Banca de DEFESA: PAULA DE SOUZA FERREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PAULA DE SOUZA FERREIRA
DATA : 29/10/2019
HORA: 10:00
LOCAL: SALA DO PPGSAQ, No Centro de Formação Interdisciplinar (CFI), da Ufopa
TÍTULO:

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: a realidade das escolas municipais do Parque e da Floresta, em Santarém (PA), Brasil


PALAVRAS-CHAVES:

Meio Ambiente, Educação Ambiental, Políticas de Educação Ambiental, Escolas Municipais do Parque e da Floresta


PÁGINAS: 112
RESUMO:

A Política Nacional de Educação Ambiental - PNEA foi instituída através da Lei nº 9.795/99, que estabeleceu a obrigatoriedade em disseminar Educação Ambiental (EA) nas escolas em função da melhoria do meio ambiente, concretizando o direito adquirido na Constituição Federal de 1988, Art. 225, inciso VI. No município de Santarém – PA, a criação da Coordenação de Educação Ambiental em 2006, através da Secretaria Municipal de Educação, consistia na implementação da PNEA no município, sendo assim, foram fundados dois polos disseminadores de Educação Ambiental - EA: Escola Municipal da Floresta (2008) e Escola Municipal do Parque (2010). Considerando que as escolas são referência em EA no município de Santarém – PA, este estudo buscou responder a seguinte questão: De que forma a Política Nacional de Educação Ambiental vem sendo desenvolvida nas escolas do Parque e da Floresta? Neste sentido, a pesquisa tem como objetivo principal analisar o desenvolvimento da PNEA, Lei 9.795/99, através do trabalho das escolas da Floresta e do Parque, polos disseminadores de Educação Ambiental na rede municipal de ensino, no município de Santarém (PA). A pesquisa foi desenvolvida através do estudo qualitativo, apoiada na pesquisa bibliográfica: levantamento da literatura sobre meio ambiente, educação ambiental e políticas de Educação Ambiental - EA; documental: PNEA e Planos Municipais de Educação de Santarém – PA (2004 – 2013 e 2015 – 2025); e de campo: entrevistas semiestruturadas com os seguintes participantes: 01 Gestor/coordenador, 01 gestor, 03 professores e 02 educadores. A análise dos dados deu-se através da Análise de Conteúdo. Os dados revelaram a ausência de articulação entre a proposta da Política Nacional de EA nos Planos Municipais de Educação - PME’s analisados, o que demonstrou a fragilidade nas discussões travadas no processo de construção dos referidos PME’s. Observamos os esforços das escolas polos em levar proposta do trabalho para as demais escolas da rede municipal de ensino, no entanto constatou-se que após o ano de 2013 a proposta das escolas sofreu mudanças que passaram a interferir nos objetivos de trabalho das escolas. Dessa forma cabe reflexão e apontar alguns caminhos ao poder público responsável pelo desenvolvimento de EA na rede de ensino, neste caso, a SEMED, para a necessidade de ampliação de atividades de EA em consonância com a PNEA.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 709925 - MARIA MIRTES CORTINHAS DOS SANTOS
Interna - 115.081.242-72 - MARIA DE FATIMA MATOS DE SOUZA - UFPA
Externa ao Programa - 1278761 - SOLANGE HELENA XIMENES ROCHA
Externo ao Programa - 1835583 - RODOLFO MADURO ALMEIDA
Notícia cadastrada em: 14/10/2019 10:55
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp1.ufopa.edu.br.srv1inst2