BANCA DE DEFESA: ELOISA AMORIM DE BARROS

DISCENTE : ELOISA AMORIM DE BARROS 
DATA : 12/07/2019
HORA: 16:00
LOCAL: SALA 319 - UNIDADE AMZÔNIA
TÍTULO: BENZER QUILOMBOLA AMAZÔNIDA: A RESISTÊNCIA AO MODELO OFICIAL DE SAÚDE E O FORTALECIMENTO DE COMUNIDADES AFRODESCENDENTES DE ÓBIDOS-PARÁ

PALAVRAS-CHAVES: Benzeção. Garrafada. Cultura. Identidade.

PÁGINAS: 111


RESUMO:

O presente texto dissertativo tem por finalidade apresentar os resultados da pesquisa sobre hábitos culturais e saúde coletiva no Baixo Amazonas, em comunidades de remanescentes de quilombos, e responder à questão científica que norteou a pesquisa, a saber, como a figura da benzedeira e do benzedor atua na resistência ao modelo colonizador de saúde, Interferindo na maneira como uma comunidade remanescente de quilombos do Baixo Amazonas lida com a saúde coletiva, influenciando na qualidade da vida das pessoas e fortalecendo os hábitos culturais saudáveis? Com esse propósito e com a intenção de alcanças nossos objetivos, que foram o da investigação da figura da benzedeira, do benzedor e de produtores de garrafadas em um contexto de possível resistência ao modelo colonizador de saúde na região do Baixo Amazonas, identificar e analisar possíveis elementos caracterizadores das práticas populares de saúde, considerando possíveis adequações das matrizes africanas à lógica da floresta amazônica; Investigar o ofício de benzedeiras e benzedores nos dias atuais nas comunidades quilombolas/Mocambos Silêncio e São José, em Óbidos-Pará e; perquirir sobre o processo de produção e formas de recomendação de garrafadas medicinais; optamos pelo uso de uma abordagem qualitativa da pesquisa com entrevistas semiestruturadas, para apresentar um olhar de reconhecimento da prática de saúde feita por comunitários especializados em benzeção. A escrita da dissertação foi concentrada numa concepção de narrativas de vozes, sendo o pesquisador o ator coadjuvante e as pessoas pesquisadas os atores principais. Em nosso caso, os atores da pesquisa são benzedeiras, benzedeiros e produtores de garrafadas que, em seus depoimentos, confirmaram o que se propunha pesquisar a partir da questão norteadora de todo o processo.


MEMBROS DA BANCA: 
Presidente - Itamar Rodrigues Paulino
Interno - Maxwell Barbosa Santana

Externo à Instituição - Augusto Rodrigues da Silva Junior - UnB



Notícia cadastrada em: 12/07/2019 10:48
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1inst2