Banca de DEFESA: ELIAN KARINE SERRÃO DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELIAN KARINE SERRÃO DA SILVA
DATA: 14/09/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Sala 319, Unidade Amazônia
TÍTULO: O MASCARADO FOBÓ ENTRE A SERIEDADE E A LUDICIDADE: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE O FOLIÃO DA AMAZÔNIA NO CENÁRIO CARNAVALESCO DE ÓBIDOS-PARÁ
PALAVRAS-CHAVES: Cultura. Identidade. Festa. Máscara. Amazônia.
PÁGINAS: 115
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Antropologia
SUBÁREA: Antropologia Urbana
RESUMO: Esta dissertação visa apresentar o resultado da investigação sobre o símbolo cultural da maior festa carnavalesca da reigão do Baixo Amazonas, o Mascarado Fobó, seus aspectos históricos e culturais, sua essência, raízes e significado, seus disfarces e revelações, e suas transformações ao longo do tempo. A pesquisa teve como objetivo compreender o personagem Mascarado Fobó, seu simbolismo e suas implicações na formação da identidade cultural amazônida de Óbidos. Ela foi organizada em quatro momentos: pesquisa teórico-bibliográfica do patrimônio cultural de Óbidos e o Mascarado Fobó para compor o estado da arte; pesquisa de campo numa abordagem qualitativa com coleta de dados por meio de entrevista semiestruturada aplicada aos habitantes, agentes culturais e gestores do município de Óbidos; análise e assimilação das informações; e apresentação dos resultados em dissertação. A questão científica norteadora da pesquisa consistiu em dimensionar em que medida o Mascarado Fobó pode ser compreendido como uma manifestação cultural que se propõe apresentar traços culturais da Amazônia na forma de brincadeira séria, um serio ludere (ato pensado, ato criativo), que possibilita o fortalecimento da condição cultural amazônida de ser. Baseada nesta questão, a pesquisa levantou dados de que é no cenário carnavalesco que surge o Mascarado Fobó para dar significado à festa e dinamizar sua essência, o que segundo o conhecimento popular coletivo teria surgido a partir de uma concepção de desigualdade social, política e econômica entre classes distintas. É durante a Festa do Mascarado Fobó que as diferenças sociais e econômicas são evidenciadas e apresentadas na forma de risos, brincadeiras, gargalhadas e deboche em contraposição à revanche, ao anonimato e à seriedade da vida social cotidiana. Os resultados apontam para uma manifestação cultural que homenageia uma criação humana, fruto de um imaginário antigo, que produz a ocultação da própria identidade na identidade de um personagem que é história e que se faz história a cada ano, resultando daí numa festa que debocha da realidade cruel por meio de risos brincadeiras, atitudes que escondem sua real identidade sob a pena de ser “manjado” e ter que se retirar da brincadeira mascarada.
MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - AUGUSTO RODRIGUES DA SILVA JUNIOR - UnB
Externo ao Programa - 1216516 - EDIVALDO DA SILVA BERNARDO
Externo à Instituição - FRANCISCO EDSON SOUSA DE OLIVEIRA - UNAMA
Presidente - 1794508 - ITAMAR RODRIGUES PAULINO
Notícia cadastrada em: 10/09/2018 16:08
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1inst2