Banca de DEFESA: ANA DIANE PEREIRA VINHOTE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA DIANE PEREIRA VINHOTE
DATA : 10/12/2019
HORA: 10:00
LOCAL: MINIAUDITÓRIO HA1 - CAMPUS RONDON
TÍTULO:

ATIVIDADES DIDÁTICAS INTEGRADAS (ADIs): UMA PROPOSTA PARA A AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE LINGUÍSTICO-DISCURSIVA DOS ALUNOS NO ENSINO FUNDAMENTAL


PALAVRAS-CHAVES:

Atividades Didáticas Integradas; Ensino; Gêneros Discursivos; Dialogismo; Língua Portuguesa


PÁGINAS: 120
RESUMO:

Este trabalho desenvolveu-se a partir da inquietação com o fato de manter-se ainda na escola um modelo de ensino que torna os alunos passivos, que não veem utilidade naquilo que está sendo ensinado. Tem por objetivo contribuir para os estudos e ao ensino de língua portuguesa, a partir da investigação de que maneira atividades organizadas por meio de gêneros discursivos orais e escritos contribuem para a ampliação da capacidade linguístico-discursiva dos alunos com base na proposta das Atividades Didáticas Integradas (ADIs) à oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística idealizada por Moura (2017) por meio de ações desenvolvidas com alunos do Ensino Fundamental, numa perspectiva interacionista e dialógica da língua. As bases teóricas que respaldam este trabalho são os pressupostos de Bakhtin (2011, 2013, 2016), Volóchinov (2017), Vygotsky (1998), e em estudos de pesquisadores como Marcuschi (2008, 2010a, 2010b), Kleiman (2007,2008, 2016), Moura (2017a, 2017b, 2018), Antunes (2003), entre outros, que fazem o estudo do ensino da língua levando em consideração a função interativa dela nas práticas sociais. A metodologia desenvolvida neste projeto é pesquisa qualitativa, caracterizada como pesquisa-ação, em que procura-se interpretar, compreender o objeto a ser estudado, uma forma de refletir sobre as atividades de ensino de língua portuguesa com base nas ADIs e como esse processo é recebido pelos alunos e professor. Assim, além de pesquisador, coloca-se também na perspectiva de professor. A descrição e análise dos dados ocorrem a partir da elaboração e desenvolvimento do projeto de intervenção realizado com alunos de 9º ano do Ensino Fundamental. Para isso, utiliza-se o diário de campo, gravações para registrar as ações, falas e situações ocorridas. A pesquisa aponta, a partir dos dados e resultados coletados, que a proposta das ADIs por meio dos gêneros discursivos proporciona o protagonismo do aluno em sala de aula, pois ele é incentivado a se pôr como sujeito do discurso, concordando ou discordando, na oralidade e na escrita, sendo que o professor assume o papel de agente de letramento, o que conduz à formação de sujeitos responsivos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1190492 - HELIUD LUIS MAIA MOURA
Interno - 1216516 - EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
Externa à Instituição - LUCIANE DE PAULA - UNESP
Notícia cadastrada em: 11/11/2019 17:24
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1inst2