um trabalho com as narrativas amazônicas, através de práticas de leitura, oralidade, produção textual escrita e análise literária em turmas do 9o ano do Ensino Fundamental. Do ponto de vista teórico, a importância dessa proposta está em conceber o trabalho com a literatura a partir de uma perspectiva regional, no sentido de se desconstruir paradigmas e preconceitos com a cultura local, expressos através das desigualdades sociais e educacionais, historicamente construídas. Do ponto de vista social e prático, esta dissertação permitiu verificar que o trabalho com a literatura brasileira de expressão amazônica pode atender às reais necessidades dos alunos do Ensino Fundamental, notadamente do 9o ano. Desta forma, o trabalho se orientou por uma metodologia que se materializou inicialmente na pesquisa bibliográfica, em busca de referencial teórico e de estudiosos da área que fundamentassem a pesquisa. Posteriormente, foi elaborada e aplicada a proposta de ensino, cujos resultados foram considerados satisfatórios, na medida em que os alunos demonstraram que adquiriram novos conhecimentos e se perceberam como parte do processo. Assim, tal proposta se constitui como um produto didático pedagógico que pode ser flexível, considerando a realidade de cada ambiente escolar. Dessa forma, esperamos contribuir para o sucesso dos alunos no Ensino Fundamental, favorecendo a eles não só a construção de sua formação leitora, mas sobretudo a gradual evolução de sua consciência literária.
14
  • CLARA CORRÊA MARINHO
  • TRABALHANDO A VARIAÇÃO LINGUÍSTICA NA ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO 9º ANO FUNDAMENTAL
  • Orientador : EDIENE PENA FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MARILUCIA BARROS DE OLIVEIRA
  • Data: 06/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação versa sobre um estudo de caráter experimental realizado com alunos do 9º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Antônio Belo de Carvalho, sobre variação linguística. Para tanto, desenvolvemos um projeto interventivo inspirado nas sugestões indicadas por Castilho (2014) no âmbito da pesquisa acerca da diversidade do português brasileiro. O objetivo central foi verificar como uma proposta interventiva sobre variação linguística poderia influenciar para uma mudança na concepção de língua dos alunos. Para isso, construímos e testamos nosso próprio produto didático, um pequeno guia composto de textos e atividades relacionadas a cada tema norteador. Através da pesquisa-ação realizamos o trabalho a partir de dois momentos distintos. Na etapa teórica, os alunos-pesquisadores participaram de cinco encontros temáticos, a saber: De onde vem a língua que falamos? Ser brasileiro é falar só português? A variação linguística, Linguagens paraenses, Norma culta: uma necessidade social. Já na etapa prática, os alunos-pesquisadores foram a campo e, sob nosso acompanhamento e supervisão, realizaram visitas a lugares diversos (como o asilo, a feira, o instituto cultural Boanerges Sena e a Câmara de vereadores) entrevistando informantes e gravando as interações para posterior transcrição.O resultado da pesquisa de campo dos alunos foi discutido durante Rodas de conversas e registrado individualmente no Diário de bordo que assim como nosso Caderno de atividades (produto didático) subsidiaram as análises contidas nesta dissertação.Com com o encerramento de nossa intervenção, constatamos que o olhar dos alunos-pesquisadores sobre a língua foi sensivelmente impactado por tudo que vivenciaram . Os depoimentos nos diários de bordo indiciaram não apenas o reconhecimento do fenômeno da variação como elemento natural da língua, mas também uma tendência para o respeito linguístico diante de formas tidas como estigmatizadas pela tradição gramatical. Do ponto de vista linguístico, essa nova postura a partir da intervenção representa um passo importante que corrobora a pertinência e a necessidade de um ensino de língua ensejado pela reflexão, pela observação de fenômenos como a variação e finalmente pelo respeito ao outro. O trabalho fundamentou-se nos pressupostos teóricos da Sociolinguística e teve como escopo dar destaque a variação como forma de refletir sobre a própria língua, sobre sua heterogeneidade e sobre as ideologias e preconceitos que por ela são transmitidos.

  • Mostrar Abstract
  • Esta dissertação versa sobre um estudo de caráter experimental realizado com alunos do 9º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Antônio Belo de Carvalho, sobre variação linguística. Para tanto, desenvolvemos um projeto interventivo inspirado nas sugestões indicadas por Castilho (2014) no âmbito da pesquisa acerca da diversidade do português brasileiro. O objetivo central foi verificar como uma proposta interventiva sobre variação linguística poderia influenciar para uma mudança na concepção de língua dos alunos. Para isso, construímos e testamos nosso próprio produto didático, um pequeno guia composto de textos e atividades relacionadas a cada tema norteador. Através da pesquisa-ação realizamos o trabalho a partir de dois momentos distintos. Na etapa teórica, os alunos-pesquisadores participaram de cinco encontros temáticos, a saber: De onde vem a língua que falamos? Ser brasileiro é falar só português? A variação linguística, Linguagens paraenses, Norma culta: uma necessidade social. Já na etapa prática, os alunos-pesquisadores foram a campo e, sob nosso acompanhamento e supervisão, realizaram visitas a lugares diversos (como o asilo, a feira, o instituto cultural Boanerges Sena e a Câmara de vereadores) entrevistando informantes e gravando as interações para posterior transcrição.O resultado da pesquisa de campo dos alunos foi discutido durante Rodas de conversas e registrado individualmente no Diário de bordo que assim como nosso Caderno de atividades (produto didático) subsidiaram as análises contidas nesta dissertação.Com com o encerramento de nossa intervenção, constatamos que o olhar dos alunos-pesquisadores sobre a língua foi sensivelmente impactado por tudo que vivenciaram . Os depoimentos nos diários de bordo indiciaram não apenas o reconhecimento do fenômeno da variação como elemento natural da língua, mas também uma tendência para o respeito linguístico diante de formas tidas como estigmatizadas pela tradição gramatical. Do ponto de vista linguístico, essa nova postura a partir da intervenção representa um passo importante que corrobora a pertinência e a necessidade de um ensino de língua ensejado pela reflexão, pela observação de fenômenos como a variação e finalmente pelo respeito ao outro. O trabalho fundamentou-se nos pressupostos teóricos da Sociolinguística e teve como escopo dar destaque a variação como forma de refletir sobre a própria língua, sobre sua heterogeneidade e sobre as ideologias e preconceitos que por ela são transmitidos.
15
  • JONAS DE SOUSA NERES
  • “COMO ASSIM VOCÊ NÃO ENTENDEU?” - O que dizem os professores de língua portuguesa sobre alunos em situação de fracasso escolar
  • Orientador : LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALCIDES FERNANDES DE LIMA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 06/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como objetivo compreender o que diz o docente de Língua Portuguesa das dificuldades de aprendizagem de estudantes do Ensino Fundamental, considerando seu aprendizado abaixo das expectativas. Estes alunos engrossam as fileiras do fracasso escolar, configurado não somente por índices de reprovação e abandono, mas principalmente pelos baixos níveis de aprendizado em leitura e escrita. Uma questão fundamentalmente importante do fracasso escolar é entender a relação do aluno com o saber, nem sempre condizente com o que espera a escola. Além disso, o fracasso deve ser entendido em seu caráter multidimensional, no qual se correlacionam dimensões, tais como, o contexto econômico e social, a família, a organização do sistema educacional, o funcionamento das escolas, a prática docente na sala de aula e a disposição do aluno para a aprendizagem. No bojo dessas considerações, há a perspectiva do ensino de língua portuguesa centrada na reflexão e usos da língua a partir do texto, como forma mais apropriada de superar as dificuldades do aluno e educar para a cidadania. Para analisar o que dizem os professores, realizou-se enquete com questionário de perguntas abertas, respondidas de forma escrita por trinta professores de Língua Portuguesa do 6° ao 9° ano da rede pública municipal da zona urbana de Altamira-PA. Informações também foram obtidas em entrevistas gravadas com alguns desses trinta professores, com base no que se percebeu mais significativo na enquete. Os resultados indicam que os alunos em situação de fracasso escolar estão mal alfabetizados, apresentam problemas de leitura, escrita e oralidade, baixa autoestima e se aproximam do perfil de analfabetos funcionais; a responsabilidade sobre esta situação recai principalmente sobre a família e o aluno, considerado, muitas vezes, desinteressado; o professor de língua portuguesa, em menor proporção, também se responsabiliza; a escola é questionada pois parece mais preocupada com resultados quantitativos, negligenciando muitas vezes o atendimento aos alunos com mais dificuldade. Apesar do esforço empreendido pelos docentes, os resultados nem sempre são expressivos, pois o problema do fracasso escolar não é tratado adequadamente.

  • Mostrar Abstract
  • O presente trabalho tem como objetivo compreender o que diz o docente de Língua Portuguesa das dificuldades de aprendizagem de estudantes do Ensino Fundamental, considerando seu aprendizado abaixo das expectativas. Estes alunos engrossam as fileiras do fracasso escolar, configurado não somente por índices de reprovação e abandono, mas principalmente pelos baixos níveis de aprendizado em leitura e escrita. Uma questão fundamentalmente importante do fracasso escolar é entender a relação do aluno com o saber, nem sempre condizente com o que espera a escola. Além disso, o fracasso deve ser entendido em seu caráter multidimensional, no qual se correlacionam dimensões, tais como, o contexto econômico e social, a família, a organização do sistema educacional, o funcionamento das escolas, a prática docente na sala de aula e a disposição do aluno para a aprendizagem. No bojo dessas considerações, há a perspectiva do ensino de língua portuguesa centrada na reflexão e usos da língua a partir do texto, como forma mais apropriada de superar as dificuldades do aluno e educar para a cidadania. Para analisar o que dizem os professores, realizou-se enquete com questionário de perguntas abertas, respondidas de forma escrita por trinta professores de Língua Portuguesa do 6° ao 9° ano da rede pública municipal da zona urbana de Altamira-PA. Informações também foram obtidas em entrevistas gravadas com alguns desses trinta professores, com base no que se percebeu mais significativo na enquete. Os resultados indicam que os alunos em situação de fracasso escolar estão mal alfabetizados, apresentam problemas de leitura, escrita e oralidade, baixa autoestima e se aproximam do perfil de analfabetos funcionais; a responsabilidade sobre esta situação recai principalmente sobre a família e o aluno, considerado, muitas vezes, desinteressado; o professor de língua portuguesa, em menor proporção, também se responsabiliza; a escola é questionada pois parece mais preocupada com resultados quantitativos, negligenciando muitas vezes o atendimento aos alunos com mais dificuldade. Apesar do esforço empreendido pelos docentes, os resultados nem sempre são expressivos, pois o problema do fracasso escolar não é tratado adequadamente.
16
  • SELMIR SOUSA DA SILVA
  • LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS: A CONTRIBUIÇÃO DA OLP PARA O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA ATRAVÉS DO GÊNERO POEMA NO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MÁRCIA CRISTINA GRECO OHUSCHI
  • Data: 06/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem o propósito de relatar a aplicação da proposta da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) e avaliar quais as contribuições desta para o ensino dos gêneros textuais, especificamente para o gênero poema no 6º Ano. A aplicação da proposta ocorreu com as turmas do 6º ano A e B, de uma escola pública do município de Santarém do Pará, durante os meses de abril a agosto de 2016. Em forma de relato e com a postura do professor reflexivo, com bases etnográficas, busco reflexões com estudiosos da Língua, tanto na modalidade oral quanto escrita, através de livros, e respostas a vários questionamentos dentre eles: ensina-se o fazer poético? E quais os aspectos ensináveis do poema para o 6º Ano? Assim, as ações realizadas tiveram o objetivo de verificar, na prática, a eficácia da sequência didática proposta pela OLP para o ensino de poema no 6º ano, partindo da perspectiva sociointeracionista da língua. No entanto, houve alterações e intervenções na realização das atividades que compõem as 15 oficinas previstas pela OLP. As discussões teóricas que embasaram esta pesquisa estão centradas nas ideias em especial do filósofo Bakhtin, e há o diálogo com Britto, Antunes, Cosson, Dolz, Schneuwly, Ferrarezi Jr e Carvalho, Freire, Gebara, Geraldi, Kleiman, Marcuschi, Moura, dentre outros. Os resultados apontam para a ampliação do conhecimento do lugar por parte dos alunos e da professora, o que comprova que o estudo de língua especificamente no que diz respeito à leitura e produção textual, quando aproximados do contexto, apresentam melhores resultados. A OLP ao propor que se volte o olhar para não só ver, mas enxergar o lugar onde vivem os alunos, torna-os sujeitos e assim cumpre o seu principal objetivo que é perseguir o iletrismo, no sentido mais significativo do ato de ler. Neste sentido, contribui significativamente para a ampliação do conhecimento e da competência discursiva, tanto na modalidade oral quanto escrita, dos envolvidos diretamente no processo de ensino aprendizagem que são o professor e seus alunos.

  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho tem o propósito de relatar a aplicação da proposta da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) e avaliar quais as contribuições desta para o ensino dos gêneros textuais, especificamente para o gênero poema no 6º Ano. A aplicação da proposta ocorreu com as turmas do 6º ano A e B, de uma escola pública do município de Santarém do Pará, durante os meses de abril a agosto de 2016. Em forma de relato e com a postura do professor reflexivo, com bases etnográficas, busco reflexões com estudiosos da Língua, tanto na modalidade oral quanto escrita, através de livros, e respostas a vários questionamentos dentre eles: ensina-se o fazer poético? E quais os aspectos ensináveis do poema para o 6º Ano? Assim, as ações realizadas tiveram o objetivo de verificar, na prática, a eficácia da sequência didática proposta pela OLP para o ensino de poema no 6º ano, partindo da perspectiva sociointeracionista da língua. No entanto, houve alterações e intervenções na realização das atividades que compõem as 15 oficinas previstas pela OLP. As discussões teóricas que embasaram esta pesquisa estão centradas nas ideias em especial do filósofo Bakhtin, e há o diálogo com Britto, Antunes, Cosson, Dolz, Schneuwly, Ferrarezi Jr e Carvalho, Freire, Gebara, Geraldi, Kleiman, Marcuschi, Moura, dentre outros. Os resultados apontam para a ampliação do conhecimento do lugar por parte dos alunos e da professora, o que comprova que o estudo de língua especificamente no que diz respeito à leitura e produção textual, quando aproximados do contexto, apresentam melhores resultados. A OLP ao propor que se volte o olhar para não só ver, mas enxergar o lugar onde vivem os alunos, torna-os sujeitos e assim cumpre o seu principal objetivo que é perseguir o iletrismo, no sentido mais significativo do ato de ler. Neste sentido, contribui significativamente para a ampliação do conhecimento e da competência discursiva, tanto na modalidade oral quanto escrita, dos envolvidos diretamente no processo de ensino aprendizagem que são o professor e seus alunos.
2016
Dissertações
1
  • PAULO HENRIQUE VIEIRA DE BARROS
  • Por um ensino de língua portuguesa mediado pelo facebook: uma proposta pedagógica para Escola Municipal de Ensino Fundamental Felipe Patroni – Óbidos/PA
  • Orientador : ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREI SANTOS DE MORAIS
  • EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
  • ELIANE PEREIRA MACHADO SOARES
  • Data: 21/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • À luz desse entendimento, fazendo uma análise a partir de observações empíricas acerca das práticas pedagógicas no contexto das salas de aula na contemporaneidade; nós, docentes, ainda nos encontramos muito alheios às informações, domínio das tecnologias digitais e quais são as suas vantagens para a melhoria do ensino-e-aprendizagem. Via de regra, preferimos ficar quietos na nossa zona de conforto a ousar redimensionar a dinâmica das aulas tendo como aliado didático e pedagógico as tecnologias digitais. Estar inserido na era digital não se configura somente por possuir uma conta de e-mail, digitar e imprimir texto. É necessário mais que isso. É mister também interagir e produzir conteúdo digital, e deixarmos de sermos apenas espectadores ou usuários de suas ferramentas. É fundamental compreendermos que a sociedade em que vivemos é marcada pelas tecnologias de informação e comunicação, onde as redes sociais podem ser consideradas como elemento para potencializar um ensino e aprendizagem atrativos aproximando, assim, docentes da realidade dos discentes.

  • Mostrar Abstract
  • À luz desse entendimento, fazendo uma análise a partir de observações empíricas acerca das práticas pedagógicas no contexto das salas de aula na contemporaneidade; nós, docentes, ainda nos encontramos muito alheios às informações, domínio das tecnologias digitais e quais são as suas vantagens para a melhoria do ensino-e-aprendizagem. Via de regra, preferimos ficar quietos na nossa zona de conforto a ousar redimensionar a dinâmica das aulas tendo como aliado didático e pedagógico as tecnologias digitais. Estar inserido na era digital não se configura somente por possuir uma conta de e-mail, digitar e imprimir texto. É necessário mais que isso. É mister também interagir e produzir conteúdo digital, e deixarmos de sermos apenas espectadores ou usuários de suas ferramentas. É fundamental compreendermos que a sociedade em que vivemos é marcada pelas tecnologias de informação e comunicação, onde as redes sociais podem ser consideradas como elemento para potencializar um ensino e aprendizagem atrativos aproximando, assim, docentes da realidade dos discentes.
2
  • MARIA SIMONE DA COSTA MOREIRA
  • O ENSINO DO ARTIGO DE OPINIÃO NA PERSPECTIVA DA OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA
  • Orientador : LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MÁRCIA CRISTINA GRECO OHUSCHI
  • Data: 21/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • No presente trabalho, propus-me abordar ―O ensino do artigo de opinião na perspectiva da Olimpíada de Língua Portuguesa‖, a partir de uma pesquisa de caráter qualitativo-interpretativo, de cunho etnográfico e de natureza aplicada, ou seja, de uma pesquisa de intervenção. O objetivo geral foi investigar como se propõe e como se realiza, no âmbito da Olimpíada de Língua Portuguesa, o ensino do gênero artigo de opinião, por meio de uma pesquisa-ação na Escola de Ensino Médio São José, no município de Óbidos- Pará.

  • Mostrar Abstract
  • No presente trabalho, propus-me abordar ―O ensino do artigo de opinião na perspectiva da Olimpíada de Língua Portuguesa‖, a partir de uma pesquisa de caráter qualitativo-interpretativo, de cunho etnográfico e de natureza aplicada, ou seja, de uma pesquisa de intervenção. O objetivo geral foi investigar como se propõe e como se realiza, no âmbito da Olimpíada de Língua Portuguesa, o ensino do gênero artigo de opinião, por meio de uma pesquisa-ação na Escola de Ensino Médio São José, no município de Óbidos- Pará.
3
  • JOELMA SA FIGUEIREDO
  • ENSINO DE GRAMÁTICA: RENOVANDO AS PRÁTICAS ESCOLARES E INSERINDO O ALUNO EM SEU PROCESSO DE FORMAÇÃO
  • Orientador : EDIENE PENA FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MÁRCIA TEIXEIRA NOGUEIRA
  • Data: 21/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo tem como objetivo analisar e descrever o resultado do processo de ensinoaprendizagem da gramática da Língua Portuguesa falada e escrita, utilizando a proposta metodológica do professor Ataliba de Castilho, explicitada em seu livro “A língua falada no Ensino de Português” (2014). Para isso, elaborou-se uma pesquisa bibliográfica fundamentada nos estudiosos Castilho (2014), Neves (2014), Possenti (2012), Franchi (2006), Marcuschi, (2010) Britto (1997), Antunes (2007), Geraldi (2012), entre outros; e de campo a partir de um projeto de intervenção executado com alunos do primeiro ano do ensino médio, que subsidia a dissertação que aqui se apresenta. A pesquisa caracteriza-se como abordagem qualitativa, e como instrumento de coleta de dados utilizou-se o diário de bordo e a observação participante, registrada sob forma de vídeos e fotos, cujas atividades foram descritas e analisadas. Os sujeitos participantes da pesquisa foram trinta e dois alunos do 1º ano do ensino médio de uma escola pública de Santarém. Os resultados da pesquisa mostram que a inovação da prática pedagógica é essencial ao desenvolvimento do aluno. Nesse sentido, buscou-se proporcionar a abertura do pensamento, a formação da consciência linguística por meio de um ensino “aberto” de gramática da língua portuguesa falada e escrita. Conclui-se que a proposta de Ataliba consegue inserir o aluno em seu processo educativo levando-o à formação de um pensamento crítico sobre sua língua

  • Mostrar Abstract
  • Este estudo tem como objetivo analisar e descrever o resultado do processo de ensinoaprendizagem da gramática da Língua Portuguesa falada e escrita, utilizando a proposta metodológica do professor Ataliba de Castilho, explicitada em seu livro “A língua falada no Ensino de Português” (2014). Para isso, elaborou-se uma pesquisa bibliográfica fundamentada nos estudiosos Castilho (2014), Neves (2014), Possenti (2012), Franchi (2006), Marcuschi, (2010) Britto (1997), Antunes (2007), Geraldi (2012), entre outros; e de campo a partir de um projeto de intervenção executado com alunos do primeiro ano do ensino médio, que subsidia a dissertação que aqui se apresenta. A pesquisa caracteriza-se como abordagem qualitativa, e como instrumento de coleta de dados utilizou-se o diário de bordo e a observação participante, registrada sob forma de vídeos e fotos, cujas atividades foram descritas e analisadas. Os sujeitos participantes da pesquisa foram trinta e dois alunos do 1º ano do ensino médio de uma escola pública de Santarém. Os resultados da pesquisa mostram que a inovação da prática pedagógica é essencial ao desenvolvimento do aluno. Nesse sentido, buscou-se proporcionar a abertura do pensamento, a formação da consciência linguística por meio de um ensino “aberto” de gramática da língua portuguesa falada e escrita. Conclui-se que a proposta de Ataliba consegue inserir o aluno em seu processo educativo levando-o à formação de um pensamento crítico sobre sua língua
4
  • IVANETE DA SILVA PAIXÃO
  • ONDE TERMINA A CRÔNICA E COMEÇA O ARTIGO DE OPINIÃO OU VICE-VERSA?
  • Orientador : LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • JOÃO WANDERLEY GERALDI
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • Data: 22/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem o compromisso conceitual e teórico de contribuir para melhorar a discussão e a flexibilidade das questões sobre produção de texto em sala de aula e é destinado, em especial, a professores de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental e Médio. Não pretende resolver todos os problemas do uso dos gêneros textuais em sala de aula e, talvez, sequer consiga apresentar uma solução para a questão específica que levanta. Se causar inquietude, problematização, reflexão e dúvidas já terá cumprido seu papel, pois se abre a oportunidade de discutir e repensar verdades cristalizadas e comumente adotadas como parâmetros para o ensino de Língua Portuguesa.

  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho tem o compromisso conceitual e teórico de contribuir para melhorar a discussão e a flexibilidade das questões sobre produção de texto em sala de aula e é destinado, em especial, a professores de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental e Médio. Não pretende resolver todos os problemas do uso dos gêneros textuais em sala de aula e, talvez, sequer consiga apresentar uma solução para a questão específica que levanta. Se causar inquietude, problematização, reflexão e dúvidas já terá cumprido seu papel, pois se abre a oportunidade de discutir e repensar verdades cristalizadas e comumente adotadas como parâmetros para o ensino de Língua Portuguesa.
5
  • MARILEY SIMONE CORRÊA TAVARES
  • (In)adequações Curriculares no Ensino de Língua Portuguesa: planos de ensino e práticas docentes de três escolas do município de Santarém-Pará.
  • Orientador : ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • MARY ELIZABETH CERUTTI RIZZATTI
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 22/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho de pesquisa o qual visa discorrer sobre o ensino de Língua Portuguesa e as possíveis (in)adequações curriculares temos como objetivo maior analisar em que medida está às (in)adequações curriculares e docentes no que se refere ao ensino de Língua Portuguesa no 9º ano do Fundamental II em escolas da rede municipal de ensino – Santarém – Pará e como objetivos específicos discutir o contexto legal, pedagógico e didático dos Currículos das escolas pesquisadas no que se referem ao ensino de Língua Portuguesa; observar professores e suas práticas para que estas sejam analisadas até que ponto encontram-se na contramão com as diretrizes e documentos que postulam e regem o ensino de Língua Portuguesa; identificar os instrumentos metodológicos e didáticos utilizados pelos professores de Língua Portuguesa.

  • Mostrar Abstract
  • Neste trabalho de pesquisa o qual visa discorrer sobre o ensino de Língua Portuguesa e as possíveis (in)adequações curriculares temos como objetivo maior analisar em que medida está às (in)adequações curriculares e docentes no que se refere ao ensino de Língua Portuguesa no 9º ano do Fundamental II em escolas da rede municipal de ensino – Santarém – Pará e como objetivos específicos discutir o contexto legal, pedagógico e didático dos Currículos das escolas pesquisadas no que se referem ao ensino de Língua Portuguesa; observar professores e suas práticas para que estas sejam analisadas até que ponto encontram-se na contramão com as diretrizes e documentos que postulam e regem o ensino de Língua Portuguesa; identificar os instrumentos metodológicos e didáticos utilizados pelos professores de Língua Portuguesa.
6
  • EDILCILENE DA SILVA ALBARADO
  • História para contar histórias: A oralidade como objeto de ensino na escola
  • Orientador : ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA VIEIRA SILVA
  • JOÃO WANDERLEY GERALDI
  • LAURO ROBERTO DO CARMO FIGUEIRA
  • Data: 22/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo tem como foco central o desenvolvimento de uma pesquisa sobre o trabalho com a oralidade no ambiente escolar, que pretende, a partir da sistematização de dados coletados junto a contadores de histórias do imaginário amazônico, produzir material didático-pedagógico que reúna cultura oral local e o trabalho com a oralidade na escola, para serem usados nas aulas de língua portuguesa. O material visa contribuir com o professor que tanto tem se questionado sobre como trabalhar com a modalidade oral da língua, no ambiente educacional. A proposta de ensino é direcionada aos docentes das séries finais do ensino fundamental (6º ao 9° ano), e se constitui a partir da recolha de narrativas culturais orais em vídeos, selecionadas do ponto de vista do enredo e de aspectos da oralidade para ser disponibilizado, em documento eletrônico, com uma sequência didática, organizada em um conjunto de atividades com instruções para o tratamento da oralidade como objeto de ensino. As atividades propostas estão voltadas para o conhecimento, a compreensão e reflexão sobre a língua, assim como para a ampliação do repertório linguístico do aluno, além do estímulo à sua autonomia criativa e a valoração da experiência de seus antecedentes, de sua identidade cultural e linguística, incitando um novo olhar deste a cerca da realidade e de perspectivas de transformação. Assim, pretende-se instigar não só o trabalho com a oralidade na sala de aula, mas contribuir para a prática do professor com um material de suporte para a vivência de uma metodologia produtiva e atrativa para o ensino de língua portuguesa.  

  • Mostrar Abstract
  • Este estudo tem como foco central o desenvolvimento de uma pesquisa sobre o trabalho com a oralidade no ambiente escolar, que pretende, a partir da sistematização de dados coletados junto a contadores de histórias do imaginário amazônico, produzir material didático-pedagógico que reúna cultura oral local e o trabalho com a oralidade na escola, para serem usados nas aulas de língua portuguesa. O material visa contribuir com o professor que tanto tem se questionado sobre como trabalhar com a modalidade oral da língua, no ambiente educacional. A proposta de ensino é direcionada aos docentes das séries finais do ensino fundamental (6º ao 9° ano), e se constitui a partir da recolha de narrativas culturais orais em vídeos, selecionadas do ponto de vista do enredo e de aspectos da oralidade para ser disponibilizado, em documento eletrônico, com uma sequência didática, organizada em um conjunto de atividades com instruções para o tratamento da oralidade como objeto de ensino. As atividades propostas estão voltadas para o conhecimento, a compreensão e reflexão sobre a língua, assim como para a ampliação do repertório linguístico do aluno, além do estímulo à sua autonomia criativa e a valoração da experiência de seus antecedentes, de sua identidade cultural e linguística, incitando um novo olhar deste a cerca da realidade e de perspectivas de transformação. Assim, pretende-se instigar não só o trabalho com a oralidade na sala de aula, mas contribuir para a prática do professor com um material de suporte para a vivência de uma metodologia produtiva e atrativa para o ensino de língua portuguesa.  
7
  • LENA RAIMUNDA PAXIÚBA SOARES
  • ENSINO DE PORTUGUÊS POR MEIO DE TEXTOS: IMPLICAÇÕES DE UMA METODOLOGIA PROPOSTA PARA ENSINO DE PRÁTICA DE LINGUAGEM
  • Orientador : EDIENE PENA FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDIENE PENA FERREIRA
  • MÁRCIA TEIXEIRA NOGUEIRA
  • ROBERTO DO NASCIMENTO PAIVA
  • Data: 22/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como tema central o Ensino de Português a partir de uma proposta metodológica. Insere-se na linha de pesquisa da leitura e da produção textual, incidindo em uma reflexão sobre a metodologia de ensino e aprendizagem de português, adotada pela Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro na prática pedagógica de uma turma de 1º ano do Ensino Médio de uma escola pública do estado do Pará – a Escola Professora Maria das Graças Escócio Cerqueira, situada no município de Itaituba – PA. Neste estudo, relata-se uma experiência pedagógica abordando as implicações presentes em uma proposta didática aplicada na práxis educativa, procurando compreender fatores que permitiram ou impediram o desenvolvimento de aprendizagens significativas nos alunos, refletindo sobre a presença do texto na sala de aula, os conceitos e as atitudes presentes durante as oficinas. Optou-se, nesse sentido, pela pesquisa de caráter qualitativo-interpretativo, de natureza aplicada, utilizando-se da intervenção e da observação participante. Na pesquisa, a concepção de ensino de português respaldou-se, principalmente, nos estudos de Geraldi (1996; 2010; 2012; 2013), Britto (1997; 2004; 2015), Koch (2011; 2014) e Marcuschi (2008; 2010; 2012). Já os conceitos de atividade dialógica tiveram as contribuições de Bakhtin (2006; 2014), Dolz e Schneuwly (2004). Em síntese, esta investigação pretendeu desvendar as implicações do processo ensino-aprendizagem de português de uma metodologia na perspectiva de uma prática pedagógica centrada na leitura e produção de texto, identificando fatores que foram bem sucedidos, que podem ser melhorados e que dificultaram a aplicação da proposta.

  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo tem como tema central o Ensino de Português a partir de uma proposta metodológica. Insere-se na linha de pesquisa da leitura e da produção textual, incidindo em uma reflexão sobre a metodologia de ensino e aprendizagem de português, adotada pela Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro na prática pedagógica de uma turma de 1º ano do Ensino Médio de uma escola pública do estado do Pará – a Escola Professora Maria das Graças Escócio Cerqueira, situada no município de Itaituba – PA. Neste estudo, relata-se uma experiência pedagógica abordando as implicações presentes em uma proposta didática aplicada na práxis educativa, procurando compreender fatores que permitiram ou impediram o desenvolvimento de aprendizagens significativas nos alunos, refletindo sobre a presença do texto na sala de aula, os conceitos e as atitudes presentes durante as oficinas. Optou-se, nesse sentido, pela pesquisa de caráter qualitativo-interpretativo, de natureza aplicada, utilizando-se da intervenção e da observação participante. Na pesquisa, a concepção de ensino de português respaldou-se, principalmente, nos estudos de Geraldi (1996; 2010; 2012; 2013), Britto (1997; 2004; 2015), Koch (2011; 2014) e Marcuschi (2008; 2010; 2012). Já os conceitos de atividade dialógica tiveram as contribuições de Bakhtin (2006; 2014), Dolz e Schneuwly (2004). Em síntese, esta investigação pretendeu desvendar as implicações do processo ensino-aprendizagem de português de uma metodologia na perspectiva de uma prática pedagógica centrada na leitura e produção de texto, identificando fatores que foram bem sucedidos, que podem ser melhorados e que dificultaram a aplicação da proposta.
8
  • MIRINALDO DA SILVA E SILVA
  • Da história de vida à autobiografia: um diálogo entre gêneros para a produção textual
  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUCIANE DE PAULA
  • LUIZ PERCIVAL LEME BRITTO
  • Data: 28/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • O ensino de língua materna a partir da exploração do continuum entre gêneros textuais da mesma ordem (no caso a do narrar), à luz da Linguística Textual e dos Gêneros Textuais; analisa-se a história de vida e autobiografia, que têm como tema a própria vida dos alunos do 9º ano de uma escola pública de Santarém, tanto na produção oral quanto escrita, descrevendo como os estudantes realizam o continuum entre esses gêneros, considerando o que transferem do gênero primário ao secundário (autobiografia), assim como o que decidem preservar no gênero primário (história de vida), sob os critérios de coesão, coerência e intertextualidade; vale ressaltar que essa atitude não se constitui um defeito de produção de gênero, mas, sim, um equilíbrio diante da ação discursiva, com vistas a produzir textos de maneira eficiente e que, aqui, é tido como uma proposta para os professores não trabalharem com as noções de gêneros como sendo manifestações isoladas, tal como apresentado nos manuais didáticos, mas como possibilidades de realizar constantes trocas entre os gêneros, aproveitando as formas que o aluno escolhe para fazer esse constante continuum.

  • Mostrar Abstract
  • O ensino de língua materna a partir da exploração do continuum entre gêneros textuais da mesma ordem (no caso a do narrar), à luz da Linguística Textual e dos Gêneros Textuais; analisa-se a história de vida e autobiografia, que têm como tema a própria vida dos alunos do 9º ano de uma escola pública de Santarém, tanto na produção oral quanto escrita, descrevendo como os estudantes realizam o continuum entre esses gêneros, considerando o que transferem do gênero primário ao secundário (autobiografia), assim como o que decidem preservar no gênero primário (história de vida), sob os critérios de coesão, coerência e intertextualidade; vale ressaltar que essa atitude não se constitui um defeito de produção de gênero, mas, sim, um equilíbrio diante da ação discursiva, com vistas a produzir textos de maneira eficiente e que, aqui, é tido como uma proposta para os professores não trabalharem com as noções de gêneros como sendo manifestações isoladas, tal como apresentado nos manuais didáticos, mas como possibilidades de realizar constantes trocas entre os gêneros, aproveitando as formas que o aluno escolhe para fazer esse constante continuum.
9
  • MANUEL BENJAMIN MONTEIRO LIBERAL SOUSA
  • Práticas de produção textual: análise dos fatores de textualidade evidenciados nas produções textuais de alunos do 3º ano do ensino médio de uma escola pública de Santarém
  • Orientador : HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DORIEDSON ALVES DE ALMEIDA
  • HELIUD LUIS MAIA MOURA
  • LUCIANE DE PAULA
  • Data: 29/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste trabalho é estudar os fatores de textualidade em produções textuais de alunos do 3º ano do ensino médio na Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida. O caminho adotado pelo autor para a abordagem da língua portuguesa no ensino médio centra-se no estudo do texto e da textualidade. Foi proposto como pergunta da pesquisa o seguinte problema: como o conhecimento dos fatores de textualidade pode influenciar no desempenho do aluno em termo de produção textual? Neste trabalho, a intervenção e a coleta de dados foram realizadas pelo pesquisador na sala de aula em que o próprio pesquisador figurava como professor. Para o desenvolvimento da pesquisa, foram apresentados aos alunos, por meio de aulas expositivas, alguns fatores da textualidade, proposto por Beaugrand & Dressler (1981) (coesão, coerência, intencionalidade, aceitabilidade, informatividade, situacionalidade e intertextualidade), bem como as quatro metarregras propostas por Charolles (1997) (repetição, progressão, não contradição e relação). Como instrumento de análises, foram coletados trinta textos, elaborados pelos discentes, que serão estudados com base nas teorias sobre fatores de textualidade.

  • Mostrar Abstract
  • O objetivo deste trabalho é estudar os fatores de textualidade em produções textuais de alunos do 3º ano do ensino médio na Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida. O caminho adotado pelo autor para a abordagem da língua portuguesa no ensino médio centra-se no estudo do texto e da textualidade. Foi proposto como pergunta da pesquisa o seguinte problema: como o conhecimento dos fatores de textualidade pode influenciar no desempenho do aluno em termo de produção textual? Neste trabalho, a intervenção e a coleta de dados foram realizadas pelo pesquisador na sala de aula em que o próprio pesquisador figurava como professor. Para o desenvolvimento da pesquisa, foram apresentados aos alunos, por meio de aulas expositivas, alguns fatores da textualidade, proposto por Beaugrand & Dressler (1981) (coesão, coerência, intencionalidade, aceitabilidade, informatividade, situacionalidade e intertextualidade), bem como as quatro metarregras propostas por Charolles (1997) (repetição, progressão, não contradição e relação). Como instrumento de análises, foram coletados trinta textos, elaborados pelos discentes, que serão estudados com base nas teorias sobre fatores de textualidade.
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1sigaa