Banca de DEFESA: MIRNA BRITO MALCHER PEDROSO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MIRNA BRITO MALCHER PEDROSO
DATA: 12/12/2018
HORA: 09:00
LOCAL: 319
TÍTULO: ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS E DE SAÚDE DE TRABALHADORES EM CARVOARIAS EM SANTARÉM-PA
PALAVRAS-CHAVES: Carvoaria, Carvoeiro, Fibrose Pulmonar.
PÁGINAS: 114
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
SUBÁREA: Saúde Pública
RESUMO: A prática da produção de carvão vegetal para os mais diversos fins é historicamente relatada, sendo esta uma prática muito comum na Amazônia, mesmo sofrendo grandes intervenções por parte dos órgãos competentes fiscalizadores. A relação do homem com o trabalho por sua vez, vem sendo estudada há décadas e a relação do trabalho com a saúde do trabalhador vem ganhando destaque em pesquisas e principalmente atuação governamental para a prevenção de acidentes e doenças ocupacionais. Neste contexto, a carvoaria é descrita por diversos autores como um ambiente insalubre e que favorece ao adoecimento devido à extensa jornada de trabalho, à exposição ao calor intenso, fumaça e carregamento de peso. O carvoeiro é caracterizado como um trabalhador com diversos problemas sociais, econômicos e de saúde, pois a natureza de sua ocupação além de lhe expor a condições insalubres no ambiente de trabalho, gera dificuldades financeiras devido ao baixo custo da produção do carvão. Desta maneira, levando em consideração tais informações, o objetivo geral deste estudo é identificar os aspectos socioeconômicos e as possíveis alterações na saúde do trabalhador de carvoarias no município de Santarém, no Estado do Pará e como objetivos específicos: delinear o perfil socioeconômico do trabalhador carvoeiro; identificar os principais fatores relacionados às condições de saúde do trabalhador de carvoarias e identificar as possíveis alterações na saúde do trabalhador carvoeiro. O estudo apresenta-se através de pesquisa de campo com embasamento bibliográfico a partir de abordagem qualitativa e quantitativa do tipo exploratória descritiva, o qual foi desenvolvido em 6 carvoarias, com público alvo de 21 trabalhadores, de ambos os gêneros e acima de 18 anos. Foi aprovado pelo CEP do Instituto Esperança de Ensino Superior-IESPES, com parecer nº 2.238.660, sendo utilizado o TCLE com todos os participantes. Para a coleta dos dados foi utilizado o formulário semiestruturado e realizados exames de sangue para medição de níveis de COHb, a espirometria e o radiológico de tórax, com todos os trabalhadores da amostra. Os dados coletados foram tabulados, interpretados e analisados, sendo dispostos posteriormente em tabelas e gráficos. Com a realização desta pesquisa identificou-se que há uma predominância do gênero masculino entre os trabalhadores, baixa escolaridade, a grande maioria estão na faixa etária acima dos 50 anos, exercem a atividade por até 7 dias semanais, não utilizam EPI, cobertura vacinal insatisfatória, entre os acidentes de trabalho com maiores relatos estão a furada de prego, não praticam atividade física, detectou-se trabalhadores hipertensos e diabéticos, fumantes, predominância de queixa de dor na coluna, além de alterações radiológicas importantes como fibrose e nódulo pulmonar.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1562643 - MAXWELL BARBOSA DE SANTANA
Interno - 709925 - MARIA MIRTES CORTINHAS DOS SANTOS
Externo ao Programa - 2383596 - HELOISA DO NASCIMENTO DE MOURA MENESES
Notícia cadastrada em: 26/11/2018 10:03
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1inst2