Banca de QUALIFICAÇÃO: MÁRCIA SABRINA LIMA DE AGUIAR

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MÁRCIA SABRINA LIMA DE AGUIAR
DATA: 02/05/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Programa de Pós-Graduação em Sociedade Ambiente e Qualidade de Vida
TÍTULO: Estudo etnobotânico de plantas medicinais usadas em comunidades tradicionais para o tratamento de acidentes ofídicos
PALAVRAS-CHAVES: Informações etnobotâncias, plantas medicinais, acidentes ofídicos, quilombolas, indígenas.
PÁGINAS: 37
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO: Esta dissertação tem como objetivo comparar as informações etnobotâncias sobre a utilização de plantas medicinais usadas no tratamento de acidentes ofídicos em comunidades tradicionais de segmentos diferentes, quilombola e indígena, bem como apresentar o perfil epidemiológico dos acidentes ofídicos notificados no período entre 2005 a 2014, no município de Santarém, Pará. Os resultados serão trabalhados em capítulos em formato de artigo, precedidos de um capítulo teórico que compõe o estado da arte da pesquisa. No primeiro espera-se apresentar o perfil epidemiológico dos acidentes ofídicos, entre os anos de 2005 a 2014, no município de Santarém, Pará. Já o segundo artigo pretende apresentar o estudo etnobotânico das plantas medicinais usadas para o tratamento de acidentes ofídicos nas comunidades de estudo. Para coleta dos dados epidemiológicos foi realizado estudo retrospectivo sobre os casos de acidentes por picadas de serpentes, no período de 2005 a 2014, com base nas informações obtidas através do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), disponíveis no banco de dados do Departamento de Informática e Informação do Sistema Único de Saúde (DATASUS) para acidentes ofídicos no município de Santarém (PA), no período entre 2005 a 2014. Os dados foram tabulados e analisados através da estatística descritiva, por meio do programa Microsoft Office Excel, versão 2016. A obtenção dos dados etnobotânicos será realizada por meio de visitas domiciliares, com a realização de entrevistas semi-estruturadas, listagem livre e turnê-guiada, buscando-se obter dados acerca do conhecimento sobre as plantas medicinais, bem como modo de preparo, uso, além de informações sócioeconômicas. Durante as entrevistas o material vegetal será coletado e encaminhado para identificação e depósito no Herbário da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA). Os dados serão analisados de forma quantitativa através da concordância de uso principal (CUP). Espera-se obter o levantamento botânico das espécies usadas no tratamento de acidentes ofídicos nas comunidades que serão pesquisadas, para que posteriormente possa ser feita a análise comparativa da etnobotânica aplicada ao referido problema de saúde, entre povo quilombola e povo indígena, representados respectivamente pela Comunidade Murumuru e Aldeia Curucuruí, localizadas no município de Santarém, Pará. As informações adquiridas neste trabalho deverão contribuir com o aumento da compreensão do tema e subsidiar estudos complementares e políticas públicas de atendimento médico às populações tradicionais necessitadas.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1995892 - SIRIA LISANDRA DE BARCELOS RIBEIRO
Interno - 1794508 - ITAMAR RODRIGUES PAULINO
Externo ao Programa - 2383596 - HELOISA DO NASCIMENTO DE MOURA MENESES
Notícia cadastrada em: 30/04/2018 10:21
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1inst2