Banca de DEFESA: ALDINE CECÍLIA LIMA COELHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALDINE CECÍLIA LIMA COELHO
DATA: 17/09/2018
HORA: 14:30
LOCAL: CFI
TÍTULO: Intersetorialidade no Programa Saúde na Escola no município de Santarém-Pará
PALAVRAS-CHAVES: Saúde do Escolar. Programa Saúde na Escola. Intersetorialidade. Promoção da Saúde. Amazônia.
PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
SUBÁREA: Enfermagem de Saúde Pública
RESUMO: Esta pesquisa visa compreender o processo de intersetorialidade no Programa Saúde na Escola (PSE) no município de Santarém, Pará, buscando entender de que forma são planejadas e realizadas as ações para a melhoria da qualidade de vida dos alunos inseridos neste programa interministerial. A intersetorialidade como política de gestão deste programa se torna temática desta dissertação de mestrado interdisciplinar na área Sociedade, Ambiente e Qualidade de Vida, assumindo como problemática: como ocorre o processo de intersetorialidade no âmbito do PSE no município de Santarém-Pará? O estudo possui como objetivo geral analisar o processo da intersetorialidade no Programa Saúde na Escola (PSE) no Município de Santarém/Pará, a partir das percepções das equipes de trabalho e das práticas desenvolvidas por no período de 2011 a 2017. Os objetivos específicos são: descrever a percepção dos componentes das equipes de saúde e da educação sobre o Programa Saúde na Escola; traçar o entendimento que fazem os componentes das equipes de saúde e da educação quanto à intersetorialidade; identificar como a intersetorialidade influencia na elaboração das práticas das equipes da saúde e da educação envolvidas no PSE. O aporte teórico se sustenta em Carvalho (2015), Gonçalves et al. (2008), Cavalcante, Lucena e Lucena (2015), Santos e Bogus (2007), Rodrigues (2011), Nascimento (2010), Garcia et al (2013), Cavalcanti et al (2013), Oliveira (2015), Farias (2014), Silva (2014), Silveira (2014), Dondoni (2016) e em Brasil (2007, 2011). O presente estudo possui uma abordagem qualitativa (LEOPARDI, 2002), do tipo estudo de caso (MINAYO, 2014), com pesquisa documental e empírica. O lócus é composto por 13 unidades de saúde e 13 escolas do munícipio de Santarém, pactuadas em 2011 ao PSE, e que permanecem com o programa até 2017. O público alvo abrange componentes das equipes de saúde (13 enfermeiros coordenadores das unidades de saúde), que estão atuando nas 13 unidades que foram pactuadas em 2011, as quais estão responsáveis por dar assistência nas escolas vinculadas a elas, e componentes das equipes das escolas que são assistidas por essas unidades de saúde (13 coordenadores (as) pedagógicos (as) e 02 coordenadores (as) do PSE no município), totalizando 26 profissionais da saúde e da educação como amostra do estudo. Na coleta dos dados empíricos foi utilizado o questionário semiestruturado com os 26 componentes da amostra, e a entrevista semiestruturada com os coordenadores (as) do PSE em Santarém. Os dados coletados foram tabulados, categorizados e interpretados pela técnica de análise de conteúdo (BARDIN, 2011), sendo dispostos em gráficos, quadros, tabelas e mapas conceituais, com a finalidade de facilitar sua análise e propiciar a utilização da técnica de triangulação através das categorias centrais da pesquisa. Com este estudo constatou-se que o PSE visa a qualidade de vida dos alunos atendidos, sendo que para isso deve ser levado em consideração a realidade de cada escola e o planejamento intersetorial das ações que são realizadas nesses educandários, além da disponibilidade de recursos para que essas ações sejam efetivadas com qualidade.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1030394 - TANIA SUELY AZEVEDO BRASILEIRO
Interno - 1552900 - IANI DIAS LAUER LEITE
Externo ao Programa - 2207214 - ROMUALDO XAVIER DE OLIVEIRA LIMA
Externo à Instituição - YARA MACAMBIRA SANTANA LIMA - UEPA
Notícia cadastrada em: 20/08/2018 10:47
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1inst2