Banca de DEFESA: WANDICLEIA LOPES DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WANDICLEIA LOPES DE SOUSA
DATA: 28/09/2018
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 319 CFI/UFOPA
TÍTULO: Mulheres que pescam e que cultivam no Maicá, Santarém, Pará: condições socioeconômicas e percepções de qualidade de vida
PALAVRAS-CHAVES: Agricultura Familiar, Pesca Artesanal, Protagonismo Feminino, Amazônia.
PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO: Este estudo aborda questões sociais, econômicas e ambientais que envolvem mulheres que desenvolvem a pesca artesanal e a agricultura familiar nos bairros do Maicá e Pérola do Maicá em Santarém, Pará. O trabalho tem como questão norteadora a seguinte pergunta: como é o modo e a qualidade de vida das pescadoras artesanais e agricultoras familiares que residem nos bairros Maicá e Pérola do Maicá? Para responder essas inquietações, objetivou-se compreender as condições socioeconômicas e a qualidade de vida a partir da percepção das pescadoras artesanais e agricultoras familiares, dentro de um recorte espacial nos bairros do Maicá e Pérola do Maicá em Santarém. Os dados da pesquisa foram coletados entre março e maio de 2018. Trata-se de pesquisa quali-quantitativa, e teve como base de investigação o estudo de caso. O público alvo das investigações é composto por 11 pescadoras artesanais e 07 agricultoras familiares residentes nos bairros lócus da pesquisa, todas sócias do Núcleo de Base da Colônia de Pescadores e Pescadoras Artesanais da Z-20 e da Delegacia Sindical do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Santarém. Os resultados apontam que a atividade da agricultura familiar e pesca artesanal possuem função essencial na produção de alimentos, assegurando a segurança alimentar e nutricional, geração de empregos diretos e indiretos e no auxílio no combate ao êxodo rural, isto é, garantindo a permanência das famílias nas unidades consumidoras. Os resultados contribuem para o reconhecimento da participação da mulher nas atividades da pesca artesanal e agricultura familiar e seu desempenho na economia local. Ademais, ficam evidentes que aspectos ligados à saúde, família, trabalho, religião e relação comunitária influenciam as percepções da qualidade de suas vidas. O estudo demonstra que qualidade de vida é um conceito interdisciplinar, podendo ser estudado com base em parâmetros objetivos e subjetivos.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1776327 - THIAGO ALMEIDA VIEIRA
Interno - 1963407 - RUBENS ELIAS DA SILVA
Externo ao Programa - 2142828 - DANIELLE WAGNER SILVA
Externo ao Programa - 1544196 - DIEGO MAIA ZACARDI
Notícia cadastrada em: 18/09/2018 08:47
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1inst2