Banca de DEFESA: RIZIOMAR PINHEIRO DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RIZIOMAR PINHEIRO DE OLIVEIRA
DATA : 02/10/2020
HORA: 09:30
LOCAL: Defesa remota pelo sistema RNP
TÍTULO:

LEITURA LITERÁRIA E O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA NO ENSINO FUNDAMENTAL – 6º AO 9º ANO: MARGENS OPOSTAS OU TRAVESSIA?


PALAVRAS-CHAVES:

 

 

Língua Portuguesa. Educação Literária. Literatura. Livro Didático.


PÁGINAS: 119
RESUMO:

Esta Dissertação intitulada A leitura literária e o ensino de Língua Portuguesa no Ensino Fundamental – 6º ao 9º ano: margens opostas ou travessia? surge de uma necessidade pedagógica - a educação literária - por isso investigou onde se encontra a Literatura nas aulas de Língua Portuguesa. Para o levantamento dos dados, comparações, análise de resultados, intervenção e discussão, foi aplicado questionário semiestruturado, com perguntas fechadas e abertas a oito (08) professores de Língua Portuguesa e a duzentos e cinco alunos (205). A pesquisa foi realizada em (05) cinco escolas da Rede Pública Estadual, no município de Santarém- PA. Como parte importante da investigação, houve a verificação e a enumeração da ocorrência de textos literários nos livros didáticos de Língua Portuguesa, utilizados por alunos e por professores das referidas escolas, com o fito de verificar se esse instrumento pedagógico promove a educação literária por meio de seus textos. Os dados obtidos com a aplicação do questionário foram importantes para a realização da proposta de intervenção, pois foram socializados com os professores participantes da pesquisa, em um encontro programado onde foram feitos diversos questionamentos, dentre os quais a ausência de metodologias, de planejamento coletivo e de cursos de formação de Língua Portuguesa para o ensino de Literatura no Ensino Fundamental, além de discussões voltadas para a elaboração de estratégias, capazes de dar ao texto literário o potencial que ele tem. Os embasamentos utilizados foram Cândido (2004), Cosson (2012), Silva (1991, 2004, 2009), Zilberman (2009), Geraldi (2012), além de artigos e de dissertações que dialogam com esse tema. A análise dos resultados obtidos revela que, embora o texto literário esteja vinculado ao ensino de Língua Portuguesa, ele tem sido apenas o pretexto para o ensino de gramática normativa, para resoluções de questões de compreensão e de interpretação de textos, além de modelo para escrita de textos do mesmo gênero, não promovendo, desse modo, a educação literária. Assim, foi elaborado um E-book, intitulado “Convite à travessia”, como sugestão a professores de Língua Portuguesa do Ensino fundamental – 6° a 9° ano - a fim de tornar não apenas  presente, mas contínuo e provocador, o ensino de Literatura nas aulas de Língua Portuguesa, sendo capaz de prender a atenção do aluno e, desse modo, promover a educação literária, tornando-se uma prática menos didatizada e mais humanizadora.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1190534 - ANA MARIA VIEIRA SILVA
Interno - 1190492 - HELIUD LUIS MAIA MOURA
Externa ao Programa - 1708615 - CELIANE SOUSA COSTA
Notícia cadastrada em: 22/09/2020 08:31
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp2.ufopa.edu.br.srv2inst1