Banca de QUALIFICAÇÃO: SABRINA SANTOS DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SABRINA SANTOS DA COSTA
DATA : 21/12/2020
HORA: 15:00
LOCAL: meet.google.com/qtv-mzcs-sty
TÍTULO:

SANEAMENTO EM COMUNIDADES TRADICIONAIS: O CASO DAS COMUNIDADES PINHEL E TUCUMATUBA, RESERVA EXTRATIVISTA TAPAJÓS-ARAPIUNS, PARÁ


PALAVRAS-CHAVES:

Saneamento; Políticas Públicas; Métricas da Ciência; Populações Tradicionais.


PÁGINAS: 75
RESUMO:

O saneamento é um direito humano essencial à prevenção da saúde e qualidade de vida de populações, sejam elas residentes em áreas urbanas, rurais ou tradicionais. No Brasil o direito ao saneamento é assegurado pela Lei 11.445/2007. No entanto, indivíduos menos favorecidos economicamente e socialmente estão expostos a situações de insalubridade ambiental. Em virtude de tal contexto, levantou-se os seguintes questionamentos: Às formas de soluções de saneamento em comunidades de duas comunidades tradicionais da Resex Tapajós-Arapiuns, tem ocasionado impacto a vida dos comunitários? A fim de responder tais perguntasa dissertação foi dividida em dois capítulos, que estão no formato de artigos. Capítulo 1: O objetivo da pesquisa foi analisar as tendências e lacunas de publicações científicas sobre a temática Saneamento em comunidades tradicionais brasileiras. Foi utilizada a metodologia cienciométrica para analisar as principais métricas nacionais sobre o tema publicadas entre os anos de 2006 a 2019, a coleta de dados ocorreu por meio de uma busca quantitativa de trabalhos científicos nas bases de dados Scielo (Scientific Electronic Library Online) e Web Of Science (ISI Web of Knowledge). Após a coleta de dados, foi feita a frequência de ocorrência dos dados obtidos, através do Programa R Studio. Os resultados apontam baixo desenvolvimento das pesquisas no período analisado, com maiores publicações nos anos 2014 e 2018. Minas Gerais foi o estado mais estudado na temática representando, Sudeste foi a região mais investigada e Amazônia obteve mais pesquisas dentre os biomas presentes nas pesquisas. O periódico com maior número de publicação foi a Revista Engenharia Sanitária e Ambiental. Ciências da Saúde foi a que teve mais participações nas pesquisas. Houve maior incidência de pesquisas em comunidades tradicionais rurais. Quanto aos componentes do eixo estratégico de saneamento rural, as pesquisas estão envolvidas na gestão dos serviços. Diante dos resultados alcançados, considera-se a importância de realizar pesquisas em saneamento no Brasil, com ênfase nas comunidades tradicionais, pois o resultado das pesquisas poderá nortear as políticas públicas no setor saneamento básico e saúde ambiental, com projetos de infraestruturas sanitárias e de habitação compatíveis com as especificidades socioambientais de cada tipologia de povos tradicionais. O Capítulo 2 encontra-se em preparação e objetiva investigaro acesso ao saneamento básico em três comunidades tradicionais da Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, oeste do estado do Pará. Será um estudo cunho exploratório qualitativo e quantitativo. A coleta de dados se dará por meio de visitas técnicas e entrevistas semiestruturadas com moradores que aceitarem participar e estarem de acordo com os critérios de inclusão da pesquisa. Espera-se identificar as formas de saneamento nas comunidades tradicionais e assim apontar direcionamentos para a formulação de políticas públicas locais em saneamento.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1019070 - LEONIDAS LUIZ VOLCATO DESCOVI FILHO
Interno - 1776327 - THIAGO ALMEIDA VIEIRA
Interno - 2143267 - JOSE MAX BARBOSA DE OLIVEIRA JUNIOR
Externa ao Programa - 1744153 - ROSE CALDAS DE SOUZA MEIRA
Externa ao Programa - 2386579 - DIANI FERNANDA DA SILVA LESS
Externo à Instituição - ARTHUR SCHMIDT NANNI - UFSC
Notícia cadastrada em: 15/12/2020 09:47
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - (00) 0000-0000 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - srvapp2.ufopa.edu.br.srv2inst1