Banca de QUALIFICAÇÃO: DINALIA CAROLINA LOPES PACHECO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DINALIA CAROLINA LOPES PACHECO
DATA : 04/12/2019
HORA: 10:00
LOCAL: 319
TÍTULO:

OCORRÊNCIAS DE DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS NO MUNICÍPIO DE ITAITUBA – PARÁ, UMA ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA


PALAVRAS-CHAVES:

Doenças neurodegenerativas. Mercúrio. Exposição. Itaituba.


PÁGINAS: 108
RESUMO:

As neuropatias degenerativas como as doenças de Alzheimer, Parkinson e Esclerose Lateral Amiotrófica, vêm ganhando destaque na saúde pública mundial devido ao aumento da expectativa de vida populacional. Além disso, as doenças neurodegenerativas são um grave problema de saúde, e de caráter socioeconômico, pois ainda não se conhece todas as suas causas de aparecimento, mas sabe-se que a etiologia dessas doenças pode estar relacionada a fatores ambientais, físico-químico, biológicos, genéticos e epigenéticos. O objetivo deste estudo é investigar possível correlação entre a ocorrência de doenças neurodegenerativas com níveis de mercúrio em grupos de pacientes portadores e não portadores dessas doenças no município de Itaituba-Pará, voltando-se para prevalência das doenças neurodegenerativas encontradas no município de Itaituba-PA; bem como conhecer o perfil epidemiológico de pacientes portadores de doenças neurodegenerativas e não portadores; e quantificar os níveis de mercúrio de amostras biológicas plasmáticas e de cabelo, a fim de analisar se há uma possível correlação entre as ocorrências de doenças neurodegenerativas com níveis de mercúrio. Este estudo torna-se relevante, pois o mercúrio em sua forma química de metil mercúrio tem capacidade de passar a barreira hematoencefálica. Assim, o estudo é considerado importante também, por exercer uma abordagem clínica como a realização do monitoramento do mercúrio em decorrência aos seus efeitos adversos produzidos em longo prazo no organismo humano. A presente pesquisa se define como um estudo epidemiológico por meio de uma investigação observacional, que se classifica como analítica caracterizada como caso-controle. Assim, essa se desenvolverá por meio da aplicação de formulário semiestruturado e coleta de amostras biológicas de 50 pacientes portadores de doenças neurodegenerativas e 50 voluntários não portadores de doenças neurodegenerativas que tenham idade igual ou superior a 60 anos, durante o período de Outubro de 2019 a Janeiro de 2020. Posteriormente à tabulação, os testes estatísticos serão realizados no software STATA 7.0, com um nível de significância de 5%. No presente estudo é esperado que os dados epidemiológicos obtidos por esta pesquisa sirvam como subsidio teórico para a comunidade científica e a população de Itaituba, a fim de analisar as variáveis relacionadas no processo saúde-doença em decorrência dos efeitos produzidos em longo prazo pela exposição ao mercúrio no organismo humano.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1562643 - MAXWELL BARBOSA DE SANTANA
Interno - 2143922 - ISRAEL NUNES HENRIQUE
Externo ao Programa - 1190556 - RICARDO BEZERRA DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 22/11/2019 15:27
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2020 - UFRN - srvapp2.ufopa.edu.br.srv2inst1