Banca de QUALIFICAÇÃO: DANIELY LEAL DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELY LEAL DA COSTA
DATA: 07/08/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 319, Unidade Amazônia
TÍTULO: PERCEPÇÕES, METAS E ESTRATÉGIAS PARENTAIS (MATERNAS) SOBRE QUALIDADE DE VIDA INFANTIL EM UMA COMUNIDADE DE TERRA FIRME NO ENTORNO DE SANTARÉM, PARÁ
PALAVRAS-CHAVES: Qualidade de vida infantil, cognições parentais, parentalidade.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO: A qualidade de vida infantil, principalmente no interior da Amazônia, é uma temática que merece estudos mais complexos devido sua grande diferenciação das demais regiões do Brasil e do mundo. Neste estudo tal tema será abordado na perspectiva das cognições parentais, partindo-se do pressuposto teórico de que tais cognições afetam as práticas de cuidados destinados as crianças e que essas práticas transformam e são transformadas pelo meio físico e social. A compreensão, portanto, dessas cognições, possibilita vislumbrar tanto o nível de qualidade de vida infantil em diferentes contextos, quanto incentivar, caso necessário, ações que a promovam. Desta forma, esta pesquisa tem como objetivo averiguar as cognições parentais sobre qualidade de vida infantil, em específico as percepções, as metas e as estratégias que mães moradoras de uma comunidade de terra firme no entorno de Santarém, Pará utilizam para proporcionar qualidade de vida para seus filhos. As bases teóricas da pesquisa apoiam-se nos estudos de Diener (1984), o grupo Whoqol (1994) em se tratando de qualidade de vida. A teoria do nicho de desenvolvimento (SUPER, & HARKNESS, 1998, 19999, 2005) embasa a compreensão sobre as cognições parentais. Para cumprir os objetivos, serão acessados aspectos socioeconômicos e informações sobre cognições maternas de qualidade de vida infantil, por meio de questionário socioeconômico e entrevista semiestruturada com os participantes. Os dados do perfil sociodemográfico serão analisados mediante tabelas de frequência e medidas estatísticas de tendência central. Os dados oriundos das entrevistas serão analisados através do Discurso do Sujeito Coletivo (LEFÈVRE&LEFÈVRE, 2005). Como contribuições, a pesquisa trará conhecimentos que somam àqueles já existentes, que tratam da qualidade de vida e bem estar na infância, além de propiciar subsídios para a implementação de ações extensionistas e governamentais que auxiliem o processo de desenvolvimento de crianças amazônidas. Finalmente, o ato de participar da pesquisa, por parte do público-alvo, pode possibilitar a reflexão sobe as questões aqui tratadas, o que poderá se refletir em valoração, conservação.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1552900 - IANI DIAS LAUER LEITE
Interno - 1964235 - HELIONORA DA SILVA ALVES CHIBA
Interno - 1776327 - THIAGO ALMEIDA VIEIRA
Externo ao Programa - 3045967 - IRANI LAUER LELLIS
Externo à Instituição - LILIA IEDA CHAVES CAVALCANTE - UFPA
Notícia cadastrada em: 06/06/2018 09:43
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp2.ufopa.edu.br.srv2inst1